[Filmes] Meu top 10 de comédias românticas favoritas

postado dia 08 junho 2015


Luz, câmera, ação! Não me lembro se já falei aqui que sou uma pessoa completamente louca por filmes, não somente filmes mas todo o universo do cinema, desde quando começa a produção, roteiro, cenário, tudo, é simplesmente fascinante pra mim. Se pudesse e se não fosse tão difícil viver disso, com certeza a minha escolha para faculdade seria cinema. Vou de curtas á longas, de filmes clássicos aos mais atuais e não consigo escolher um gênero preferido (Sim, eu gosto de filmes de ação, de luta e pancadaria), mas como todo mundo, eu tenho alguns filmes que gosto mais é isso que vim compartilhar um pouco com vocês, falar um pouco dos meus dez filmes de romance preferidos.


A VERDADE NUA E CRUA - Abby Richter é produtora de um programa de televisão competente e conservadora. Com os indíces de audiência caindo, seu chefe tem a ideia de contratar da concorrência Mike Chadway do programa "A Verdade Nua e Crua". Assim, de um hora para outra, a controladora e eterna romântica Abby se vê obrigada a aceitar como colaborador um cara machista, grosseiro e "especialista" em revelar o que - realmente - atrai os homens nas mulheres. Com as relações amorosas em baixa, ela recorre aos "serviços do consultor" para conquistar o vizinho e o resultado obtido acabou sendo além do esperado.

Está ai o filme que conseguiu fazer com que eu chorasse de tanto rir e suspirasse sem parar pelas cenas de romance, também o filme que fez eu me apaixonar completamente pelo Gerard Butler (Sério gente, esse homem nesse filme... sem comentários). O que mais eu posso falar? Assisti há pouco tempo e já virou um dos meus favoritos.


AMIZADE COLORIDA - Jamie é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial a deixar seu emprego em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Ele aceita a proposta e logo os dois se tornam bons amigos. Um dia, após assistir um filme na casa dela, surge o papo do quanto a carência sexual incomoda ambos. Eles fazem um pacto de que terão apenas sexo, sem qualquer envolvimento emocional. Só que, aos poucos, a intimidade faz com que eles se tornem cada vez mais próximos e interessados um no outro.

Porque esse é um dos filmes mais fofos que já vi na vida, tive que menciona-lo aqui. E já quero assistir de novo...


DOCE LAR - Decidida a fugir de Jake, seu marido, Melanie  deixa o Alabama e passa a viver secretamente em Nova York. Lá ela conhece Andrew, filho da atual prefeita Kate Hennings, com quem começa a namorar. Tudo corre bem na vida de Melanie, até que Andrew decide pedi-la em casamento. Ela aceita o pedido, mas precisa retornar ao Alabama o mais rápido possível para conseguir o divórcio com seu atual marido. Mas ao voltar Melanie precisará mais uma vez confrontar seu passado, do qual buscava tanto fugir.

Filme de romance com uma pegada country? É comigo mesmo! Sabe aquele filme que por mais que você assista diversas vezes, todas as vezes que você for assistir termina com um sorriso no rosto porque o casal principal fica junto? "Doce Lar" é um filme assim e vale muito a pena assistir. #FicaADica.


O AMOR NÃO TIRA FÉRIAS - Iris Simpkins (Kate Winslet) escreve uma coluna sobre casamento bastante conhecida no Daily Telegraph, de Londres. Ela está apaixonada por Jasper (Rufus Sewell), mas logo descobre que ele está prestes a se casar com outra. Bem longe dali, em Los Angeles, está Amanda Woods (Cameron Diaz), dona de uma próspera agência de publicidade especializada na produção de trailers de filmes. Após descobrir que seu namorado, Ethan (Edward Burns), não tem sido fiel, Amanda encontra na internet um site especializado em intercâmbio de casas. Ela e Iris entram em contato e combinam a troca. Logo a mudança trará reflexos na vida amorosa de ambas, com Iris conhecendo Miles (Jack Black), um compositor de cinema, e Amanda se envolvendo com Graham (Jude Law), irmão de Iris.

Novamente, quando penso nesse filme, apenas uma cena me vem a cabeça, Jude Law chorando no final. Muito surto! Muito ship! Muito amor! (Assim meu pobre coração não aguenta)


NUNCA FUI BEIJADA - Josie Geller (Drew Barrymore) tem apenas 25 anos, mas já é uma das editoras do Chicago Sun Times. Ela é boa no seu trabalho, e Rigfort (Garry Marshall), o proprietário do jornal, quer que ela se disfarce de estudante e faça uma reportagem investigativa sobre o que acontece no meio estudantil. Inicialmente, fica animada, mas ao se lembrar de como era impopular na sua época de colégio, tanto que era chamada de Josie Nojenta, fica preocupada sobre como se infiltrará entre os estudantes, pois se sua técnica não der certo provavelmente será despedida. E tudo caminha para este desfecho, pois tirando Aldys (Leelee Sobieski), uma aluna, e Sam Coulson (Michael Vartan), um professor, parece que ninguém lhe dá atenção. Josie precisa bolar um plano rapidamente, pois está sendo pressionada no jornal e seu tempo para entregar a matéria está acabando.

Quem dera se eu fosse uma jornalista formada que vai para uma escola de ensino médio disfarçada para estudar o comportamento dos adolescentes da época e conhecesse um professor desse pelo qual me apaixonaria perdidamente...


ENQUANTO VOCÊ DORMIA - Uma solitária funcionária (Sandra Bullock) do metrô de Chicago tem fantasias sobre um passageiro habitual (Peter Gallagher) que nunca falou com ela. Um dia ele é assaltado e jogado nos trilhos do metrô. Ela o salva, mas ele fica em coma e quando ela vai visitá-lo no hospital acaba sendo confundida como a noiva da vítima. Se a situação se complica por um lado por outro ela passa a ter novamente uma família para cuidar dela, algo que não sentia há muito tempo, e ao mesmo tempo começa a se apaixonar pelo irmão da vítima (Bill Pullman).

Ah! "Enquanto você dormia", esse é daqueles filmes que faz a gente ter vontade de viver cada cena, sendo ela romântica ou não. Um filme, bobo, romântico, clichê... Mas o que seria da vida sem os seus clichês, certo? Porque filmes assim são os melhores. (Jack, casa comigo? ♥ )


10 COISAS QUE EU ODEIO EM VOCÊ - A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai toma uma resolução: Bianca pode namorar, desde que sua irmã, Katharina (Julia Stiles), namore também. Só que Katharina é uma verdadeira megera, que não tem amigos na escola nem em lugar algum. Para resolver a questão, Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verona (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada.

"You're just too good to be true. Can't keep my eyes off you. You feel like heaven to touch. I wanna hold you so much. At long last love has arrived. And I thank God I'm alive. You're just too good to be true. Can't take my eyes off you"

Toda vez que falo de "10 Coisas que odeio em você" me lembro da cena do Heath Ledger cantando "Can't take my eyes off you" e a única coisa que eu faço é suspirar, porque ter esse homem cantando essa música para você não tem preço! Essa é simplesmente um dos melhores filmes que foram inspirados em livros, no caso deste é "A Megera Domada" de Shakespeare. Está ai um filme que nunca me cansarei de assistir.


MUITO BEM ACOMPANHADA - Há 2 anos atrás Kat Ellis (Debra Messing) foi abandonada no altar. Agora sua irmã, Amy (Amy Adams), está prestes a se casar e terá como padrinho de casamento justamente seu ex-noivo. Decidida a demonstrar ter superado o abandono, Kat contrata Nick Mercer (Dermot Mulroney) como seu acompanhante no casamento. O que Kat não esperava era que Nick conquistasse a simpatia de sua família, demonstrando ser um genro perfeito e objeto de desejo de qualquer mulher. Aos poucos ela nota que a relação que possui com Nick, que era para ser de fachada, torna-se cada vez mais séria.

Qual a garota que nunca sonhou com uma vida amorosa perfeita e encontrar seu príncipe encantado? Esse filme é dos meus queridinhos! E eu não seu vocês, mas se eu tiver que fingir ter um relacionamento com alguém ou até pagar por isso (espero que nunca, rs), que seja com um homem desses. Porque, né? Acho que não preciso dizer mais nada. Assistam!


DIRTY DANCING - Em 1963, Frances Houseman (Jennifer Grey), ou "Baby", como é chamada pela família, uma jovem de 17 anos, viajou com seus pais, Marjorie (Kelly Bishop) e Jake Houseman (Jerry Orbach) e sua irmã Lisa (Jane Brucker) para um resort em Catskills. Ao contrário de Lisa, que pensa em roupas, Frances é idealista e quer estar no próximo verão no Corpo da Paz estudando a economia dos países do Terceiro Mundo. Assim, ela espera que este seja o último verão como uma adolescente despreocupada, mas Baby não se dá muito bem com sua irmã mais velha e está entediada em tentar distrair os hospedes mais velhos (foi envolvida nesta situação por seu pai). Até que numa noite Baby ouve algo que parece ser um som de festa no alojamento dos funcionários (que os hospedes não podem ter acesso). Ela consegue entrar na festa graças a um empregado e descobre que ali o pessoal realmente se diverte com danças, que Max Kellerman (Jack Weston), o dono do hotel, não permite. Baby chega a dançar com Johnny Castle (Patrick Swayze), um professor de dança, e logo fica apaixonada por ele. Quando Penny Johnson (Cynthia Rhodes), a parceira de dança de Johnny, fica grávida por ter se envolvido com Robbie Gould (Max Cantor), um dos garçons, Baby se oferece para aprender a dançar e substituir Penny, mas o pai de Baby, quando descobre, não gosta disto, pois considera que Johnny é de outra classe social e Baby é jovem demais para entender seus sentimentos.

O que falar de um filme que você assiste desde que era criança e hoje ocupa um lugarzinho muito especial no seu coração? Para mim é impossível falar desse filme e não surtar completamente, quero fazer aulas de dança só pra poder aprender os passos da dança final de "Dirty Dancing"!


UMA LINDA MULHER - Magnata perdido (Richard Gere) pede ajuda uma prostituta (Julia Roberts) que "trabalha" no Hollywood Boulevard e acaba contratando-a por uma semana. Neste período ela se transforma em uma elegante jovem para poder acompanhá-lo em seus compromissos sociais, mas os dois começam a se envolver e a relação patrão/empregado se modifica para um relacionamento entre homem e mulher

Não da para falar de filmes de romance e não mencionar este clássico, que também é um dos melhores filmes que já vi na vida. Richard Gere e Julia Roberts são um dos melhores casas da história de filmes de romance! É muito amor envolvido <3

E ai, qual são os filmes favoritos de romance de vocês? 
Deixem ai nos comentários! 

P.S.: A minha intenção era fazer comentários legais sobre os filmes, mas já viram que foi quase impossível, né? É muito surto pra uma pessoa só, vida de fangirl não é fácil! Hahaha. 

Beijos, 
Fernanda Gonçalves :)

Comentários via Facebook

6 comentários:

  1. Dessa lista eu só não vi Amizade colorida, tem alguns ae que eu gosto muito e queria veria de novo <3
    gostei da sua lista *---*
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim, mais eu gosto de assistir filmes, especialmente aqui http://filmesonlinegratis.club/

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu já ouvi falar de alguns filmes citados e já vi outros na sessão de Populares na Netflix. Eu vou tirar um dia parar assistir Amizade colorida kkkkk e eu sou como você, adoro qualquer tipo de filme, mas dá preferencia para os de "pancadaria" kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Lista bem legal. Eu não assisti a todos, mas os que vi, da lista, adorei. 10 Coisas Que Eu Odeio em Você e Dirty Dancing são inesquecíveis. E Amizade Coloria tem a linda da Mila Kunis. <3

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro o filme O Amor não Tira Férias e Dirty Dancing, mas acho que esse último não se encaixa na definição de comédia romântica :/

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  5. Ola, tudo bem??

    Bom, primeiramente eu gostaria de começar falando que eu amo o seu blog, a sua escrita, o layout... Enfim, tudo aqui ❤️
    Vou falar primeiro dos filmes que eu ainda não assisti da sua lista. Só faltou "a verdade nau e crua" que eu já anotei pra dar algumas risadas... E "nunca fui beijada". Deixa eu te contar, a minha mãe tem uma locadora, então eu me divurto no meio de mais de 6 mil filmes, é incrível! E assim com você, os romances são os meus preferidos, mesmo eu gostando de tudo (só não gosto muito de terror, suspense até vai...). Sou apaixonada por todos os títulos que você mencionou, "o amor não tira férias", gente, que ideia genial é aquela de mudar de casa!? Preciso disso aqui!! "Uma linda mulher", quem nunca quis se sentir como ela gastando horrores e sem se preocupar com o valor? Sem falar naquela parte do final quando aparece uma frase muito linda (algo sobre depois que ele sobe na torre e salva a princesa oq acontece? E ela responde que ela o salva outra vez ❤️). Bom, vou parar de comentar, se não eu vou ficar horas e horas aqui falando sobre romances e casais lindos que andam sempre nos iludindo com suas histórias!

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!