Preparem-se para a primeira edição da Semana Especial dos Clássicos Intrínseca aqui no Amiga da Leitora. Uma semana inteirinha para falar de um dos meus livros favoritos lançados pela Intrínseca. E o meu escolhido é nada mais nada menos do que 'A Menina que Roubava Livros', do autor Markus Zusak.

Primeiramente eu quero explicar que a partir de hoje (06/04/2020) até sexta-feira (10/04/2020), saíra um post novo no blog e no Instagram @Amigadaleitora, falando especialmente deste livro que eu escolhi. E o mais legal é que não é só por aqui que irá rolar esse projeto não, vários outros influenciadores literários parceiros da Editora Intrínseca estará dedicando essa semana para postagens especiais envolvendo um livro clássico da editora, vocês podem buscar nas redes sociais através da hashtag #ClássicosIntrínseca.

Essa minha primeira postagem é basicamente para apresentar o projeto, mostrar o livro que eu escolhi para ser comentado durante a semana e contar como e quando eu o conheci/li primeiro. No decorrer da semana falarei mais sobre o conteúdo do livro, seus personagens e meus quotes favoritos. E para encerrar com chave de ouro trarei um sorteio para vocês, então fiquem de olho nas postagens e aproveite também para deixar seu comentário.

'A Menina que Roubava Livros' foi um livro que caiu praticamente de paraquedas em minhas mãos. O ano era 2012 e eu já tinha encerrado a leitura da série de livros (A Saga Crepúsculo) que me abriu as portas para o mundo da literatura. Então, minha amiga Luciana, generosamente fez uma compra de livros que ela achou que eu deveria ler e me mandou de presente, entre eles estava o primeiro livro que eu li do Markus Zusak, 'O Mensageiro' (que também é muito bom) e 'A Menina que Roubava Livros', onde eu tive meu segundo contato com a escrita do autor.

Não sei o porque deixei 'A Menina que Roubava Livros' para depois, só sei que uma leitura não se compara a outra, são histórias completamente diferentes, mas ainda sim grandiosas, escritas por um gênio da literatura.

Dei inicio a leitura sem saber o que esperar do enredo, pois sou o tipo de leitora que não se apega muito a sinopse. As únicas coisas que eu sabia é que era um livro bem recomendado pela minha amiga, pela galera que o estava lendo naquela época e que a narração seria conduzida por ninguém mais, ninguém menos, que a morte.

Esse livro é tão especial pra mim que eu poderia ficar aqui um tempão falando dele, mas terei a semana inteira para isso, então deixarei para as próximas postagens, ok?
Aproveite para me contar nos comentários qual o livro da Editora Intrínseca é o seu favorito e quando você o conheceu/leu.

xoxo <3

Acompanhe o blog também através das redes sociais
TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!