Titulo Original: The Lake House
Autora: Kate Morton
Editora: Arqueiro
Páginas: 464
Gênero: Suspense
Comprar: Amazon, Saraiva, Livraria da Folha, Livraria Cultura, Livraria Travessa, Submarino

SINOPSE: A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevanes sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre.Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros. A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir. Em A Casa do Lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica. (SKOOB)

Olá pessoal tudo bem? Hoje a resenha é sobre um suspense da autora Kate Morton, não conhecia o trabalho da autora e posso adiantar que estou encantada com a construção desse livro, já esperava gostar da história pois muitas pessoas elogiaram a escrita da Kate, e ela ganhou mais uma fã sem dúvida, essa leitura entrou pra minha lista de favoritos deste ano.


"A Casa Do Lago " é um belo suspense e nos conta um pouco sobre a família Edevane. Eleanor e Anthony se casaram e constituíram família, seus filhos Deborah, Alice, Clementine e Theo o mais novo da casa, viviam felizes e estavam animados como sempre para comemorarem o solstício, mas na noite das comemorações aconteceu algo terrível que mudou a realidade de todos eles, o pequeno Theo de apenas onze meses havia desaparecido. A investigação que foi aberta para descobrir sobre o paradeiro da criança não foi bem sucedida deixando a família em pedaços com uma marca e dor que nunca teria cura. Em 2003 Sadie uma jovem  policial que já passou por muitos problemas quando era  nova está na casa do avó de férias, mais forçada do que desejada, ela gostava muito de correr e em uma dessa corridas ao lado dos cachorros de seu avó ela descobre uma casa antiga e abandonada em meio a uma floresta, intrigada com sua descoberta vai até a casa, seu instinto não falha e ela pressente que algo terrível aconteceu ali.

Sadie descobre a tragédia da casa do lago e inicia uma pesquisa que no futuro próximo vira investigação sobre o ocorrido, ela descobre que Alice uma escritora famosa faz parte da família Edevane e que ela pode ajuda-la a entender o que aconteceu na noite do desaparecimento, já que Theo era seu irmão mais novo. 


O livro tem uma narração e escrita que flui muito bem para o leitor, um suspense que me levou diversas vezes a suspeitar de personagens diferentes. A história é intrigante e aposto que vai mexer com seu lado investigativo assim como mexeu com o meu. 

A autora Kate Morton conseguiu realizar um belíssimo trabalho nas passagens de tempo no livro, fazendo com que todas a histórias contadas se complementassem de alguma forma. Rico em detalhes o livro não se tornou massante em momento algum e isso foi o que mais gostei. A construção dos personagens também não deixou a desejar, cada um com suas características fortes e marcantes.

Sem sombra de dúvida foi uma das melhores leituras do ano! Se você gosta de suspense tanto quanto eu essa é a história que está procurando, não vejo a hora de ler mais obras da autora, tenho certeza que quem também ler irá se surpreender.

Espero que tenham gostado, um grande beijo e até a próxima! 

NOTA:

Kate Mor­ton, a mais velha de três irmãs, cres­ceu nas mon­ta­nhas do Sudo­este de Que­ens­land, na Aus­trá­lia. Depois de con­cluir o ensino secun­dá­rio licenciou-​se em Artes Dra­má­ti­cas em Lon­dres, no Reino Unido. Se até então achava que o seu futuro seria no tea­tro, rapi­da­mente des­co­briu que a sua pai­xão eram as pala­vras. Mais recen­te­mente licenciou-​se em Lite­ra­tura Inglesa.Kate vive actu­al­mente com o marido, Davin, e os seus dois filhos em Bris­baine, num pala­cete do século deza­nove repleto de mis­té­rios.A Casa das Lembranças Perdidas é o seu pri­meiro romance.

Comentários via Facebook

5 comentários:

  1. Hey ^^
    Eu quero tanto esse livro!! Está todo mundo falando sobre o livro e dizendo o quanto ele é bom e eu aqui na curiosidade....
    Esse é meu tipo de livro, um suspense bem construído!
    Espero gostar tanto quanto você!!

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá, se tiver a oportunidade leia sim, é um livro maravilhoso pra quem gosta do gênero tenho certeza que você irá gostar, obrigada pela visita, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Tá numa coisa que não acreditava vendo essa capa, o livro ser de suspense. kkkk Mais voltando ao que interessa, fiquei contente em ver que o suspense é realmente envolvente e que você chegou a suspeitar de vários personagens (adoro quando isso acontece nos livros desse gênero), saber que apesar dos detalhes ele não é massante, também me agradou. De fato, mais um livro para minha listinha de futuras leituras, espero gostar dele como você.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá obrigada pela visita, tenho certeza que vai gostar, é um livro muito rico de conteúdo isso eu garanto! Beijos!

      Excluir
  4. Michelle!
    Nossa! Deve ser um daqueles livros que nos prende do começo ao fim com um enredo bem escrito, carregado de mistérios e com passagens de tempo, coisa que gosto muito em um livro porque dá uma visão dos aconteciments do passado e no presente.
    Desejo um final de semana de luz e paz!
    “Será que você vai saber o quanto penso em você com o meu coração?” (Renato Russo)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!