Título Original: Making Pretty
Autora: Corey Ann Haydu
Páginas: 432
Editora: Galera Record
Gênero: Romance, Jovem Adulto, Ficção, Literatura Estrangeira
Ano: 2017
Comprar: Amazon, Submarino, Lojas Americanas, Livraria da Folha, Shoptime,
E-Book: Livraria Cultura

Sinopse: Um romance sobre amadurecimento e a dureza de crescer em uma cultura que exige das mulheres nada menos que a perfeição. Corey Ann Haydu explora as complexidades da família, os limites do amor e quão duro é crescer em uma cultura que premia a beleza acima de qualquer outra coisa e cobra das mulheres nada menos que a perfeição. Uma leitura atual que dialoga direta e honestamente com a multiplicidade de questões enfrentadas por adolescentes e jovens no mundo todo – a confusão do primeiro amor, os dramas familiares e a construção da própria identidade no meio de toda essa loucura. O livro está cheio de personagens realistas, que tropeçam nos próprios medos e cometem erros com alguns dos quais é impossível não se identificar. Montana e sua irmã Arizona têm um pacto desde que a mãe as deixou: São elas duas contra todo o mundo. Com o pai sempre imerso em relacionamentos tóxicos e uma sucessão de madrastas essa foi a maneira que encontraram de seguir em frente. Mas agora que Arizona foi para a faculdade Montana se sente deixada pra trás e perdida, mergulhando em uma amizade vertiginosa e empolgante com a ousada Karissa. No meio disso tudo, Montana encontra uma distração em Bernardo. Resta saber se Montana têm a confiança necessária no que sentem um pelo outro para encaixar Bernardo na sua vida imperfeita. SKOOB

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Como foi a virada de ano? Espero que tudo bem, e que 2018 traga muita paz, amor, e gratidão acima de tudo. Por falar em gratidão a resenha de hoje é um baita de um livro lindo, com uma história muito amor que merece ser lido, espero que gostem!

"Bela Gratidão" já começa conquistando o leitor pela capa e nas fotos acredito que vocês irão conseguir notar o motivo, coisa mais linda essa capa (estou apaixonada). Aqui nós conhecemos a história de uma jovem chamada Montana, ela e sua irmã Arizona foram deixadas pela mãe muito cedo, eram apenas crianças na época e desde então o pai delas assumiu a criação das meninas. Podemos dizer que ele não se saiu muito bem durante esse período e se casou mais de quatro vezes após a mãe de Montana, para ela isso era algo muito negativo pois não teve um modelo de pai e de mãe, o que tornou as coisas meio confusas e complicadas, mas ela tinha a irmã Arizona e elas combinavam em praticamente tudo, até que um dia a irmã mais velha vai pra faculdade e se separa de Montana.


A história proposta pela autora vai nos mostrar o amadurecimento da jovem protagonista e as vivências de questões familiares muito intimas e dolorosas para ela, conseguimos notar a dificuldade enfrentada por Montana sobre beleza exterior já que seu pai é cirurgião plástico e enfrenta a realidade das mulheres como algo que deva ser mudado, melhorado ou retirado de seus corpos, e a filha pensa o oposto dele sempre.

O livro traz personagens realistas, cheio de problemas e questões a serem aprendidas e discutidas entre eles. Arizona mudou muito desde que saiu de casa e Montana enfrenta dificuldades em aceitar sua nova irmã siliconada e isso tudo é o que torna o relacionamento das duas instável.

Karissa é a mais nova amiga de Montana e a jovem sente que pode confiar nessa moça de 23 anos de uma beleza incrível, assim ela transfere todas as suas expectativas para Karissa que no fim acaba a surpreendendo de forma negativa e seu mundo desmorona novamente.


Mas nem tudo é ruim nesse romance, Montana conhece um rapaz chamado Bernardo e as coisas começam a melhorar e muito para ela, com ele a jovem se sente segura novamente e tenta mais uma vez achar a chave pra felicidade, tudo que lhe acontece de bom ela anota em seu caderno da gratidão (uma das trocentas mulheres do seu pai lhe ensinou isso) e é fabuloso como coisas simples podem mudar o dia a dia das pessoas e ser motivo de agradecimento.


A leitura é totalmente sobre mudanças e sobre como lidamos com elas. Corey Ann Haydu trás uma escrita envolvente que nos enche de esperança para que as coisas melhorem para Montana e sua família. É um livro reflexivo que cativa e nos ensina a ser gratos, pela vida, pela as pessoas, pelo ar que respiramos, pelo amor, pelas oportunidades que nos são oferecidas, GRATIDÃO, simples assim. Após a leitura tomei coragem e criei uma lista que será atualizada todos os dias com as coisas pelas quais serei grata sempre! 

Um grande beijo, e até a próxima!
NOTA:

Corey Ann Haydu, autora de Uma História de Amor e TOC, Life By Committee e Making Pretty e seu próximo livro de estreia Rules for Stealing Stars. Se formou na NYU’s Tisch School of the Arts e The New School’s Writing for Children MFA program. Corey mora no Brooklyn com seu cachorro e namorado.

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Michele!
    Aqui passamos o ano com tranquilidade e espero que você também e que 2018 seja repleto de realizações.
    O que acho uma das coisas mais legais daqui é que vejo resenha de livros que nem ouvi falar em lugar nenhum.
    Gosto quando o livro traz a temática familiar, mesmo que aqui seja uma família bem desestruturada.
    A pobre da Montana tem que lidar com sentimentos profundos de rejeição e ainda uma série de outros sentimentos que devem torná-la uma pessoa um tanto triste...
    Fiquei bem curiosa para ler, mesmo dizendo que tem alguns trechos arrastados.
    Desejo uma semana mais que abençoada e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Chega de velhas desculpas e velhas atitudes! Que o ano novo traga vida nova, como o rio que sai lavando e levando tudo por onde passa.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Aqui passamos um ano muito tranquilo e espero que esse também seja assim para todos nós.
    Esse livro não é muito meu estilo mas confesso que achei interessante, confesso que leria.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!