Gênero: Comédia | Duração: 1h e 35 min | Ano: 2017 

Olha eu aqui com mais um filme juvenil para indicar para vocês (hahaha). É que eu adoro esses enredos que se passam no colegial, me da um certa nostalgia, eu lembro de como naquela época tudo parecia tão intenso, e que tudo seria muito mais fácil se na vida real acontecesse mesmo igual nesses filmes. Enfim, hoje eu vim falar de 'As Excluídas', um filme que eu assisti recentemente na Netflix e que realmente é sonho de consumo de qualquer excluído nessa vida (hahaha).


Mindy e Jodi são melhores amigas, estão na reta final do colegial e apesar de terem diferentes escolhas para suas futuras carreiras, elas ainda tem um sonho em comum: não sofrer mais humilhações publicas nas mãos de Whitney e sua turminha de populares. E é pensando nisso que Mindy tem a ideia de propor uma trégua a abelha rainha do colégio.


Aparentemente a tentativa de Mindy da certo, ela e Jodi até são convidadas para uma festa de Whitney, no entanto essa era só mais uma das maneiras de humilhar as garotas e mostrar quem é que manda na escola. É aí que as meninas se cansam de serem as excluídas e decidem se vingar dos populares do colégio propondo a união de todos os tipos de excluídos.


Agora imagine juntar nerds, viciados em internet, loucos por games, góticos, idealistas entre outros tipos. É confusão na certa! Pois estamos falando de pessoas com estilos completamente diferentes um do outros e com pensamentos também. Ainda sim esse bando de excluídos tem um único proposito em comum: destruir Whitney e sua turma de populares.


A principio a união e a forma como eles começam a se ajudarem para combater o bulling é até bonito de ver, e nos mostra como as coisas podem ser mais fáceis quando temos uns aos outros. O problema é que logo esses excluídos passam a ser o elo mais forte dessa 'cadeia alimentar' da 'classe social escolar', e não se contentam com pouco, eles querem mais, eles estão cegos por vingança e acham que devem pegar cada vez mais pesado com Whitney. É então que Jodi se da conta que estão sendo tão perversos como Whitney e sua turma eram com eles, e decide impedir os planos de sua melhor amiga, o que talvez possa acabar de uma vez por todas com essa amizade.


Eu gostei bastante desse filme, é claro que é bem clichê, mas Mindy é uma personagem hilariante, nós vamos vendo o seu mundinho desabando quando sua melhor amiga Judi começa a 'andar com as próprias pernas' e percorrer um caminho do qual Mindy não se vê incluída. Só que como eu disse lá no começo, nessa fase da vida sentimos tudo com muita intensidade, a impressão é que o mundo está desabando e que dar um passo fora do esperado é sinônimo de perder tudo o que tínhamos de melhor na vida.

Por mais que esse seja um filme cômico e juvenil, ainda sim é possível tirar várias reflexões do enredo, por isso se você está nessa fase da vida onde nem tudo está saindo da forma como planejou, eu super recomendo que assista 'As Excluídas'. Além disso é provável que você se divirta bastante enquanto e não leve mais os problemas da juventude tão a sério assim. Vai por mim, não é o fim do mundo, e quando a gente cresce descobre que essa sim foi uma das melhores fases da vida. Então, porque leva-la a tão ferro e fogo?



Acompanhe o blog também através das redes sociais
TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR  G+   SNAP: AMIGADALEITORA

XOXO

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Esse filme está na minha listinha ♥ não vejo a hora de assistir ainda mais por ter a Ashley de Awkward. E com seu post fiquei mais curiosa ainda!
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que legal que ficou empolgada, espero que goste tanto quanto eu gostei ;)

      XOXO

      Excluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!