Titulo Original: Body
Autora: Audrey Carlan
Série: Trinity #01
Editora: Verus
Ano: 2017
Páginas: 364
Gênero: Romance Erótico; Ficção; Literatura Estrangeira; Romance
Comprar: Amazon; Submarino; Americanas; Livraria Folha; Shoptime; Buscapé

Sinopse: Uma nova vida. Um novo amor. Um perigo real. "Eu te amo. Eu te quero. Eu nunca vou te deixar." Gillian Callahan entra em pânico só de ouvir esse tipo de frase. Por anos ela viveu uma relação abusiva com seu ex-namorado violento. Agora ela está livre e segura, trabalhando para uma fundação de apoio a mulheres vítimas de violência - a mesma que a resgatou e salvou sua vida. Gillian não quer saber de homem nenhum. Até conhecer Chase Davis, o presidente da fundação. O bilionário é tão sexy e sedutor que Gillian fica sem chão. Chase sempre consegue o que quer - e ele quer Gillian. Agora ela terá de enfrentar a batalha entre o desejo e o medo. Gillian vai conseguir confiar em Chase? Ela está segura com ele? E quão perigoso pode ser um passado sombrio... não só o dela, mas o do homem que ela aprendeu a amar? (SKOOB)

Gillian Callahan, ou simplesmente Gigi para os amigos, é uma mulher que aprendeu a ser forte assim como aprendeu ser dona do seu próprio destino. Gigi trabalha em uma ONG que ajuda mulheres que sofreram violência domestica, seja em cunho psicologo ou físico, e seu trabalho é uma das coisas mais importantes no mundo para ela, uma vez que já precisou da ajuda dessa ONG.

Devido ao seu histórico com relacionamentos, Gigi carrega consigo traumas que fazem com que ela não confie e consequentemente não permita que as pessoas entrem em sua vida tão facilmente, principalmente homens que num futuro próximo podem leva-la a um envolvimento amoroso.

É por isso que quando em uma viajem de trabalho, ela conhece Chase Davis, todos os seus alarmes internos soam, Chase é um forte e encantador bilionário, que desperta em Gigi sentimentos que ela não estava pronta para sentir. 


Como se só os impedimentos pessoais não fossem o suficientes para deixar Gigi com pé atrás, ela ainda precisa lidar com os impedimentos no trabalho, visto que Chase é o presidente da fundação onde ela trabalha.

Enquanto lida com a forte atração que sente por Chase, assim como todos os sentimentos que sente por ele, Gigi com o apoio das três melhores amigas, começa a perceber que não é porque viveu um relacionamento violento e abusivo, que todas as pessoas com quem ela se envolver vão ser violentas com ela. 

Gigi está pronta para se abrir em relação a Chase quando um fantasma do passado, ou melhor quando o ex-namorado que tem uma ordem de restrição contra ele, começa aparecer de forma ameaçadora na vida dela. Gigi irá enfrentar seus medos ao lado de Chase, ou recuará em sua decisão de permitir as pessoas entrarem em sua vida ?


Ao contrario da série "A Garota do Calendário", na série "Corpo" os livros tem um tamanho um pouco maior, e acho que assim a autora foi capaz de desenvolver melhor o enredo explorando mais os personagens. E como eu vivo dizendo, eu acho que tudo que acontece em um livro tem um tempo certo de acontecer, então as informações não podem nem ser entregues rápido demais ao leitor, e nem demorar em demasia, e em "A Garota do Calendário" eu acho que a autora correu um pouco, eu senti como se os livros devessem ser capítulos de um único volume e não vários volumes.

Com uma escrita fluida, a autora prende o leitor do inicio ao fim. Eu li tão rápido o livro que nem percebei as trezentas páginas passando. Audrey Carlan também constrói algo como um suspense na história, e apesar de ter gostado dessa proposta, eu não sei muito bem se gostei da forma como ela abordou (haha).

Sobre as personagens, elas são tudo o que se espera de personagens de romance erótico, e apesar de já estar acostumada e amar esse tipo de personagem algumas coisas acabaram me irritando durante a leitura e eu acabei tirando uma estrelinha do livro na hora de classificá-lo com uma nota (hahah).


Eu confesso que estou bem ansiosa pra ler a continuação e saber como a autora vai lidar com o final do primeiro livro. E eu recomendo bastante a leitura de 'Corpo' pra quem gosta do gênero erótico, porque como disse, ele é tudo o que quem gosta desse tipo de leitura espera.

NOTA:

OUTROS LIVROS DA AUTORA RESENHADOS NO BLOG:

 

Audrey Carlan é uma autora best-seller do New York Times, USA Today e do Wall Street Journal. Alguns de seus trabalhos incluem as séries Falling e Calendar Girl (no Brasil, "A Garota do Calendário", pelo Grupo Editorial Record, sob o selo Verus).                                                                                 

Comentários via Facebook

3 comentários:

  1. É legal o fato dela trabalhar numa ONG que ajuda mulheres que sofreram. É um bom tema para ser tratado nos livros. Bem interessante. Nunca tinha lido nada da Audrey mas esse livro parece ser uma história muito boa e até deve mostrar um pouco de como as mulheres sofrem e o processo de superação a essas violências.

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Logo que vi o lançamento fiquei interessada no livro, misturar romance erótico com essa perseguição do ex me lembra um pouco cinquenta tons de cinza, mas li alguns comentários que me desanimaram, que o Chase também é controlador e não curti mto isso, para uma personagem que acabou de sair de um relacionamento complicado, não acho que se apaixonar por um cara assim seria uma boa. Tá, sei que tô sendo bem crítica, mas como gosto bastante da escrita da autora (já li a série A garota do Calendário) irei dar uma chance, espero não ter essa impressão sobre o Chase!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eita que eu estou esperando todos livros saírem para iniciar a história, gosto do gênero, então tenho certeza que vou curtir muita a leitura. Concordo com você quanto a série a Garota do Calendário, realmente o sentimento que fica é que faltam alguns capítulos nos livros que bom que ela corrigiu isso nessa nova série.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!