Título Original: Lágrimas de Amor e Café
Autor: Babi A. Sette
Editora: Verus
Páginas: 378
Ano: 2019
Gênero: Ficção / Romance / Romance Histórico / Literatura Nacional
Comprar: Amazon; Americanas; Submarino; Shoptime; Site da Editora


Sinopse: Novo romance da autora do best-seller Senhorita Aurora. Fragilizada pela morte da mãe e a miséria na Itália, Angelina aceita a proposta de um estrangeiro rico que oferece não só casamento, mas também conforto para seu pai e sua irmã caçula. Decidida a ajudar a família, ela embarca para um país distante tendo como companhia somente a escrita e os romances que ama, já que durante a viagem o marido se revela muito diferente do príncipe que sonhou um dia conhecer. Vincenzo também tem o Brasil como destino e, por uma traição, vê seus sonhos roubados logo que desembarca no novo país. E é na fazenda de um barão do café, onde Angelina é senhora e também vítima do marido cruel, que Vincenzo acaba achando trabalho. Em meio a encontros e conversas nasce entre ambos uma amizade verdadeira e uma paixão secreta que pode colocar em risco não apenas a vida deles, mas também a segurança de outras pessoas. Vincenzo e Angelina teriam coragem o bastante para esquecer as proibições, passar por cima dos perigos e viver esse grande amor? (FONTE)

'Lágrimas de Amor e Café' é o mais recente lançamento da - minha querida - autora nacional, Babi A Sette. Além de um lindo romance proibido, o enredo nos trás um pouco da imigração Italiana no Brasil, e é exatamente isso que me conquista nas obras de Babi, a autora sempre aborda assuntos verídicos como plano de fundo, mergulhar nessa leitura com aroma de café foi como assistir uma aula de História ou até mesmo ouvir as lembranças da juventude de minha vó.


Nossa protagonista é Angelina, uma jovem italiana que sempre acreditou na magia do amor de Romeu e Julieta. Isso até seu pai ficar viúvo e aconselhar a filha a se casar com Pedro, um estrangeiro rico e poderoso que prometeu cuidar da família de Angelina se ela aceitasse ser sua esposa e ir morar com ele no Brasil.
Tudo aquilo parecia um conto de fadas, mas uma parte do seu coração tinha certeza de que aquela história estava longe de ser encantadora. - Página 34
É em plena a noite de núpcias, dentro do navio que transporta muitos outros italianos, que Angelina descobre que o barão não é um marido nada gentil. Nessa mesma noite também, Vincenzo - um jovem italiano que está rumo ao Brasil para conquistar seu sonho de ser cozinheiro - se apaixona por Angelina. O problema é que ele não faz a minima ideia que a bela jovem é casa, e pior ainda, a senhora da fazenda de café que ele está indo trabalhar.


Com a abolição da escravatura, os italianos acabaram se tornando a nova mão de obra dos fazendeiros e em 'Lágrimas de Amor e Café' iremos encontrar um patrão que tratava os imigrantes quase igual tratava seus escravos, com péssimas condições de moradia, chicotadas, nenhum direito trabalhista e dividas absurdas que tornava impossível o trabalhador ir embora da fazenda levando algum dinheiro.

Para fazer o ódio do leitor aumentar pelo vilão, Babi A. Sette nos trás um barão que não trata de forma abusiva apenas seus funcionários, mas sua esposa também. Pedro é um homem que usa de maneira extremamente imprópria os seus direitos de marido, violentando Angelina das mais diversas formas possíveis. Confesso que tudo isso me causou náuseas durante a leitura e mesmo tendo em mente as condições do matrimonio de antigamente, o relacionamento abusivo ainda é algo que existe nos dias atuais, por tanto temos mais um tema extremamente importante nessa leitura, que deve ser refletido e debatido por todos.


Eu já disse isso em várias outras resenhas que fiz dos livros de Babi, e volto a repetir, a escrita da autora é extremamente envolvente e viciante, eu gosto muito de todos os seus romances que já li, mas em 'Lágrimas de Amor e Café' algo que acontece na reta final do enredo não me agradou muito. Até compreendo o efeito da jogada que a autora fez, no entanto não é algo que justifique as ações de Pedro ou o torne menos vilão nessa história. Não entrarei em detalhes para não dar spoiler para aqueles que não gostam, mas quem já leu provavelmente sabe do que estou falando, e quem não leu deve ir ler imediatamente para me entender e dizer qual a sua opinião em relação a isso.

Independente desse pequeno detalhe, o enredo nos trás inúmeras lições, entre elas está uma que acostumamos aprender da pior maneira possível, confiando nas pessoas erradas. Realmente não da para viver na base do 'desconfiometro', mas dói extremamente aprender que aqueles que podem nos fazer mais mal não são os que deixam evidente sua crueldade e sim os que se mostram amigos, mas agem passando por cima de tudo, nutridas por seus próprios interesses.


De maneira geral, 'Lágrimas de Amor e Café' é mais um romance de época lindo que entra para a minha coleção. Cheio de conteúdo histórico a leitura me fez imergir em um período do tempo da qual eu sou fascinada. A magia da escrita envolvendo o romance de Angelina e Vincenzo é mais um detalhe belíssimo da obra, capaz de conquistar qualquer tipo de leitor. Eu super recomendo esse romance que tem aroma de café e o poder de aquecer nossos corações como se fosse poesia. Então prepare sua xícara e comece imediatamente essa leitura.

PS: A cada abertura de capitulo temos o sobrenome de uma família italiana citado, eu achei isso extremamente carinhoso, uma homenagem incrível a todo imigrante e seus descendentes. 

COMPRE SEU EXEMPLAR COM UM DE NOSSOS LINKS E AJUDE O BLOG SEM PAGAR NADA A MAIS POR ISSO!!
AmazonAmericanasSubmarinoShoptimeSite da Editora

NOTA:

OUTROS LIVROS DA AUTORA RESENHADOS NO BLOG:

   

BABI A. SETTE nasceu em São Paulo, porém até os doze anos morou em quatro estados diferentes do Brasil. Ama viajar e conhecer novos lugares, e escreve sobre as cidades do mundo que teve a oportunidade de visitar. Acredita que todo o lugar que conhece ela deixa um pouco de si e carrega um pouco do lugar consigo, chegando a carregar pedaços do mundo todo. Formada em Comunicação Social, sente-se metade socióloga e a outra, psicóloga. Isso porque ama as pessoas, as suas emoções e histórias.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!