Título Original: The Outsider


Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Ano: 2018
Páginas: 528
Gênero: Ficção, Suspense e Mistério, Literatura Estrangeira
Comprar: Amazon


Sinopse: O corpo de um menino de onze anos é encontrado abandonado no parque de Flint City, brutalmente assassinado. Testemunhas e impressões digitais apontam o criminoso como uma das figuras mais conhecidas da cidade — Terry Maitland, treinador da Liga Infantil de beisebol, professor de inglês, casado e pai de duas filhas. O detetive Ralph Anderson não hesita em ordenar uma prisão rápida e bastante pública, fazendo com que em pouco tempo toda a cidade saiba que o Treinador T é o principal suspeito do crime. Maitland tem um álibi, mas Anderson e o promotor público logo têm amostras de DNA para corroborar a acusação. O caso parece resolvido. Mas conforme a investigação se desenrola, a história se transforma em uma montanha-russa, cheia de tensão e suspense. Terry Maitland parece ser uma boa pessoa, mas será que isso não passa de uma máscara? A aterrorizante resposta é o que faz desta uma das histórias mais perturbadoras de Stephen King. (SKOOB)

'Outsider' é um dos muitos lançamentos de Stephen King que a Editora Suma de Letras trouxe para o Brasil em 2018. Um suspense policial eletrizante, um pouco sobrenatural, e com uma visita de um personagem da trilogia do mestre chamada Bill Hodges. Já aviso que é uma estória forte, com cenas fortes e revoltantes.


Um crime devastou a cidade Flinty City, uma criança foi morta de uma forma que não é possível narrar para vocês, mas foi de um jeito brutal que envolvia desde abuso infantil ao canibalismo. O principal e único suspeito é o treinador de beisebol da liga infantil da cidade, que havia treinado todas as crianças que cresciam lá. Conhecido por todos, Terry e sua família começaram a sofrer as consequências de ser o único suspeito de tal ato logo após a prisão nada discreta dele durante um jogo de beisebol infantil com o estadio lotado.

Mas como poderia ser Terry o assassino? Todas as pistas deixadas no local indicavam que era ele. DNA, digitais, testemunhas. No entanto, Terry tinha viajado para outra cidade para uma conferencia de um autor famoso (segredinho, mas amei a referência!). Havia filmagens e testemunhas que eles estavam muito longe da cidade enquanto ele estava sendo supostamente avistado. E agora?
Ás vezes, os que eram frios de verdade, os sociopatas, encontravam aquela calma depois do choque inicial e se preparavam para o que estava por vir.
Os detetives da cidade estavam certos de que Terry havia assassinado a criança. Mas logo após o caso ser considerado encerrado, Ralph Anderson, um dos responsáveis pelo caso começou a ter suas dúvidas. E se fosse uma armação para Terry?  Por quê ele faria isso? Sua imagem de gente boa era apenas fachada? Como ninguém nunca suspeitou? Como deixamos ele chegar tão perto das nossas crianças? Como ele poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo?


Com certeza sendo uma das melhores tramas que já li pelo menos esse ano, Stephen King trouxe algo novo para o thriller policial, a pitada de sobrenatural e de cultura local do EUA que ele colocou no livro fez toda a diferença. Seria um livro bom sem o sobrenatural? Seria, mas ficou maravilhoso com esse diferencial.
Quanto tempo demorava para se recuperar do primeiro e mais bruto estágio da dor?
A trama foi muito bem construída a nível King, todos os personagens foram muito bem usados para que o resultado fosse excepcional. Enredo surpreendente e enlouquecedor. Estou realmente sem palavras para descrever esta obra. Acredito que tenha sido uma estória muito inovadora (pelo menos nunca li nada nem perto de ser parecido).

A leitura fluía muito rápido, isso me fez fazer algumas pausas durante ela para absorver a trama já que o tema é pesado. Afinal, estamos falando do assassinato de crianças inocentes de forma brutal. Digamos que minha experiencia nessa leitura foi eletrizante e marcante, vai ser difícil esquecer a estória por um bom tempo e eu espero que saia logo alguma adaptação.
O dinheiro não era a cura para a dor, mas permitia que a pessoa sofresse em relativo conforto.
Devo dizer que os personagens são extremamente cativantes, Terry me fez acreditar que ele era inocente mesmo com todas as provas 'infalíveis' dissessem o contrário. Fiquei muito cativada por todos os principais, segurei o choro algumas vezes, mas as vezes não conseguia segurar pensando 'e se isso realmente tivesse acontecido de alguma forma?', será que o King teve alguma inspiração em algum caso real? Se existe algum, não descobri.
Se não conseguir deixar o passado para trás, os erros que cometeu acabam comendo você vivo.
Sobre a edição eu só tenho elogios, a capa está maravilhosa e achei que super retratou o lado sobrenatural da estória, as letras escritas 'Stephen King' estão em dourado metalizado e isto deixa o livro lindooo na luz. A diagramação segue o padrão dos livros do King, o que deixa a leitura fluir mais que o natural (pelo menos no meu caso).


Para quem tem algum probleminha como eu e ama livros sangrentos e certas cenas que fazem algumas pessoas ficarem enjoadas com um toque de sobrenatural, esse livro é para você, tem o plost twits maravilhoso, suspense e mistério, além de que a pergunta que dura o livro inteiro, 'Terry é ou não culpado?', deixa o livro perfeito.

 Espero que tenham gostado <3



NOTA: 


OUTROS LIVROS DO AUTOR RESENHADOS NO BLOG:


 
Stephen King nasceu em Portland, no Maine, em 1947. Seu primeiro conto foi publicado vinte anos depois na revista Starling Mystery Stories. Em 1971, ele começou a dar aulas, escrevendo à noite e aos fins de semana. Em 1974, publicou seu primeiro livro, Carrie, a estranha, que se tornou um best-seller e é considerado um clássico do terror. Desde então, King escreveu mais de cinquenta livros, alguns dos quais ficaram mundialmente famosos e deram origem a adaptações de sucesso, seja para o cinema ou para a televisão.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!