[Resenha] Tudo e todas coisas - @NovoConceito

postado dia 28 junho 2017

Título Original: Everything everything
Autora: Nicola Yoon
Páginas: 304
Editora: Novo Conceito
Ano: 2016
Comprar: Saraiva, Amazon

Sinopse: "Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre." (SKOOB)
Antes de começar a resenha, preciso dizer que esse era um daqueles livros que não tinha pretensão nenhuma de ler. Porém, depois de ver o trailer do filme e descobrir sobre o que o livro se tratava, minha ideia mudou totalmente e eu simplesmente não resisti. "Tudo e todas as coisas" é um livro maravilhoso.

Nele vamos conhecer Madeline Whittier que foi diagnosticada ainda bebe com IDCG (Imunodeficiência Combinada Grave), que praticamente pode ser definida como alergia ao mundo, desde então, Maddy teve sua vida toda adaptada dentro de casa, seu único acesso com o mundo era através da internet ou a janela de seu quarto. Ela vive com a mãe que é médica, seu pai e irmão morreram num acidente de carro tempos atrás e tem uma enfermeira sempre por perto.


Maddy não conhece nada além daquilo que tem ao seu redor, ela estuda através do Skype e toda e qualquer pessoa que for ter algum contato maior com ela, precisa passar pela descontaminação, ainda assim é um grande risco para ela.

No entanto, tudo muda com a chegada dos novos vizinhos. O menino todo vestido de preto que chama a atenção de Maddy de imediato. Curiosa para saber mais sobre eles, Maddy passa a observa-los da janela de seu quarto e anota os horários de cada um, com exceção de Olly que é simplesmente uma incógnita para ela.

"HORÁRIOS DE OLLY
 Imprevisíveis." (Pág 30)

Após isso e um assassinato de um blog, não você não leu errado. Maddy e Olly trocam emails e eles começam a conversar. A primeira a perceber que algo está acontecendo com Maddy, é sua enfermeira Carla, ela é um amor, um dos meus personagens favoritos de todo o livro.

Ao contrário do que esperava, Olly não é daqueles bad boys, típicos que vemos muito em livros, ele é sensível, cuidadoso, ele e Maddy foram moldados para ficarem juntos. É impossível não se apaixonar por ele, meninas, preparem o coração.


Mesmo sabendo o que iria acontecer depois dos primeiros contatos deles, a cada página, a cada sentimento, a cada descoberta, eu me vi perdida em suspiros, encantada pela história desses dois.

"Talvez não possamos prever tudo, mas podemos prever algumas coisas. Por exemplo, com toda a certeza eu vou me apaixonar pelo Olly. E é quase certo que isso será um desastre."

Só que, como fica a doença de Maddy nisso tudo? Eu não vou entrar em muitos detalhes a partir daqui, porque qualquer coisinha pode ser considerada spoiler, mas posso dizer uma coisa, Olly da o mundo para Maddy, de todas as formas que ela nunca imaginaria ser possível.


Nicola Yoon é maravilhosa! Ela virou uma das minhas autoras favoritas e a partir daqui posso dizer que sou capaz de ler qualquer coisa que essa mulher escrever. O livro tem uma escrita simples e direta, narrado em primeira pessoa e com uma narrativa que flui desde os primeiros capítulos. A diagramação é linda e apesar de gostar dessa capa, tenho que admitir minha preferência pela do filme, que alias, eu mal posso esperar para assistir.

"Tudo e todas as coisas" é um livro muito amorzinho, a trama foi muito bem construída e o cenário é de dar inveja. Entretanto, foi uma leitura que me fez refletir sobre diversas questões pessoais em relação a viver, amizade e outras coisas. Eu adorei! E recomendo para todos que gostam de um bom romance.

NOTA:

OUTROS LIVROS DA AUTORA RESENHADOS NO BLOG:


Nicola Yoon é autora do best-seller Tudo e Todas as Coisas, cuja adaptação para o cinema estreia em 2017. Ela nasceu na Jamaica, cresceu no Brooklyn e mora em Los Angeles com a família. É uma romântica incurável que acredita ser possível se apaixonar num instante e que isso pode durar para sempre. O Sol Também é Uma Estrela é seu segundo livro. Ele foi considerado Melhor Livro do Ano por Publisher’s Weekly e Amazon e foi finalista do National Book Awards 2016.

Beijos!

Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Olá Fer, não pude deixar de vir conferir sua resenha, quando li o livro me encantei pela história e pela escrita da autora, sem dúvida é um livro maravilhoso, adorei as fotos, ficaram incríveis! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá! !
    Faz tempo que estou querendo ler esse livro !!
    Parece ser um enredo bem envolvente sei que vou me apaixonar ♡♡
    Espero que tenha um final feliz.Tem ???

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Realmente olhando pela capa eu não lerei esse livro, não sei, não chama atenção, mas confesso que lendo a sua resenha fiquei bem curiosa pois nunca li um livro onde um personagem sofresse com essa doença. Me questionei como o Olly dará o mundo a Maddy, ainda mais ela sofrendo com isso. Sobre a escrita da Nicola, não sabia quer era tão boa simples, também é bom saber que ela é simples e direta. Enfim, espero um dia ter a oportunidade de ler este ou qualquer outro livro dela.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Fernanda!
    Não li o livro e tam´bém não vi o filme, mas lembrei de um filme do início dos anos 2000, o Jimmy Bolha, a premissa é a mesma.
    Bom saber que o filme de certa forma foi fiel ao livro, importante, porque nas adaptações geralmente muita coisa muda.
    Deve ser o maior sofrimento ter de viver trancafiada dentro de casa por causa de uma doença e não conhecer muito o mundo lá fora.
    Desejo um final de semana de luz e paz!
    “Será que você vai saber o quanto penso em você com o meu coração?” (Renato Russo)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro. Entretanto, li O Sol também é uma estrela, da mesma autora do livro resenhado. Pela sua resenha e pelo que percebi do primeiro livro da Nicola, acredito que posso esperar ppra uma história intrigante, próxima a realidade e principalmente, capaz de despertar muitos sentimentos que, algumas pessoas hoje em dia, estão esquecendo de sentir e demonstrar.

    ResponderExcluir
  6. Observando apenas a capa do livro, não me chamou nenhuma atenção, imaginei que seria uma história totalmente diferente. Entretanto, com sua resenha, com certeza esse livro vou adicionar na minha listinha. To muito curiosa sobre a parte em que você diz ''Olly dará o mundo a Maddy'' como isso poderia acontecer? Bom, espero que seja um livro tão bom quanto o que você escreveu, beijos.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!