Título Original: Não Me Julgue Pela Capa: Inseguranças de um Ansioso.
Autor: Matheus Rocha
Editora: Outro Planeta
Páginas: 256
Gênero: Crônicas / Literatura Brasileira/ Autoajuda
Ano: 2019
Comprar: Amazon; Shoptime; Americanas; Submarino

Sinopse: Este livro só quer te mostrar que você não está sozinho. Que eu, Matheus, também sinto o mesmo peito acelerado que você, as mesmas crises que envolvem um bilhão de sentimentos e sensações, que passo noites inteiras sem dormir, que tenho inseguranças gritantes pelos motivos mais diversos, por mais que eu não tenha beijado as mesmas bocas, por mais que eu não tenha levado as mesmas injeções, por mais que eu não tenha tirado as mesmas notas vermelhas que você. E, como ansioso, sei que, às vezes, isso é tudo que a gente precisa ouvir – que não está só. Então, só quero reforçar: você não está sozinho. Escrevi este livro para encontrar pessoas parecidas comigo. Que bom que, agora, eu encontrei você. (SKOOB)

Oieeee, tudo bem!?

Lançado em 2019, 'Não Me Julgue Pela Capa' é do autor Matheus Rocha, escritor de 'Pressa de Ser Feliz'. Matheus traz um livro cheio de crônicas que prometem conversar com todo o público e principalmente com pessoas que sofrem de ansiedade. Eu já corri para fazer a leitura, pois amo livros assim! E uma coisa que me chamou atenção foi o Padre Fábio de Melo escrever na quarta capa do livro! Ele recomendaaaaa! Ahhhhh que fofo!


'Não Me Julgue Pela Capa' já conquista pelo título, achei bem sugestivo, pois, infelizmente, muitas vezes julgamos as pessoas pelo que elas parecem ser e não pelo que elas são, além de fazer uma referência à frase “Não julgue um livro pela capa”... achei fofo (hahahaha)! Gostei da sacada do autor para o título, sempre acho interessante quando o título é chamativo é bem explicado.

Os temas abordados no livro são os mais variados, lembrando que o foco é sobre as inseguranças de um ansioso, mas para fazer um resumão, listarei os principais assuntos das crônicas:
  • Orientação sexual 
  •  Autoconhecimento 
  • Amor 
  • Bullying 
  • Maturidade
  • Crítica ao padrão estético 
  • Amizades verdadeiras 
  • Tempo
  • Efemeridade da vida 

Matheus tem o poder de tocar em diversos assuntos de maneira muito sutil, ele tem uma sensibilidade que realmente encanta, os sentimentos do autor estão estampados, o livro é muito pessoal, os textos em primeira pessoa aproximam autor e leitor, isso é um ponto positivo demais nesse livro. Eu ia lendo e vendo que não estou sozinha, que Matheus está dando voz a pessoas que sentem demais e precisam entender esse processo.


Acho de grande importância se falar sobre ansiedade, não de uma forma romantizada, mas sim de maneira real. Matheus sofre de ansiedade e mostra isso na maioria dos textos. Ele conta como é a rotina de um ansioso, quais as inseguranças e até mesmo as consequências físicas. O público alvo do livro são jovens e discutir sobre esse tema numa sociedade que está cada vez mais ansiosa é de extrema relevância . Eu já compreendi bem sobre ansiedade por ter pessoa próximas a mim que sofrem, mas mesmo assim ver através  do olhar de um ansioso me fez compreender ainda melhor.


Eu me emocionei durante várias partes do livro, mas um texto em particular fez com que eu refletisse por algum tempo, o texto se chama “No mais, boa viagem” , ele fala sobre errar e se perdoar por isso, ser bom com você mesmo e como seguir após um erro. Li esse texto umas quatro vezes seguidas a fim de absorver tantas verdades, esse poder maravilhoso que a crônica tem sobre mim, me fazer repensar e mudar imediatamente sentimentos que eu nem estava disposta a mexer, recomendo demais a leitura de 'Não Me Julgue Pela Capa' e desejo que seus sentimentos também seja revirados assim como os meus foram.
Não hesite em se perdoar. - Página 91
No livro também tem listas e cada uma segue um tema, gostei principalmente da lista número 2, o autor dá dicas de como ter intimidade consigo mesmo, isso é tão legal, várias das dicas eu já faço e realmente funcionam, Matheus é bem gente como a gente, pessoas normais sentem muito, gostam de viajar e sofrem todos os dias, mas não perdem a esperança e é isso que o livro ressalta tanto nas listas como no restante da obra.


A edição está muito linda, que primor! Tudo num tom tão lindo de azul, várias páginas tem alguns desenhos que são combinados a frases maravilhosas. A Editora Planeta sempre tem um cuidado tão grande com as edições, as do selo Outro Planeta são maravilhosas e 'Não Me Julgue Pela Capa' pode sim ser julgado como uma capa e edição lindíssimas!


Já deu pra perceber que adorei a leitura? Esse livro me tirou de uma ressaca literária, justamente por ser uma leitura fluida e interessante, recomendo para qualquer pessoa que tenha vontade de ler crônicas e que estejam dispostas a sentir e deixar os sentimentos fluírem. Tenho certeza queria gostar!

E aí, já leu algo do Matheus Rocha!?
Ficou com vontade de ler 'Não me julgue pela capa'!?
Me contaaa tudooo!

COMPRE SEU EXEMPLAR COM UM DE NOSSOS LINKS E AJUDE O BLOG SEM PAGAR NADA A MAIS POR ISSO!!

NOTA:

OUTROS LIVROS DO AUTOR RESENHADOS NO BLOG:


Matheus Rocha tem 24 anos e é formado em Jornalismo. Baiano, mas não gosta de calor, adora falar sobre a vida, entende de relacionamentos e acredita que o mundo pode ser um lugar legal pra se viver. Apaixonado, trouxa e com a cara mais lavada do mundo, sonha que pode abraçar as pessoas através das palavras.                                                                                                            

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!