Título original: Ruby Sparks
Ano: 2012
Direção: Jonathan Dayton, Valerie Faris
Gênero: Comédia, Fantasia, Romance
Duração: 104 minutos
Elenco: Paul Dano, Zoe Kazan



Sinopse: Calvin (Paul Dano) é um jovem e talentoso romancista que passa por um "bloqueio criativo" devido à solidão de seus dias e acaba decidindo criar uma musa imaginária que seja capaz de amá-lo. A trama se complica quando, misteriosamente, sua criação, Ruby (Zoe Kazan), ganha vida.                                                                                                                                                  
Calvin é um romancista tímido e muito inteligente que faz visitas frequentes ao terapeuta por conta de um bloqueio que o está impossibilitando de produzir seu novo livro. Lá, ele recebe tarefas, como por exemplo ter um cachorro, à fim de que as pessoas se aproximem e assim ele conseguir ser mais social e comunicativo. É quando uma nova tarefa é proposta: escrever sobre alguém, criar um novo personagem.


Então ele começa, aos poucos, a escrever sobre uma garota com quem tem sonhado. E aos poucos vai se encantando cada vez mais, conforme cria seu passado, sua personalidade e seus sonhos. E vai escrevendo mais e mais só para estar em contato com ela.
Até que um dia, depois de vários outros que passou encontrando objetos e pertences femininos espalhados aleatoriamente por seu apartamento, Calvin acorda e lá está ela: sua musa inspiradora, sua personagem, a namorada que ele sempre quis; Ruby Sparks.


As cenas que se sucedem são as mais hilárias possíveis. Calvin foge, se esconde embaixo da mesa, liga desesperadamente para o terapeuta, afirmando estar completamente louco, enquanto tenta fazer Ruby não perceber que está surtando, pois ela não sabe que é fruto de sua imaginação e o escritor insiste em não querer magoar sua tão querida personagem.
Depois de muita insistência, fugas, testes e surpresas, Calvin acaba finalmente percebendo e aceitando que ele havia, literalmente, dado vida aquela garota e se permite amá-la como sempre desejou.


No entanto, problemas e divergências começam a aparecer na relação do casal, cada vez mais frequentemente, pois Ruby era mais do que apenas uma personagem confusa e encantadora que existia para suprir o vazio de quem a criou. Ela era uma mulher, de atitude, personalidade e complexidade, como todos os seres humanos são. Uma mulher com suas próprias vontades e desejos, que a todo momento, mesmo que inconscientemente, fugia da mente de Calvin e suas limitações masculinas, forçando-o a enxergar a realidade de desgaste e rejeição.


Só que o escritor, romântico, cheio de imaginação e expectativas, não está pronto ainda para encarar a dura e assustadora realidade e se nega a enxergar os problemas e as vontades de sua namorada. E tomando coragem, resolve apelar para medidas drásticas: volta a escrever sobre Ruby, alterando seu humor e personalidade conforme sua própria vontade.

Vocês já podem imaginar o problemão que isso dá, não é? Pra ter certeza de que suas expectativas correspondem aos fatos, só assistindo até o fim! rs
Não esqueçam de comentar.

Beijinhos, 
Gabri.

Comentários via Facebook

10 comentários:

  1. Ain eu amo esse filme, é tão lindinho <3
    adorei o post!

    beijo,
    http://guerradealmofada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Eu adorei também, achei um amorzinho!
      Obrigadaaaa ^~^

      Beijinhos.

      Excluir
  2. Oii!
    Gosto tanto desse filmes, já assisti várias vezes e não me canso. Uma recomendação para todo mundo.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie.
      Gostei muitão também, é um que sempre farei questão de recomendar!

      Obrigada pelo comentário.
      Beijinhos.

      Excluir
  3. Este é um filme que eu e meu namorado iriamos assistir! É tão 500 dias com Summer

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu tivesse um namorado, com certeza o faria assistir esse filme comigo rs

      Obrigada por comentar!
      Beijinhos.

      Excluir
  4. Nunca desejei tanto que um filme se torna-se livro após assistir esse filme. Não consigo acreditar que é um simples roteiro e não baseado em alguma obra literária. Um filme perfeito para ver com quem gente ama.

    http://naestantedeumgaroto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, eu também! Na verdade até estava achando que era uma adaptação, depois que descobri que não fiquei ainda mais impressionada. O roteiro é bem consistente, não é? Me encantei.

      Obrigada pelo comentário.
      Beijinhos.

      Excluir
  5. aaaah, esse filme é muito amor, um dos meus favoritos, e ainda sobre um escritor, como não amar <3 a história é simples, mas de certa forma genial. já a fiz até resenha no blog sobre. amo o Calvin e amo a Ruby <3
    bjss
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmmm, uma graciiiinha k
      Eu me encantei totalmente, os minutos passaram muito rápido e no final eu fiquei querendo mais, não como se faltasse algo, só querendo mais mesmo, de um jeito bom...

      Obrigada por comentar!
      Beijinhos.

      Excluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!