Título Original: Prazer em Julgamento
Autora: Nina Müller
Série: Sentença #03
Páginas: 224
Editora: Planeta - Selo Essência
Gênero: Romance, Erótico, Literatura Brasileira, Ficção
Ano: 2017

Comprar: Amazon, Submarino, Lojas Americanas, Livraria Cultura, Extra, Ponto Frio, Casas Bahia, Shoptime


Sinopse: Primeiro livro físico da autora fenômeno de vendas na internet Lívia é uma psicóloga dedicada e tenente da aeronáutica. Vítima de um relacionamento abusivo no fim da adolescência, ela não se sente capaz de se relacionar de maneira saudável com outra pessoa. No entanto, um de seus primeiros pacientes é seu colega de farda Rodrigo Guerra, um piloto suspenso pelo comandante da base por arriscar sua vida e o equipamento com manobras ousadas demais no ar. Agora, ela não consegue evitar a eletricidade que percorre seu corpo toda vez que encontra Rodrigo, e o resultado dessa complexa relação entre terapeuta e paciente é imprevisível. Prazer em Julgamento, primeiro livro físico da escritora Nina Müller, fala da redescoberta da sexualidade e do prazer de uma mulher abalada pelos traumas do passado. (SKOOB)

Então, o que eu posso falar desse livro para vocês sem que eu solte spoiler? Não, não se preocupem que eu não irei fazer isso com nenhum de vocês, posso falar que eu gostei muito dessa leitura, mas como toda leitura tem que ter ressalvas, com essa não foi diferente. Hoje irei falar para vocês o que achei do livro 'Prazer em Julgamento'.


Aqui iremos conhecer a história de Lívia, uma mulher bela, jovem, formada em psicologia que acabou de conseguir um belo trabalho, e começa a trabalhar na Força Aérea Brasileira (FAB). Seu trabalho ainda está em estado provatório, e logo de cara ela pega um paciente que tende a lhe dar trabalho. Não só trabalho no sentido profissional, mas também em seu intimo, já que ao bater os olhos nele se sente atraída de uma maneira que jurou nunca mais sentir.

Rodrigo, um belo homem, piloto da FAB e que por sinal é um belo viciado em adrenalina, e com isso o coloca em apuros no trabalho, sendo encaminhado para terapia como meio de conte-lo, acaba se deparando com Lívia. Ao colocar os olhos nela uma atração ardente desperta em Rodrigo e com isso uma vontade de ter ela a todo custo. Só o que ele não sabia que ela tinha algumas ressalvas que seria uma barreira para ele da qual ele teria que trabalhar para quebrar.
Eu sabia que alguma coisa tinha mudado. A paixão estava ganhando vida. Fiquei um pouco assustada com essa constatação, mas tentei não pensar nisso. Eu sabia que precisava dar uma chance a mim mesma.
O passado de Lívia nem sempre foi bonito, na verdade ela é vitima de violência domestica, sofrendo desde os 18 com isso quando enfim conseguiu se vir livre, decide se fechar para o mundo, e vendo Rodrigo tão empenhado em querer entrar na vida dela há deixa muito assustada e com mais medo do que o normal, mas claro que com jeito acaba que ambos conseguem encontrar um meio termo. No entanto, quando você não tem o passado totalmente esclarecido ele pode aparecer mais cedo ou mais tarde e isso pode destruir tudo que Lívia vem tentando reerguer.


Então gente, o livro em si é muito gostoso de ler, os capítulos são alternados entre Lívia e Rodrigo, então dá para entender o ponto de vista dos dois ao decorrer da história, mas o que me incomodou foi a forma superficial tratada todo o assunto, a autora tinha um tema muito interessante para trabalhar, mas a meu ver não soube desenvolver com perfeição.

E outra, é um assunto do qual material é o que mais se tem para trabalhar, violência domestica é algo que infelizmente vem crescendo cada vez mais no Brasil e temos que sempre ser atentas com isso, e quando li o prologo achei que encontraria isso, mas não, como eu disse, foi um tanto leviano o trabalho com esse tema. Senti falta de mais detalhes, principalmente da superação da protagonista com tudo que ela passou. Mas nem por isso eu desmereço a história. Vale a pena conferir sim, e se encantar não só pelo casal protagonista mas também pelos outros personagens que são encantadores.

NOTA:

Nina Müller é gaúcha e se especializou em romances eróticos, alguns deles ambientados no mundo das leis. Nina é um sucesso na plataforma de autopublicação da Amazon, e Prazer em Julgamento, terceiro volume da série Sentença, é seu primeiro livro físico.                                                                                                                     

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!