[Resenha] Doce Entrega - Editora @NovoSeculo

postado dia 24 abril 2015

Titulo Original: Sweet Surrender
Série: Sweet Livro 1
Autora: Maya Banks
Editora: Novo Século
Gênero: Romance erótico
Páginas: 352
Comprar: Saraiva, Casas Bahia, Fnac, Livraria Cultura

O policial Gray Montgomery tem uma missão: achar o homem que matou seu parceiro e fazer justiça. Ele, então, encontra uma ligação entre o assassino e Faith – e se Gray precisa se aproximar dela para pegar o assassino, que seja. Faith é doce e feminina, tudo o que Gray deseja em uma mulher. Porém, ele suspeita que ela o está enganando. Quanto a Faith, sem chance de ela permitir que um homem mande na relação. Ou será que há?
Faith vê em Gray o homem forte e dominante de que precisa, mas ele está determinado a não sentir nada por ela. No entanto, ela está determinada a se entregar ao homem certo, e Gray pode ser esse homem. Mas encontrar o criminoso é a prioridade de Gray – até Faith ser ameaçada e ele perceber que fará qualquer coisa para protegê-la. (SKOOB)
Sempre gostei bastante de romances adultos, para mim a leitura deles sempre fluiu com mais facilidade do que com outros tipos de romance, por exemplo. Porém, não são todos os romances desse tipo que chamam minha atenção. Por isso não sabia muito bem o que esperar quando peguei "Doce entrega" para ler, mesmo conhecendo a historia e com uma amiga falando que o livro é muito bom. Sempre ouvi falar que os livros da Maya eram bem pesados e essa é uma das razão de a autora ser bem conhecida.

O livro é narrado em terceira pessoa e conta a historia de Faith e Gray. Gray é um policial que está investigando disfarçadamente o assassinato de seu parceiro, que foi morto há um ano atrás e para isso ele vai para Huoston, no Texas.

Faith, é uma mulher bonita, independente, mora sozinha e trabalha na Malone's. Ela teve uma vida bastante sofrida quando era mais jovem e há poucos anos foi adotada por Pop Malone, um ex-namorado de sua mãe, que só ficou nesse relacionamento por causa de sua filha.



Quando chega em Houston, Gray conta para todos que está dando um tempo na profissão de policial, por seu parceiro ter sido assassinado e ainda não tinha decidido se voltaria ou não a exercer a profissão. O homem que Gray esta procurando para colocar atrás das grades é Samuels, e ele pode estar envolvido com a mãe de Faith atualmente, pois eles já tiveram um relacionamento antes.

Achando que Faith pode ter alguma pista de onde sua mãe pode estar, ou que pode ser procurada por ela ao longo desse tempo, Gray não hesita em se aproximar dela e grampear todos os seus telefones para que consiga achar algo.









































Faith é uma mulher bastante decidida e sabe muito bem o que quer de um homem, ela acaba de sair de um relacionamento por isso e logo depois conhece Gray e acha que ele pode ser esse homem que ela tanto deseja, um homem que a domine, tanto na cama quanto fora dela.

Não vou entrar em muitos detalhes sobre a história, pois não da para fazer isso sem soltar algum spoiler. Só posso dizer que gostei bastante da história e acabei me surpreendendo.














































"Doce entrega" é o primeiro livro que leio da Maya Banks, também o primeiro livro da série "Sweet" que está sendo publicada pela Editora Novo Século aqui no Brasil e eu fui seduzida desde o inicio pelos personagens e a escrita dessa autora, que é maravilhosa. E sinceramente falando foi uma das coisas que mais gostei no livro, pois a maioria desses romances adultos contem uma linguagem meio chula e eu particularmente não curto muito. Ele é romântico e quando chegamos nas partes mais "hot" do livro, já estamos tão entretidos com a história que elas deixam de ser chocantes (Sim, o livro tem uma pegada mais para o lado do sadomasoquismo).

Fãs de 50 tons de cinza que me desculpem, mas Christian não chega nem aos pés dos personagens masculinos criados por Maya Banks.

Por fim, eu recomendo bastante o livro, ele é realmente muito bom. Mal posso esperar para ler os próximos da série.

NOTA:

Maya Banks, autora best-seller do New York Times que escreve romances eróticos e de suspense, conquistou as leitoras com a sua escaldante série de romances históricos escoceses.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           

Alguém ai já leu algum livro da Maya? Gostou? 
Deixe nos comentários sua opinião! =D

Beijos, 
Fernanda Gonçalves.

Comentários via Facebook

16 comentários:

  1. Olá!
    Adorei sua resenha, mas infelizmente não gostei muito do livro.
    Até a parte em que ele procura pelo assassino de seu parceiro estava tudo bem, mas acontece que eu não curto muito romances, e pior ainda se são hots, pois não me sinto muito confortável lendo.
    Mas fico feliz que tenha gostado tanto assim do livro.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/04/li-ate-pagina-100-terras-metalicas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo!
      Uma pena que não tenha gostado tanto assim, mas eu te entendo com relação a se sentir desconfortável, também fiquei em algumas partes, rs

      Bjs,

      Excluir
  2. Olá Fernanda,
    Apesar de sua resenha ser interessante eu não gosto de livro hot, até curto romance, mas hot não é comigo, exceto 50 Tons de Cinza, que comparado à outros, nem é tão hot assim ! mas para quem gosta esse parece ser um bom livro e com uma história intrigante por trás das cenas picantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz!
      Nossa, 50 tons de cinza é super pesado! Na verdade, se for comparar os dois livros, eles são bem parecidos com relação as cenas hot, acho que foi por isso que não gostei de 50 tons, porque não tem tanta história, fica basicamente nas cenas mais hot.
      Mas, claro, isso é uma questão de gosto xD

      Bjs

      Excluir
  3. Oi, a resenha levantou vários pontos bacanas, mas o gênero não é o dos meus preferidos
    Abraços
    litaralmentelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Fernanda, tudo bem?
    Apesar de você ter gostado tanto do livro e de ele ter uma premissa interessante, eu não curto muito livros hot.
    Fico feliz que você tenha gostado da história mesmo não curtindo muito esse gênero também.

    Beijo :*
    www.livrosesonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maiara!
      Uma pena não gostar, mas eu te entendo, há um tempo atras também não curtia muito, rs

      Bjs,

      Excluir
  5. Oiiiiii
    Gostei muito da sua resenha.
    A capa é maravilhosa.
    Estou ainda engatinhando no quesito livros hot mas achei muito interessante esse livro.
    Assim que puder vou procurar.

    Bjocas

    Dani (A Estante do Manuel)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Verdade, a capa ficou linda, a editora fez um ótimo trabalho =)
      Procure sim, eu também sou nova no quesito livros hot, rsrs

      Bjs,

      Excluir
  6. Oi Fernanda.
    Adorei sua resenha, o livro não foi muito do meu agrado, mas achei ele muito bonito. A capa é linda. Não gosto muito de livros hot, mas enfim! ❤ Abraços! www.ancoradepapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nunca li 50 tons para fazer uma comparação
    Mas pelo elogio que deu ao livro, fiquei bem interessada
    É bom saber que apesar de ser um livro mais forte, o nível não desce. Gostei da dica
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela!
      Eu sempre tive muito problema com esse tipo de livro, não curto muito aqueles que tem muito palavrão ou palavras chulas, isso da outra ideia a história e eu achei que 50 tons, alem de não ter muita história, ele tem bastante isso, por isso não curti.
      Já com esse é o contrário, você fica tão entretido na história que quando chega essas partes mais quentes nem se espanta muito, rs

      Bjs,

      Excluir
  8. Oi, acho uma grande palhaçada colocar apenas 2 livros publicados no Brasil, e outros ficam na saudade. Já li os 2 primeiros e estou esperando as outras edições, mas não tem jeito, haja paciência.

    ResponderExcluir
  9. Oi, acho uma grande palhaçada colocar apenas 2 livros publicados no Brasil, e outros ficam na saudade. Já li os 2 primeiros e estou esperando as outras edições, mas não tem jeito, haja paciência.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!