Título Original: Coração Granada
Autor: João Doederlein
Editora: Paralela
Páginas: 192
Gênero: Literatura Nacional/ Poesia/ Poemas
Ano: 2018
Comprar: Amazon

Sinopse: Combinando novos ressignificados e poemas, @akapoeta apresenta textos de sensibilidade e poesia. Segundo o autor, o amor (correspondido ou não) mexe com nossa alma e nosso corpo. A ansiedade, quando nos toma de assalto, também. Outro ponto em comum: os dois fizeram e continuam fazendo artistas de todos os tipos produzirem criações capazes de gerar reflexão e também de dar sentido ao que, muitas vezes, parecia já não ter. É o caso de @akapoeta, pseudônimo de João Doederlein, neste seu segundo livro. Nele, o escritor fala de paixões e crises de ansiedade e da relação entre ambas, com a mesma delicadeza que transformou a sua obra de estreia, 'O livro dos ressignificados' (SKOOB)

'Coração Granada' é o segundo livro de Akapoeta (o nome real dele é João Doederlein), lançado pela Editora Paralela. O livro segue quase o mesmo estilo do primeiro título do autor 'Ressignificados' (que também recomendo demais).

Sou uma leitora assídua de poesias e poemas, então mais uma vez Akapoeta me encantou, primeiramente pela organização do próprio livro, ele se divide em três capítulos que depois se juntam e as mensagens ficam ainda mais completas, juntando os três títulos, já é possível compreender uma frase linda: "O nome dela quando a ansiedade chega, acalenta meu coração." (Capítulo um: “o nome dela". Capítulo dois: “quando a ansiedade chega”. Capítulo três: “O nome dela, quando a ansiedade chega, acalanta meu coração”)


Numa mistura de amor, ansiedade e muito lirismo, em 'Coração Granada' encontramos o tom perfeito de uma poesia que toca o coração do leitor que vive na intensa correria do século XXI, são poesias e poemas curtos, entretanto isso não é um ponto negativo, pois mesmo com frases tão curtas, percebemos a intensidade do sentimento que o poeta põe em cada palavra.


Um aspecto que me chamou a atenção é que o livro fala de ansiedade, mas não aquela ansiedade de ver alguém que ama, ansiedade para um encontro... Não! Ansiedade no sentido mesmo de transtorno de saúde (O transtorno de ansiedade generalizada é um padrão de preocupação e ansiedade constante). O autor mostra esse problema de uma maneira muito real, sem romantizar e muito menos dizer que é frescura, Akapoeta mostrou que ansiedade é algo ruim para a pessoa que a sente e que isso é sofrimento, deixando um capítulo inteiro para mostrar essa temática, isso me agradou demais!
Ansiedade não escolhe hora
nem precisa de motivo
para bater a nossa porta, ansiedade não escolhe dia.
Pág 112

A poesia de Akapoeta nos tira da zona de conforto, nos faz refletir sobre diversas atitudes que tomamos ou que vemos as pessoas tomarem a respeito do amor, amizade e outras questões que enfrentamos no nosso dia a dia, recomendo a quem tem vontade de ler poesia que conheça o meu conterrâneo Akapoeta, esse brasiliense de reflexões intensas e que nos faz parar para pensar em meio a uma tarde aparentemente normal (ahhhhh, eu também quero escrever poesia, fui contagiada, no bom sentido!) 

O mar beija a praia o tanto de vezes que eu queria poder beijar você. - Pág 14
A diagramação do livro é delicada, a capa tem um traço minimalista, a cor laranja compõe todo o livro, tanto nas imagens quanto em algumas letras, ficou muito bonito!
Há também algumas ilustrações, todas muito belas e que casam direitinho com o conteúdo das poesias, mais uma vez a Editora Paralela mostra muito cuidado com cada detalhe do livro.

Tenho tantas cicatrizes em minha alma que ela mais parece um quadro pintado por Pablo Picassoem um dia de chuvae muita tristezaVocê não imagina a bagunça.É bonita,mas assusta - Pág 90

Recomendo 'Coração Granada' a quem deseja uma leitura gostosa, rápida e muito reflexiva, poesia alegra a alma e este é um livro ótimo para quem deseja se deliciar em uma tarde calma em companhia de uma boa xícara de café!


Se você não conhece Akapoeta, por favor corrija isso o mais rápido possível (hahahaha)!

E aí ficou interessado?
Me contaaaaa tudo!
Beijo e até breve!


NOTA:  

Brasiliense de 19 anos, que usa o perfil @akapoeta para fazer “redefinições”, como nomeou o projeto, de palavras da língua portuguesa. João Pedro Doederlein começou a escrever poemas aos 11 anos e atualmente acumula 116 mil seguidores no Instagram e 280 mil curtidas em sua página do Facebook. Escritor do livro Ressignificados.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!