Bienal do Livro: Melhor Lugar para Encontrar e Fazer Amigos

postado dia 03 setembro 2016


Sábado na Bienal do Livro foi o dia do encontro de Booktubers, e assim que eu cheguei fui encontrar a minha amiga Barbará Sá. Eu conheço a Bah desde 2009 por causa de Crepúsculo, no entanto só agora depois de 7 anos que conseguimos nos conhecer pessoalmente, e essa pessoa é ainda mais divertida pessoalmente. Isso sem falar no Léo e no Well que são colunistas no Segredos Entre Amigas, e também são pessoas maravilhosas e engraçadas.


Tinha muito booktuber na arena cultural, mas a primeira que eu avistei foi a Priscila Marques do Canal It, e dei um baita susto nela quando pulei nas suas costas sem ela me ver (hahaha).


Também encontrei a Tamirez do Resenhando Sonhos, ganhei o marcador divo do canal dela e queria ter conversado mais, no entanto já estava em cima da hora para pegar o autografo da Audrey.


Antes de ir para fila de autografo encontrei as fofas da Dani do Reticências Literária e a Claudinha do Caludinha Mil. Entre outra galera que fotografou com suas máquinas/celulares e eu acabei ficando sem a foto (hahaha). Mas preciso dizer o quanto essas pessoas são simpáticas pessoalmente, eu amei do fundo do meu coração encontra-las, mesmo que rapidinho.

Algumas eu acabei nem tirando foto porque pensei que teria uma semana inteira de bienal pela frente, e acabou que tive que voltar mais cedo para casa. Então espero ter outra oportunidade como esta o quanto antes.


Essa parte foi uma que me deixou decepcionada - novamente - com a organização da Bienal do Livro de SP. Muitas das pessoas que conheço e que estiveram na Bienal de SP em 2014, ficaram 'traumatizados' com a falta de organização, tumulto e corre corre por causa da presença de autores internacionais. No entanto, o fato das senhas serem distribuídas pela internet este ano deixou tudo bem melhor, só que não, as coisas ainda saíram um pouco do controle. Tudo bem que nem se compara a 2014, mas vou explicar.


A regra era que a autora iria autografar apenas um livro de cada pessoa e tirar uma foto com a maquina/celular de cada um. Aí na hora do autografo foi liberado autografar todos os livros da série de cada pessoa. Mas chegando na metade da fila perceberam que isso comprometeu o horário que a autora tinha para autografar nossos livros ali, e passaram a autografar apenas um livro de cada um, sem falar que a autora já nem posava mais para as fotos, tanto é que na minha eu e ela nem estamos olhando. Além disso a Audrey estava reclamando de dor na mão e nem escrevia mais nossos nomes, apenas colocava a assinatura dela. E convenhamos, nada disso teria acontecido se desde o começo a regra de um livro por pessoa tivesse sido válida. Conclusão, metade das pessoas ali saíram super satisfeitas por ter abraçado, conversado, fotografado e autografado todos os livros com a autora, mas outra metade saíram revoltada, sem ter nem uma foto direito com a Audrey. Eu mesmo tirei foto para algumas das meninas com a minha maquina pois a empresaria da Audrey tirou uns borrões com o celulares das meninas.



Tudo bem que depois a Audrey foi para o stand da Editora Record, mas eu não acho justo uma pessoa pegar a senha antecipadamente, enfrentar uma mega fila e depois enfrentar uma nova fila para poder enfim ter esse momento de forma mais decente. Eu sei que na sequência tinha outra autora para usar aquele espaço para autografar, mas o erro foi ali no inicio quando decidiram autografar todos os livros. O ideal era ter mantido a regra de um por pessoa e ai sim no stand da editora quem quisesse levar os outros livros aproveitariam a oportunidade.


E aqui está o meu livro autografado pela Audrey. Além disso saí da Bienal com vários outros mimos, marcadores, livros, ecobag, mas depois vou fazer um vídeo mostrando para vocês o saldo final, ok?


No domingo rolou um evento para os blogs parceiros da Editora Arqueiro/Sextante, e lá eu tive a oportunidade de encontrar minha amiga Joyce do Entre Páginas e Sonhos. Também conheço a Joyce a um bom tempo, e só agora tivemos a oportunidade de nos conhecermos pessoalmente. Pena que logo ela já tinha que ir embora e eu acabei voltando para Itapetininga, mas espero poder revê-la o quanto antes também.


A editora Arqueiro nos surpreendeu com a visita da autora Samanta Holtz, que autografou nossos livros e foi super atenciosa com cada um também. É um amor de pessoa e eu mal vejo a hora de começar a leitura do livro dela, sem falar que outros títulos da autora super estão na minha lista também.

No final do dia fomos para o encontro de parceiros da Editora Dark Side, que aconteceu em um barzinho chamado Gibi Cultura Geek, que fica na Rua Major Maragliano, 364, Vila Mariana.
A decoração do local é incrível e como não é um espaço muito grande, fica tudo bem mais aconchegante.


Foi bem divertido, e incrível conhecer o pessoal da editora pessoalmente pois até então só conhecia através dos e-mails e não fazia ideia quem era quem.
Comi um negócio que nunca tinha comido só escutado falar (hahaha) e adorei, que é a quesadilla. E a editora nos apresentou a revista Dark Side, que foi lançada essa terça-feira no stand do Submarino lá na Bienal do Livro de SP. Eu também volto em breve falando dela para vocês.

Como eu iria andar de metrô de noite e sozinha, fiquei com medo de levar minha câmera para o encontro, mas o celular quebrou um galho e eu também roubei algumas fotos da galera no facebook (hahaha).


Eu fiz um vlog desse final de semana de Bienal do Livro de SP e espero que vocês gostem, acho que é uma maneira de quem não pode ir se sentir um pouco dentro dessa maravilha que é este evento e uma maneira de quem passou por lá poder matar a saudades também.

Não esquece de curtir o vídeo, compartilhe com seus amigos e se inscreva no canal para receber todas as novidades.
Infelizmente meus planos de ficar em São Paulo até dia 05 de Setembro não deram muito certo, mas eu preciso dizer que foi tudo uma maravilha, eu amei os três dias de evento, as pessoas que encontrei, conheci e revi. Foi tudo muito perfeito e eu espero que outra oportunidade como essa não demore a chegar.
Alguém aí também foi na Bienal do Livro de SP 2016?? Me conta aí nos comentários como foi a experiência para vocês.
Acompanhe também através das redes sociais
TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR  G+
XOXO

Comentários via Facebook

19 comentários:

  1. Quero muito o vídeo com as coisas que você ganhou! Vou ficar esperando! rsrsrs Que dias maravilhosos você passou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha ... acho que vou gravar hoje, logo subo pro canal ;)

      Excluir
  2. eu nunca pude ir a bienal, mesmo morando no interior de SP... em 2014 eu estava terminando a faculdade e estava atolada, na do Rio 2015 eu novamente estava com problemas pessoais, agora estou com problemas pessoais, e não consegui me organizar... acho que eu tenho essa curiosidade, essa ilusão boa em torno do evento, conhecer pessoas, estantes, editoras e seus funcionários
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual lugar do Interior vc é?? Vê direitinho, qualquer coisa combinamos de ir juntas, eu tbm sou do interior de SP ;)

      xoxo

      Excluir
  3. O melhor lugar para conhecer pessoas com os mesmos gostos! Muito bacana isso <333
    Adorei as fotos, o blog, tudooo! <3

    www.generoproibido.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Uma das coisas legais nesse evento é o fato de que dá pra conhecer um monte de leitores, blogueiros e etc. Ver aquelas pessoas com as quais a gente só interage pela internet e poder surtar junto por lá deve ser bem legal xD
    Só que uma coisa que parece rolar muito também é isso da desorganização. É complicado...Filas enormes, desordem na hora de tirar foto e pedir os autógrafos...vi alguns falando daquele negócio com a Audrey também, que chato =/
    Mas apesar de tudo acho que os probleminhas não tiram a graça de poder participar, não é não? Tirar fotos com aquelas coisinhas dos livros, ver os autores que gosta, receber um autografo no livro que ama...ahh, é bom. Vale a pena todo o esforço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um máximo ver essa galera pessoalmente, é surtos e mais surtos <3
      Sempre tem uns stresses nesses eventos, e isso que rolou no da Audrey foi muito chato mesmo!! Espero que não aconteça de novo.
      Nada tira a graça da maravilha que é participar da Bienal, eu já estou ansiosa para as próximas <3

      Excluir
  5. Sou louca para ir na bienal, mas morando tão longe, fica complicado .

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Lindas fotos, ótimos momentos vividos. Infelizmente nesses grandes eventos, sempre tem algo que vem a decepcionar, mas faz parte. Parece que você aproveitou muito bem! Espero um dia poder ir a Bienal, mas no momento, morando no RS, fica inviável uma viagem e seus gastos. Obrigada por compartilhar. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, sempre rola essas coisa né!
      Faz um esforço, pega no começo do ano e começa a juntar uma graninha, vale a pena sim e muita gente vem do RS pra cá, o Léo, a Tamirez e a Joyce, que apareceram nesse post viera aí do seu estado ;)

      Excluir
  7. Eu queria muito ir na Bienal, e até estava planejando ano que vem quando descobri que é apenas de 2 em 2 anos em São Paulo... imagina a desilusão da pessoa em saber que só terá chance em 2018
    Quase todos os blogueiros que foram aos autógrafos da autora de A garota do Calendário reclamaram, esperava que o evento e as editoras estavam organizados, mas me enganei... Mesmo assim acho que vale a pena, ganhar os mimos e comprar livros com desconto (ou nem tanto) Quero muito ler Quando o Amor Bater a Sua porta, queria um autografo. Espero que possa fazer também muitas amizades quando for, queria muito conhecer você, a Barbara e a Tamirez, blogueiras que admiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta ir na do RJ ano que vem, eu vou tentar fazer esse esforço pq vale muito a pena, aí podemos nos encontrar quando vc for ;)
      Foi uma falta de consideração isso no autografo da Audrey, mas sempre rola esses stresses.
      Vale a pena sim, super recomendo, a sensação é inesquecível <3 E muito obrigado, eu tbm adoro a Bah e a Tamirez, são ótimas blogueiras e pessoas incríveis!

      Excluir
  8. Que lindaas!!!
    Fotos maravilhosas! Essa bienal foi só arraso heim!!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Amei as fotos!! Com certeza essa bienal foi maravilhosa!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Que pena que não deu muito certo o autografo da autora Audrey! A editora realmente pisou na bola com isso. Pelo menos você conseguiu o autógrafo da Samanta Holtz, que nem esperava, e encontrou amigos e blogueiros lá. E ainda teve esse encontro com o pessoal da DarkSide(que é minha editora favorita <3).

    ResponderExcluir
  11. Oi Thais, quantas recordações boas!
    Que delicia poder compartilhar esse momento especial ao lado de amigos, deve ser uma sensação maravilhosa compartilhar a paixão literária com pessoas que nos entendem haha
    Não consegui ir esse ano na Bienal, mas adorei acompanhar a empolgação da galera que foi. Vou fazer um planejamento rigoroso para poder ir na minha primeira Bienal ;)
    Adorei a decoração do barzinho onde teve o encontro dos parceiros da Dark Side, um show a parte, quantos itens incríveis!
    Beijos

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!