Titulo Original: The Angel Tree
Autora: Lucinda Riley
Editora: Arqueiro
Páginas: 496
Ano: 2017
Gênero: Romance, Literatura Estrangeira
Comprar: Amazon
Sinopse: Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado. Durante uma caminhada pela paisagem invernal de Marchmont, ela encontra uma sepultura no bosque, e a inscrição na lápide coberta de neve se torna a fagulha que a ajudará a recuperar a memória. Contudo, relembrar o passado também significa reviver segredos dolorosos e muito bem guardados, como o motivo para Greta ter fugido do solar, quem ela era antes do acidente e o que aconteceu com sua filha, Cheska, uma jovem de beleza angelical... mas que esconde um lado sombrio. Da aclamada autora da série As Sete Irmãs, A Árvore dos Anjos é uma história tocante sobre amores e perdas, sobre como nossas escolhas de vida podem tanto definir quem somos como permitir um novo começo. (SKOOB)
Olá pessoal, tudo bem? Hoje trago para vocês a resenha do último lançamento da minha autora preferida Lucinda Riley, o livro é simplesmente fantástico, claro que eu não esperava menos, conhecendo o trabalho da Lucinda e sabendo do grande talento que ela tem para abordar a complexidade dos sentimentos humanos era certo que esse seria mais um livro na minha lista de favoritos.


Em "A árvores dos anjos" tudo começa com uma viagem de volta a um lugar onde Greta viveu, e acreditem, sofre muito. Ela não lembra do seu passado desde que sofreu um acidente terrível à 24 anos, e seria melhor que continua-se sem lembrar, mas quando David a convida para viajar com ele para passar as festas de final de ano no Solar Marchmont, o antigo lar de Greta, ele esperava que como sempre ela se nega-se, mas dessa vez foi diferente e Greta resolve acompanhar seu velho amigo David a esse lugar, o que ela não imagina é que lá vai se lembrar de todo os seu passado. Ao sair para caminhar na neve Greta encontra uma pequena lapide, e se surpreende ao ler o que está escrito nela, como se fosse um estalo ela começa a se lembrar de todo o seu passado, e vamos embarcar junto com a personagem em uma avalanche de lembranças em sua grande maioria nem um pouco boas.


Talvez lembrar seja algo doloroso, mas muitas vezes é necessário ter consciência do que passou para poder recomeçar, e é exatamente isso o que acontece com Greta, ao recordar todas as escolhas do passado com a ajuda de David, e também sentir novamente a dor pelos acontecimentos, o livro toma um rumo surpreendente e tenho certeza que todos que lerem vão se surpreender assim como eu me surpreendi.
O amor é uma coisa muito estranha, Cheska. Ele pode mudar sua vida, fazer você fazer coisas que, à luz do dia, você saberia que estavam erradas.
O livro nos mostra como nossas escolhas influenciam em nossa vida, e também que o amor muitas vezes nos sega e não nos permite ver as pessoas como elas realmente são. Nem sempre conseguimos ter discernimento para compreender o que está bem na nossa frente, a dor e as tragedias servem para o amadurecimento dos personagens.


Sem sombra de dúvidas esse livro é agora um dos meus preferidos da autora, tenho certeza que todos que colocarem ele na lista de leitura vão se encantar e concordar comigo quando digo que ele é simplesmente fantástico.

Me digam nos comentários se pretendem incluir "A árvore dos Anjos" na lista de leituras, e não esqueçam de comentar o que acharam da resenha. Beijos!!!

NOTA:

OUTROS LIVROS DA AUTORA RESENHADOS NO BLOG:

  
Lucinda Riley nasceu na Irlanda e durante sua infância viajou ao exterior, especialmente para o Extremo Oriente, para visitar seu pai. Mudando-se para Londres, tornou-se atriz e trabalhou em teatro, cinema e televisão. Aos 24 anos, escreveu seu primeiro romance, baseado em suas experiências com dramaturgia. Em seguida, escreveu sete romances com o pseudônimo "Lucinda Edmonds", que foram traduzidos para 14 idiomas. A autora atualmente vive entre Estados Unidos e França, com o marido e quatro filhos.

Comentários via Facebook

5 comentários:

  1. Janaína!
    A Lucinda Rile é também uma das melhores, se não a melhor autora na minha opinião.
    A forma como ela cria duas histórias em um livro apenas e no final consegue interligar aas duas histórias de forma crível, dando aqueles desfechos arrasadores, me deixa encantada.
    E não foi diferente nesse livro que claro, quero ler e que pude apreciar através de sua tão bela análise.
    Desejo um mês cheio de prosperidade e um final de semana abençoado!
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy,
      Realmente ela é fantástica!! Beijos!!

      Excluir
  2. Oi, Janaína,

    dramas não são o meu forte... Mas tô aqui tentando imaginar o drama da vida de Greta, afinal passar 24 anos sem se lembrar de nada deve dar um vazio angustiante. Mas se essas lembranças te fazem sofrer, talvez não seria melhor continuar com com esse vazio? Acredito que não tenha sido nada fácil lidar com essa enxurrada de novidades. Mas tenho certeza que a Lucinda, que tem uma escrita linda, deve ter transformado toda essa dor em uma história apaixonante.

    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriana Medeiros,
      Você está certíssima, a Lucinda como sempre conseguiu criar uma história que prende do começo ao fim.
      Obrigada pelo carinho! Beijos

      Excluir
  3. Olá!!
    Já li e reli A Casa Das Orquídeas da autora e super recomendo <3
    Não conhecia esse mas se tratando da Lucinda sei que vai ser incrível e que vai mexer com os meus sentimentos!

    adorei a resenha!!
    bjos

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!