Título Original: SnotGirl VOL 1. Green Hair Don't Care
Autor: Bryan Lee O'Malley & Leslie Hung
Série: Volume #01
Ano: 2018
Páginas: 136
Gênero: HQ, Comics, Mangá
Comprar: Amazon


Sinopse: Do mesmo criador do fenômeno Scott Pilgrim, Garotaranho é uma das séries mais ousadas, engraçadas e espertas dos quadrinhos atuais. Lottie Person é uma blogueira de moda que vive uma vida absolutamente incrível — ou pelo menos é o que ela quer que você acredite. A verdade é que sua alergia está fora de controle, seu nariz não para de escorrer, o namorado a trocou por uma garota mais nova e é possível que ele tenha cometido um homicídio. Este é o primeiro volume do sensacional Garotaranho, de Bryan Lee O'Malley, criador de Scott Pilgrim, e da desenhista Leslie Hung. (SKOOB)

Assim que 'Garota-Ranho' chegou, eu não resisti, se vocês me acompanham um pouco aqui no blog, podem perceber que gosto de ler HQ e mangás. E essa mistura atrativa do traço impecável do quadrinista, da moça chorando na capa, do selo indicando que é do mesmo criador de Scott Pilgrim  - do filme "Scott Pilgrim contra o mundo", onde o Scott tem que lutar contra os 7 ex-namorados de Ramona para então poder namorar com ela em paz -, em conjunto com a possível ressaca literária que estava se aproximando foram demais para aguentar a tentação, eu precisava de uma leitura leve e divertida, tudo o que a HQ prometia. 

A HQ olhou para mim, eu para ela, e assim ficamos trocando olhares até que eu não conseguisse mais resistir a curiosidade em ler 'Garota-Ranho', e mesmo com um pouco de culpa no coração de deixar outros livros de lado, não me arrependo nem por um minuto, de ter acompanhado a estória de Lottie durante uma noite. Em apenas uma hora, uma confusão de sentimentos tomou conta de mim ao longo da leitura, e foi o suficiente para que eu perdesse algumas horas de sono pensando sobre quando será o lançamento do segundo volume de "Garota-Ranho."


Em 'Garota-Ranho', vamos conhecer Lottie Person, uma blogueira de moda que vive na cidade grande para correr atrás de seu sonho, porém, suas amigas são terríveis. Sunny, seu namorado pediu 'um tempo', e ela guarda um segredo horrível: sofre de severas crises alérgica. Meio bobo esse segredo não é? Mas para Lottie, esse segredo pode acabar com sua imagem perfeita que ela tanto estima e com sua carreira.
Tanta dor nesses olhos. Você é uma flor com medo do sol.
Seu ciclo de amigos são basicamente blogueiras e logo no inicio somos apresentados à Megan Foster, ou Meg, como preferir. Lottie à apelidou de "NormGirl", o que em uma tradução literal do inglês seria "Garota Normal". Sua outra amiga blogueira é Misty Sutton, ou como a Lottie à apelidou, "CuteGirl", que seria "Garota Fofa". E as vezes elas marcam para fazer o 'brunch das haters', não é incrível? Já quero com minhas amigas (hahahaha). Mas na verdade, elas são péssimas amigas, se preocupam mais em manter o instagram atualizado do que em mandar uma mensagem para Lottie. E a solidão que Lottie sente é bem retratado durante as noites e em suas crises alérgicas.
É um saco quando o passado volta pra assombrar, né?
Ao decorrer da leitura o 'tempo' em que Sunny pediu começa a afetar Lottie após ele postar uma foto no Instagram com outra garota. É então que Lottie percebe que não era 'um tempo', e sim que ele havia terminado com ela para ficar com essa garota, Charlotte, que é mais nova e parece ser uma copia de Lottie. O que a faz pensar que seu ex-namorado está envolvido na verdade com uma stalker, ou uma fã que apenas quer ter tudo que é ou já foi de Lottie, como roupas ou até mesmo o namorado.


A estória começa a desenvolver depois que Lottie conhece uma garota linda chamada Caroline, na qual Lottie apelidou de "coolgirl", ou seja, "garota legal". Caroline e Lottie viram melhores amigas quase que instantaneamente, já que gostam das mesmas coisas, fazem até mesmo o mesmo pedido de café no starbucks e são blogueiras. Caroline era a única amiga de Lottie que sabia de seu 'terrível segredo', e isso tornou a amizade delas ainda mais forte. Ela é tão importante para a estória que está presente até na última página da HQ. Só que Caroline também esconde um segredo.
Quer saber? No fim das contas, ó: É só um cara. Agora ele parece o cara, mas... é só mais um. Vão ter outros.
Além do mais, é possível que Lottie tenha matado alguém, pelo menos é nisso que ela acredita. Quando ela e Caroline vão em uma festa, Lottie tem uma crise alérgica no banheiro e no dia seguinte só consegue se lembrar de muito sangue no banheiro, e já que Lottie não estava machucada, significa que o sangue não era seu. Isso à deixa dias sem sair de casa, apenas esperando a polícia bater em sua porta. Será que o crime realmente aconteceu ou é apenas sua mente lhe pregando uma peça?

Preciso nem falar que estou completamente apaixonada nesta capa né? Olha só que imagem linda da Lottie \o/
INCRÍVEL! É o que tenho para dizer à respeito desse quadrinho, é simplesmente maravilhoso! É uma crítica social muito bem elaborada e bem humorada (e um pouco dramática) sobre o mundo de blogueiros, onde se vive de aparência, sendo que a própria protagonista da HQ tem que esconder que tem alergia, pois isso estragaria sua imagem de perfeita e faria com que as pessoas quisessem parar de ser como ela, e "que morte horrível" para a carreira dela de blogueira caso isso viesse acontecer.

'Garota-Ranho' tem uma mistura adorável de humor, drama, suspense e referencias na dosagem certa, também se pode esperar um plot twist, ou seja, uma reviravolta na história.

O enredo é narrado pela Lottie, com traços do Bryan e da Leslie em conjunto com o toque do colorista Mickey Quinn e as letras de Maré Odomo que deixam a estória, além de fluída também envolvente.

Fui capaz de sentir empatia pela protagonista em seus momentos de aflição, e acredito que fiquei tão angustiada quanto a Lottie ao decorrer dos acontecimentos. Aflição, curiosidade, risos, surtos e confusão, é indescritível o que eu senti enquanto lia, a cada página era um sentimento diferente.

O desenvolvimento de tudo foi fantástico, mas aparentemente a HQ tem um desfecho clichê, confesso. Aliás, eu não tinha grandes esperanças para essa temática da HQ - 'a vida de uma blogueira, sério?' - mas também não esperava que eu iria ficar praticamente uma hora pós leitura parada só pensando nas milhares de possibilidades para o final e para a continuação, ou até mesmo na possibilidade de uma série original Netflix (hahahah).

Simplesmente recomendo 'Garota-Ranho' para todo mundo! Você gosta de drama? Esta HQ tem. Suspense? Tem também. Romance? Tem. Amor não correspondido? Teeeem. Referencias? Why so serious? To brincando, tem também! Amizades falsas e verdadeiras? Também tem. Um pouco de sangue? Também tem (hahaha). Agora você entende quando eu digo que essa HQ tem grandes chances de agradar a todos? Tem de tudo um pouco, e isso a torna maravilhosa (na minha opinião).

PS: Bryan Lee O'Malley, além de autor de "Garota-Ranho", também é autor de outros quadrinhos, estes já foram publicados pelo selo Quadrinhos da Cia, sendo "Repeteco" o mais recente (antes de garota-ranho).


NOTA: 

Espero que tenham gostado <3 XOXO

Bryan Lee O'Malley, co-criador, é quadrinista canadense e atualmente mora em Los Angeles. Bryan criou a cultuada série SCOTT PILGRIM e é pirado.                                                         
Leslie Hung, co-criadora, é quadrinista e nasceu em Los Angeles. Leslie ama maquiagem e come buldak, prato coreano típico, sem parar. Tem 1,70m. 

Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Essa é a segunda resenha que leio sobre essa HQ e tenho mais certeza ainda que ela é perfeita pra minha ressaca literária também! haha amo histórias com blogueiras de moda ou que envolvem o mundo da moda, parece ter uma escrita bem jovem, portanto, uma leitura bem descontraída. Com certeza iria me deliciar com esse livro numa tarde entediante ou depois de algumas horas de trabalho. Amei a dica!

    Meu Outro Lado - https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa HQ é exatamente para essas horas, tira da ressaca literária, instiga o leitor a querer mais, é divertida e não é tão fútil quanto parece.
      Beijos <3

      Excluir
  2. Ágata!
    Gostei também dos traços da ilustradora, dá um visual inovador à HQ.
    Imagino que todas as blogueiras, mesmo que não sejam de moda, devem ler, afinal, traz uma realidade relacionada ao que está por traz do que o seguidores não sabem, não é?
    Bom final de semana!
    “O prazer dos grandes homens consiste em poder tornar os outros felizes..” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o traço é lindo! E sim, acredito que não só os blogueiros devam ler, e sim quem os acompanham. Essa HQ mostra o outro lado da moeda.
      <3

      Excluir
  3. Preciso dizer algo mais ou menos aleatório, eu tenho rinite, sinusite, conjuntivite, vários "ites" e apenas em ler a sinopse dessa HQ eu ri um pouquinho, porque já imaginei algumas cenas. Eu vi essa HQ na livraria, mas como eu não compraria nada naquele dia eu nem quis ler a sinopse. E sua resenha é a primeira que vejo sobre ela e gente, eu só posso dizer que a-do-rei. Super quero ler. Tem de tudo um pouco, a capa está linda, tem plot twist, tem tema atual. Realmente fica difícil não querer. Sem contar que é uma leitura rápida. Só tomara que a editora não demore para publicar o resto da série.

    ResponderExcluir
  4. Não curto muito HQ, e são bem poucos os que eu já li.
    Mas parece ser uma ótima trama, ainda mais que tem de tudo um pouco. Imaginei que seria um final meio clichê mas gostei bastante da sinopse e de toda essa situação que ela passa.
    Para quem gosta é uma ótima indicação, e mesmo não gostando muito eu daria uma chance.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!