Titulo Original: The Heir
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Série: Livro 4
Ano: 2015
Páginas: 392
Gênero: Romance, Literatura Infanto-juvenil 



Sinopse: Vinte anos atrás, America Singer participou da Seleção e conquistou o coração do príncipe Maxon. Agora chegou a vez da princesa Eadlyn, filha do casal. Prestes a conhecer os trinta e cinco pretendentes que irão disputar sua mão numa nova Seleção, ela não tem esperanças de viver um conto de fadas como o de seus pais… Mas assim que a competição começa, ela percebe que encontrar seu príncipe encantado talvez não seja tão impossível quanto parecia. (SKOOB)

Desde que li o primeiro livro da série 'A Seleção', da Kiera Cass, fiquei dependente dos próximos livros e contos que complementavam a história. Qualquer novidade que saía me deixava eufórica, e quando o ultimo livro foi lançado eu fiquei muito triste e feliz ao mesmo tempo. Feliz porque iria saber quem seria a escolhida do príncipe e triste por causa do fim da série. No entanto o livro 'A Herdeira' foi anunciado, e meu coração se encheu novamente de euforia, comprei o livro na pré-venda. Mas bastou dar inicio a leitura para meu mundo desmoronar totalmente.


Eu insisti, mas vi que o enredo não iria fluir, pelo menos não naquele momento. A protagonista era um porre, uma garota mimada, totalmente o oposto de America. Desisti, abandonei a leitura, percebi que não era o momento para eu lê-lo, pois o sabor de 'A Seleção' ainda estava no meu paladar. E só agora, algum tempo depois, que me dei conta, Eadlyn não é America, os personagens tinham mesmo que ser diferentes, afinal de contas a princesa nasceu e foi criada em berço de ouro, sabendo que era poderosa.

Como já dizia a famosa frase de 'O Homem Aranha': "Grandes poderes trazem grandes responsabilidades", em 'A Herdeira' temos mais do que uma garota acostumada a ter tudo o que quer, temos a futura rainha de Ilea, a responsável por governar um país. Mesmo sabendo que a seleção não era algo obrigatório, Eadlyn fez isso por saber de suas responsabilidades. Na opinião dela um homem não a fará mais forte ou poderosa do que já é, além do mais o seus pais precisavam da ajuda dela.


Com um acordo de só se casar se realmente se apaixonar por algum dos trinta e cinco garotos, uma nova seleção é iniciada. Dessa vez com uma garota no comando, e Eadlyn não está nada disposta a facilitar isso para os rapazes. Principalmente depois de saber que seu amigo de infância, Kile, teve a audácia de se inscrever e ser um dos selecionados. Só o que a princesa não contava era que isso lhe aproximasse mais de seu amigo e que a ajuda dele fosse muito util durante todo esse processo, do qual ela acabou se envolvendo mais do que queria.

Juro que eu me arrependi totalmente de não ter insistido mais em 'A Herdeira' na primeira vez em que peguei o livro para ler. A escrita de Kiera continua maravilhosa, fluindo com muita facilidade, de uma certa forma que a leitura acabou sem ao menos eu me dar conta, e com uma bomba relógio prestes a explodir em nossas mãos.


Eu já estou mega ansiosa para ler o próximo livro, que recebeu o titulo de 'A Coroa'. Só espero que o que estar por vir não seja algo ruim, pois volto a dizer, o final do livro deixou um grande ponto de interrogação no ar. E nossos corações na mão!

Para concluir, quero dizer que me dei conta de o porque Eadlyn ser do jeito que é, afinal de contas ela é filha do rei e da rainha, nasceu em um palácio, sabendo que seria a responsável pelo país dentro de alguns anos. No entanto, tenho esperanças de que ela evolua ainda mais nos próximos capítulos!
Por isso se você ainda não deu uma chance sincera a este livro, recomendo que faça isso o mais rápido possível, ele com certeza é tão viciante quanto os outros livros da série 'A seleção'.


NOTA: 

Quando terminou o ensino médio, sua ambição era o teatro, e foi para Coastal Carolina University, se formando em Teatro Musical. Depois foi para Radford University e mudou para Música. Então Comunicação. Em seguida, História. Acabou estabelecendo-se em História, mas mudou-se para Blacksburg, casou teve filhos. Depois disso, tornou-se dona de casa para ficar em casa com os filhos. Em 2007, abalada por uma tragédia local, tentou um monte de coisas para se recompor, resultando em se sentar para escrever uma história onde o seu personagem teve que lidar com seus problemas. Escrever lhe ajudou a lidar com todas as coisas que estava sentindo. Acabou por não terminar essa história, porque começou a escrever The Siren. Depois de adquirido o hábito de escrever, teve muitas idéias, incluindo The Selection e um punhado de outras que estão esperando sua vez. Atualmente vive em Blacksburg, VA, com seu marido e filhos.

Comentários via Facebook

1 comentários:

  1. Eu gosto muito dessa saga, tive também um pouco de dificuldade de ler A Herdeira, porém insistir, pois até o momento não deixei de ler nenhum dos livros que adquiro, nem que seja para finalizar. Kiera Cass é ótima e, embora tenha todos os livros da Seleção, ainda não li a Sereia, talvez vocês pudessem falar um pouco desse livro para nós.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!