[Resenha] O Caderninho de Desafios de Dash e Lily - @galerarecord

postado dia 27 junho 2016

Titulo Original: Dash and Lily's Book of Dares
Autor: David Levithan e Rachel Cohn 
Editora: Galera Record
Ano: 2016
Páginas: 
256
Gênero: Ficção, jovem-adulto 

Comprar: Americanas; Submarino

O novo livro de David Levithan e Rachel Cohn que juntos escreveram Nick e Nora Uma noite de amor e música acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York. (SKOOB)

Dash é um jovem com pais divorciados que poderia ser como qualquer outro garoto de sua idade, se não fosse o fato de preferir os livros e quietude da solidão do que todos os clichês barulhentos que a vida adolescente demanda. Dash parece não gostar de muitas coisas, mas se tem uma coisa que realmente o incomoda, essa coisa é a época em que o mundo se transforma em verme e vermelho. Ele detesta o Natal e toda a festividade que envolve essa data comemorativa.
 
Lily é uma garota meiga que procura sempre extrair o melhor de todas as situações que a cercam. Sonhadora, a época do ano que ela mais ama é o Natal, período no qual se reúne com todos a quem ama para cozinhar grandes refeições e cantar canções tipicas da data. Mas nesse natal, as coisas parecem estar de cabeça para baixo na vida dela, e pela primeira vez ela se vê sozinha em seu momento preferido do ano, e é por isso que com a ajuda do irmão, ela prepara um moleskine cheio de desafios e deixa em uma de suas bibliotecas preferida na empolgante expectativa de encontrar alguém interessante.

Dash está passeando pelos corredores de sua biblioteca favorita, e talvez seu lugar favorito da cidade também, quando encontra um moleskine vermelho. Curioso para saber do que se trata e seguindo as instruções nele escritas, Dash vai descobrir um mundo de enigmas, com pistas que vão fazer seu lado nerd se contorcer de alegria. Determinado a prosseguir com o jogo, ao final das pistas, ele escreve novos desafios para o dono do moleskine antes de devolve-lo para a pessoa que garantira que o caderno chegue as mãos do destinatário.




A garota não esperava ter uma resposta, por isso quando encontra o caderninho com novos desafios, apesar do intermediário dizer a ela que o garoto que escreveu no caderninho parecer hostil, ela decide continuar com o jogo. Lily desvenda os desafios deixados pelo garoto misterioso, e assim eles começam a se comunicar. Sempre através de palavras, de desafios e intermediários.

O que começou como uma brincadeira, vai se tornando algo mais. Em meio as palavras, sentimentos vão sendo revelados e descobertos. Dash e Lily passam a se conhecer e de certa forma se conectarem mais e mais. A relação deles fica num vale entre o "conhecer" e o "não conhecer", visto que a pesar de se comunicarem, nunca se encontraram, e então que enquanto vão através de pequenas pistas tentando descobrir como o outro se parece, uma engraçada e excêntrica amizade vai crescendo entre os dois, podendo ou não desencadear em uma relação com algo a mais do que amizade. E no final, talvez, o maior desejo de natal de Lily - que era encontrar alguém com quem passar a data-, se realize.



Com uma escrita fluida, divertida e intrigantes os autores prendem o leitor da primeira a última página, fazendo com que eles fiquem ansiosos para os próximos desafios, e principalmente para que o primeiro encontro do casal aconteça.

Preciso dizer que logo de cara me apaixonei pelo Dash, o humor ácido dele, o sarcasmo, o fato de adorar fazer os desafios deles com elementos da cultura nerd é muito eu gente hahaha, impossível não me identificar e amar. Mas confesso que ele me conquistou mesmo quando declarou não gostar do Natal, porque quem me conhece sabe que eu odeio essa época do ano haha.

Apesar, do meu amor incondicional pelo Dash, todos os personagens do livro são construidos de uma forma muito cativante, então é muito difícil não gostar deles. E não é só os personagens principais não, porque o Boomer , amigo de Dash que é um personagem secundario também é uma graça.



Os autores usaram no livro aquele recurso que eu já cansei de dizer aqui que eu amo, que é a construção dos capítulos sob pontos de vistas alternados. E acho que nesse tipo de narrativa, esse recurso é fundamental, é incrível ver como cada uma das personagens vai construindo uma imagem da outra personagem só pelos desafios. Então é muito importante ver os dois pontos de vista.

Com doses certas de romance e diversão 'O Caderninho de Desafios de Dash e Lily' é um ótimo livro para quem precisa de uma leitura pra relaxar, então eu super recomendo e aconselho a quem não leu ainda, deixar para ler perto da época do Natal que eu acho que isso pode dar um toque ainda mais mágico a narrativa.


NOTA:

David Levithan (nascido em 07 de setembro de 1972, Short Hills, Nova Jersey) é um editor de ficção jovem americano adulto e autor premiado. Ele teve seu primeiro livro, Boy Meets Boy, publicado em 2003. Ele tem escrito inúmeras obras com personagens gays do sexo masculino, principalmente Boy Meets Boy e Nick and Norah's Infinite Playlist.
A verdade é que as coisas mais interessantes na minha vida tende a emanar de minha imaginação e, em seguida, aparecem nos livros - a vida real, nem tanto. Mas no interesse de Ye Olde Book Report, aqui é a informação básica. Nasci em 14 de dezembro de 1968 em Silver Spring, Maryland. Eu cresci na área de DC (Maryland suburbano), mas também passou os verões da minha infância em Massachusetts ocidental com os meus avós, então eu meio que sinto que estou a partir de dois lugares.A partir do momento que eu aprendi a ler e escrever que eu estava sempre tentando criar histórias. Eu cresci cercado por livros e pela família que eram educadores - o desejo eo incentivo para escrever veio rapidamente em minha casa.


Beijos, Anna (:

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Eu lendo a resenha e imaginando a empolgação que você deixou ao descrevendo o livro. Parece um livro muito empolgante até porque tem os desafios que o Dash e a Lily fazem, estou curiosa para ler esse livro e já o coloquei na minha lista de desejados, porém acho que vou seguir o seu conselho e só lê-lo perto do Natal.

    ResponderExcluir
  2. Oii

    Já conheço a escrita do Levithan e adoro o jeito como ele conta suas estórias. Recebi esse livro da editora, mas ainda não deu tempo de ler.
    Mas que bom que já vou iniciar essa leitura com uma boa impressão!

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!