Título Original: The Duchess
Autor: Danielle Steel
Série: Livro único
Páginas: 335
Gênero: Literatura Estrangeira /  Romance de Época / Ficção
Editora: Editora Record
Ano: 2018
Comprar: Amazon

Sinopse: A saga de uma jovem bem-nascida, que se vê sozinha no mundo e é obrigada a embarcar em uma jornada de sobrevivência e sensualidade em busca da tão sonhada justiça. Angélique Latham cresceu no esplendoroso Castelo Belgrave, na Inglaterra, e foi criada sob a tutela e o carinho do pai, o duque de Westerfield. Aos 18 anos, ela é a menina dos olhos do duque, mas, assim que ele morre, seus meios-irmãos mais velhos lhe viram as costas, abandonando-a completamente. Porém, com sua inteligência aguçada, uma beleza arrebatadora e um baú de dinheiro que seu pai lhe deu em segredo no leito de morte, ela fará de tudo para sobreviver. Sem conseguir arrumar emprego por não ter uma carta de referência, mesmo depois de um tempo trabalhando como babá, Angélique tenta a sorte em Paris. E é lá que o destino coloca em seu caminho uma prostituta, vítima dos maus-tratos de Madame Albin. Ao ajudar a jovem, Angélique vê uma oportunidade: abrir um bordel de luxo para atender aos homens mais abastados da cidade e onde pudesse proteger essas mulheres. Logo, o elegante Le Boudoir, um lugar onde os homens poderosos podem satisfazer seus desejos mais secretos com as companhias mais sofisticadas, se torna a sensação de Paris. Mas, vivendo na iminência de um escândalo, Angélique conseguirá algum dia recuperar seu lugar no mundo?Da Inglaterra do século XIX, passando por Paris e Nova York, Danielle Steel retrata uma época de luta das mulheres em uma sociedade predominantemente masculina ao contar a história inspiradora de uma cativante dama de espírito revolucionário. (SKOOB)

Oiieeee gente! Tudo bem?
Hoje vim contar para vocês sobre um romance de época que li esse mês, 'A Duquesa', da renomada Danielle Steel.


Angélique Latham é a filha caçula do duque de Westerfield, Philipe. Eles moram em Hertfordshire, no castelo Belgrave, um patrimônio da família há algumas gerações. Ela é a filha preferida do duque, criada com muito amor e devoção tornou-se uma moça muito educada, sábia, bela e além de tudo  independente. O pai a criava para ser dona de si, ensinou a menina a cuidar dos afazeres, contabilizar, cuidar das finanças e tudo mais que precisasse.

A mãe de Angélique era uma mulher com nome próximo ao rei, casou-se com Philipe, mas nunca foi bem recebida pela família do duque, pois ela era segunda esposa e tinha a mesma idade do filho de Philipe, isso era algo que o filho não aceitava. Infelizmente a mãe de Angélique morre após o parto.

O duque Philipe, já bem velho, dá à filha um saco com um bom dinheiro, quantia suficiente para que ela vivesse bem, mas ele contava que Tristan, seu filho, apoiasse à Angélique, mas após a morte do pai, ela é mandada para trabalhar em um casa cuidando de crianças, Tristan a jogou a própria sorte, abandonou a irmã que ele sempre odiou.


Abandonada pela família, Angélique passa por diversas situações, desde o momento em que ela começa a trabalhar como babá até se tornar dona de bordel, não falarei sobre como ela se tornou uma mulher dona de bordel bem sucedido, acho que se eu me aprofundar nesse fato, tirará a graça e encanto da leitura.

A trajetória dessa personagem foi o que mais me encantou nessa narrativa, pois os problemas que ela enfrenta no século XIX são os mesmos que a mulher de hoje pode enfrentar: falta de apoio familiar, dificuldades para ser independente só pelo fato de ser mulher, assédio sexual e outros tantos dilemas. Passaram-se 100 anos e a situação continua semelhante, creio que essa temática tenha sido trabalhada propositalmente por Danielle Steel


A autora mostra com riqueza de detalhes como era difícil ser uma mulher no século XIX, então quem espera uma leitura bem romantizada que às vezes encontrarmos nos romances de época, não se engane, não é isso que acontece em 'A Duquesa'. Ainda sobre romance, esse foi um ponto que senti falta, o foco não é o amor e sim o rumo de vida da personagem principal.


O dia a dia de Angélique na casa onde ela vai ser babá é um momento que molda a nova realidade da personagem, nessa casa ela lida com crianças, os adultos extremamente fúteis e com pouca empatia, vale a pena conferir tudo que Angélique passou durante o tempo que trabalha na casa de uns "amigos" de seu irmão Tristan.


'A Duquesa' é um livro instigante, apresenta uma narrativa bem descritiva, não há grandes revelações durante a trama, mas as que têm são bem coerentes com o enredo. Na verdade, as maiores surpresas estão nas últimas páginas, mas sabe aquele livro que você lê torcendo tanto pela personagem que cada página é muito importante? Pois é, nesse livro eu devorava cada página torcendo por um final maravilhoso e digno para Angélique, o sabor da vingança faz parte do que o leitor sente durante a leitura.


A escrita de Danielle Steel é muito peculiar, bem diferente do que estou acostumada, não há muitos diálogos, a escrita é descritiva, profunda e bem dramática, isso me agradou bastante. Nunca li um romance de época com uma carga tão forte de drama, sofrimento e vida difícil da mulher no século XIX, Steel mostra que ser uma mulher independente naquela época era um sacrifício, mas que Angélique conseguiria.


O enredo é muito bom e foi muito rápido ler esse livro, justamente por ser tão intenso. O final é lindo, apesar de eu não concordar com o destino de um personagem, mas Danielle reafirma que o foco é a história de Angélique.


A diagramação é muito agradável, as letras são de um bom tamanho e o espaçamento é ótimo, mas o que mais me encantou foi a capa, que maravilhosa, a cor, a modelo e o contexto que a envolve, a cena é descrita no livro!


Só não dei nota máxima porque eu queria ainda mais romance, mas recomendo muito essa obra. Vale muito a pena a leitura!

'A Duquesa' é um livro sobre amor paterno, família, perdas, abandono, preconceitos, recomeços e as voltas que o mundo dá. Deu até vontade de ler outros livros da autora, e opções é que não faltam. Pesquisei no Skoob e tem muitos títulos, todos publicados pela Editora Record, que agora está relançando os livros com capas maravilhosas, nós leitores agradecemos.

E você já leu? Conta tuuuuuudo!
Beijos e até breve!


NOTA:  


OUTROS LIVROS DA AUTORA RESENHADOS NO BLOG:


 


É uma escritora estadunidense e seus livros estão entre os mais vendidos do mundo. É muito conhecida por suas histórias de dramas românticos e já vendeu mais do 560 milhões de cópias dos seus livros, traduzidos em 28 línguas e vendidos em 47 países. Os seus romances estiveram na lista de best-sellers do New York Times mais de 390 semanas consecutivas e 22 foram adaptados para televisão. Em 2001 ela foi considerada uma das "30 Mulheres mais Poderosas da América" pelo Ladies' Home Journal.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!