[Resenha] A Árvore da Mentira - @NovoSeculo

postado dia 06 maio 2016

Titulo Original: The Lie Tree
Autora: Frances Hardinge
Páginas: 304
Editora: Novo Século
Ano: 2016
Comprar: Americanas, Submarino, Casas Bahia

Sinopse: A MENTIRA TEM SEUS FRUTOS. E QUASE NUNCA SÃO DOCES.
Na inóspita ilha inglesa de Vane, em pleno século XIX, os Sunderlys desembarcam, atraindo atenções e suspeitas.
Quando o reverendo Erasmus, patriarca da família e proeminente estudioso de ciências naturais, é encontrado morto em circunstâncias obscuras, sua fi lha, a jovem e impetuosa Faith, está determinada a desvendar o mistério. Para isso, precisará de coragem não apenas para confrontar dolorosos segredos mas também para desafiar as implacáveis tradições da sociedade em que vive.
Investigando os pertences do pai em busca de pistas, ela descobre uma planta estranha. Uma árvore que se alimenta de mentiras sussurradas e dá frutos que revelam verdades ocultas.
Quando a espiral das sedutoras mentiras de Faith fica fora de controle, ela compreende que as verdades estilhaçam muito mais.
Combinação de horror, romance policial e realismo fantástico, esta arrepiante história da premiada escritora britânica Frances
Hardinge, autora de "Canção do Cuco", promete arrebatá-lo do começo ao fim.

Imagina um livro que te rouba a atenção antes mesmo do lançamento, foi mais ou menos isso o que aconteceu comigo. Eu estava mega ansiosa para começar a ler este e com altas expectativas.  Faz pouco tempo que descobri que gosto do gênero de terror/suspense, então tudo o que posso ler desse tipo, eu estou pegando.

Bom, mas sem delongas, vamos a resenha. "A árvore da mentira" é daqueles livros que começa de modo intrigante. Faith e sua família estão num barco, indo em direção a ilha inglesa de Vena, de inicio não sabemos bem o porque, até que seu irmão pergunta a mãe porque estão ali e ela diz apenas que é um lugar que possui muitas cavernas, plantas e fosseis importantes que vários homens tem descoberto e seu marido que é perito no assunto, foi chamado para pesquisa-las.

Uma resposta bastante convincente para uma criança na minha opinião e até para nós leitores, se não soubéssemos que tem um motivo por trás, tal qual vamos descobrir lendo mais alguns capítulos.


Ao chegarem na casa nova, Faith como sempre, fica com o pior quarto, ao lado da escadas onde os empregados sobem e descem o tempo todo e seu pai vai para torre, onde fica por horas. A resposta que sua mãe da para ela é que ele está fazendo pesquisas. Entretanto, Faith não sossega até descobrir o que é que tem lá.

Coisas um pouco estranhas começam a acontecer depois disso e de um dia para o outro, seu pai aparece morto. Ninguém sabe porque ou por quem, mas claramente há um segredo nisso tudo.

Faith não para de pensar no que aconteceu e faz de tudo para descobrir porque aquilo aconteceu com seu pai, que na noite anterior tinha pedido uma ajuda a ela para pesquisar a tal planta que ele encontrou a descreve como a Planta do Embuste e mais segredos estão vir.


"Ouvi falar pela primeira vez da famosa Árvore do Embuste numa visita ao sul da China em 1860. (...) A Árvore, dizia-se, assemelhava-se a uma trepadeira, mas teria frutos cítricos possuidores de extraordinárias propriedades. A planta gostava de sombra ou meia-luz, e somente daria flores e frutos se alimentadas com mentiras. (...) Quando perguntei como uma planta poderia "alimentar-se" de mentiras, ele disse que a falsidade tinha que ser sussurrada à árvore, para então circular amplamente. Quanto maior fosse a mentira, e maior o número de pessoas que nela acreditasse, maior seria o fruto. Se alguém consumisse esse fruto, ganharia conhecimento do tipo mais secreto, e sobre questão de profundo interesse."

Esse foi o primeiro livro que li da autora  Frances Hardinge, a Ana já havia feito resenha de um dos livros (Canção do Cuco) dela publicados pela Novo Século ano passado falando muito bem dele e eu tinha ficado bastante curiosa e quando li a sinopse desse e só pensava "Preciso ler esse livro".

E como falei o inicio minhas expectativas estavam altíssimas, mas devo confessar que para mim foi um pouco complicado entrar no ritmo da leitura, pelo menos nos primeiros capítulos.

O livro não é nada parecido com qualquer outro que já tenha lido do gênero e isso foi o que mais me prendeu na leitura, depois que finalmente enganchei nela, se tornando algo agradável e ao mesmo tempo surpreendente. E sim, todas as minhas expectativas foram supridas.


A escrita da autora é maravilhosamente rica, ela nos apresenta cenários incríveis, personagens bem construídos e uma trama totalmente original. Um dos personagens que mais gostei, foi, inevitavelmente, a Faith, pois apesar de ser uma menina de apenas 14 anos ela não descansa até descobrir todo o mistério que é a chave principal do livro.

"A árvore da mentira" é um livro ótimo! Recomendo bastante para quem gosta do gênero de terror/mistério e mesmo não tendo tantas cenas assustadoras assim, as que realmente foram, me deixaram com muito medo, mas vale a pena deixar esse medo de lado e mergulhar nas páginas desse livro.

NOTA:



Frances Hardinge é uma escritora de chapéu preto. Rumores dizem que ela é totalmente feita de veludo. Fontes confiáveis - que preferiram não se identificar - afirmam que ela tem uma irmã gêmea do mal que se veste de branco (mas não usa chapéu). Tais informações não puderam ser apuradas.Frances nasceu em Kent, Inglaterra, onde o vento uivava, e sempre gostou de histórias sombrias. Ganhou notoriedade com a obra juvenil "Fly by Night", traduzida para mais de 15 idiomas e vencedor do Branford Boase Award 2006.Seu mais recente trabalho, "Canção do Cuco", publicado no Brasil pela editora Novo Século, foi escolhido como um dos 100 melhores clássicos infantis modernos pelo Sunday Times e listado pelo CILIP Carnegie Medal.

Comentários via Facebook

8 comentários:

  1. Esse livro! Fiquei louca pra saber porque tanta gente estava surtando com o lançamento e só vi resenha boa. Que bom ver mais uma! É sinal de que vale a pena. Não leio muitos assim, não é um gênero que pego com muita frequência mas amei a sinopse e a história parece ser muito boa. Adorei e quero ler *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente muito boa e o melhor, original. Nada daquele terror que estamos acostumados, rs.
      Leia sim :)

      Bjs!

      Excluir
  2. Oii Fernanda!
    Adorei a forma q vc apresentou o livro.
    Eu adorei a sinopse desse livro gte, esse livro deveria ficar na cabeceira pra se ler diariamente...Que lindo!
    Qro mtooo conferir td com mais detalhes!
    Adorei!! Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline!
      Esse livro é maravilhoso! É um prato cheio para quem curte livros de suspense. Vale muito a pena ler.

      Bjs!

      Excluir
  3. Fiquei muito curiosa com esse livro, quero pra já saber o que aconteceu com o pai da Faith e como termina está estória. Espero gostar do livro assim como você gostou!

    ResponderExcluir
  4. Oi Viviane!
    Acontecem muitas coisas e acredite elas são inesperadas. Me surpreendeu bastante :)
    Tomara que goste!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Viviane!
    Acontecem muitas coisas e acredite elas são inesperadas. Me surpreendeu bastante :)
    Tomara que goste!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não li nada da autora, e para falar a verdade só estou conhecendo esse livro dela agora hehehe O outro já estava nos meus desejados e esse passou a estar tbm. Gosto muito quando um autor tem essa escrita rica e a capacidade de prender a atenção do leitor.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!