[Resenha] Diário Póstumo de Charlotte - @NovoSeculo

postado dia 07 outubro 2014

Autor: Jairo Sarfati
Editora: Novo Século
Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira
Ano: 2013
Páginas: 272
Gênero: Ficção, Literatura Brasileira

Sinopse: A morte era a única maneira de escapar daquela dor; a dor de meu corpo ensanguentado era menor que a dor de cada risada, era menor do que a dor de ver o rosto de Victor ao saber de tudo aquilo; de minha paixão, principalmente. Quem diria que a morte seria o alívio para ela. Não pude mais resistir…
Charlotte é uma garota humilde e fora dos padrões estéticos. Isolada, ela conta apenas com o seu diário para desabafar; até um jovem chamado Victor ser transferido e passar a frequentar a sua sala e sentar-se ao seu lado. Mas o que aconteceria se algo interrompesse a sua vida medíocre e a recolocasse no corpo de uma jovem bonita e de alta sociedade? Os laços com Victor continuariam tão estreitos? A morte pode não ser o fim para sua história. (SKOOB)

Em 'Diário Póstumo de Charlotte' conhecemos é claro Charlotte, uma menina considerada pobre para os padrões de Londres que mora na periferia com sua mãe, irmã mais nova e o padrasto detestável.

Apesar de suas condições não tão favoráveis, Charlotte é uma menina muito inteligente e estuda em Cambrige onde conheceu seu primeiro e único amigo no meio de tanto caos causado pelo Bullying que sofre. Após conhecer Victor, seu amigo por quem se vê apaixonada, sua vida muda completamente, principalmente após um acidente que interrompe sua vida como todos a conhecem. 


Bem, a estória em si teria tudo para ser ótima e interessante, porém não foi o que encontrei nas páginas desse livro, infelizmente fiquei muito decepcionada com o autor e o livro que tem uma capa tão linda.

Demorei horrores para conseguir terminar de ler esse livro, mesmo com a narração em primeira pessoa, confesso, foi torturante até, pois o livro é muito repetitivo, corrido e não nos da a oportunidade de realmente imaginar e vivenciar a cena que está ocorrendo. 


Ficou nítido que o Jairo é um autor de primeira viagem, e talvez o erro maior dele tenha sido a narração em primeira pessoa, porque é o que sempre digo, esse tipo de narração deve ser utilizado quando a pessoa realmente sabe o que está fazendo, caso contrário o livro perde a graça.

Enfim, eu não curti a leitura e fiquei muito triste por isso, principalmente por ser literatura brasileira, porque eu gostaria muito de destacar nossos autores. Mas, ainda assim eu recomendo para quem tiver curiosidade ou para pessoas que estão iniciando no mundo da leitura e que ainda não tem um gosto por autores famosos e estórias boas. 


NOTA:

Beijos, Pri 

Comentários via Facebook

13 comentários:

  1. Uma pena que a leitura tenha a desagradado tanto. A Capa é bem bonita, também me chamou a atenção. Para ser bem sincera eu não gosto de narrativas em primeira pessoa, odeio quando o autor fica horas rodando em sentimentos repetitivos. Sei lá, normalmente me afasto das leituras em primeira pessoa, o máximo que posso.

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie! Não conhecia o livro nem a autora, mas aparenta ser muito bom!! *-*
    Bjs, tem promoção no ar, http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/10/sorteio-de-1-ano-de-aniversario-do.html
    e se puder comentar nesse post ajudaria muito
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/10/aprendendo-em-seis.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
  3. Poxa, antes de ler sua resenha, fiquei interessada no livro só pela capa e pelo título, mas desanimei muito com o que você disse. :(
    Vamos torcer para que ele melhore nos próximos trabalhos, certo?

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  4. Primeiro eu me identifiquei com a protagonista (porque também sofria bullying na escola, era apaixonada por um colega e etc), depois me empolguei.. mas aí, venho a sua opinião kkkk poxa, desanimei :( mas concordo que pra fazer um livro em primeira pessoa é difícil mesmo, principalmente se o autor for inexperiente ou algo do tipo.. vamos torcer para ele não fazer isso na próxima e melhorar, porque senão adeus carreira de escritor. Beijos!

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
  5. Eu não havia ouvido falar do livro e mesmo você não tendo curtido fiquei curiosa pois a premissa me pareceu muito interessante e tem histórias que não agradam a umas pessoas mais agradam a outras né? Quem sabe não seja esse um caso, eu daria uma chance a leitura.
    Beijos
    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia o livro, e sua resenha não me deixou muito empolgada. Masssssssssss...... se tem uma coisa que o livro Jardim de Inverno me ensino e que sempre temos que ler o livro e tirar nossas conclusões dele, porque quando ganhei Jardim de Inverno só ouvi coisas negativas e o livro é um dos melhores que já li. Eu fiquei curiosa para 'conhecer' Charlotte, a sinopse é interessante, e o tema abordado, bullyng, é bem atual. Talvez eu de uma chance ao autor e quem sabe eu não acabe gostando.
    bjs
    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?
    Pela capa eu imaginava uma história bem mais empolgante. Acho que a história escrita em primeira pessoa exige um pouco mais do autor, mas é uma pena que a leitura não tenha atingido seu potencial. Eu gostei da proposta, mas fiquei com o pé atrás.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Não conhecia o livro, é uma pena que o livro não tenha te agradado muito, mas a capa é mesmo muito linda. Fico bem chateada quando leio uma sinopse que gosto e acabo me decepcionando com a leitura, então não sei se vou ler...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Poxa flor realmente é muito triste quando nos deparamos com uma história que tinha tudo para dar certo e ela naufraga no meio do caminho assim tão desastrosamente e pior quando esperamos que ela seja o mais fofa possível. A capa é sem dúvida uma primasia de tão fofa, mas que pna que você só deu 2 estrelinhas!

    ResponderExcluir
  10. Nossa que chato que o lviro não agradou, acho muito ruim quando pego um livro e ele acaba não me agradando..pois eu perdi um tempo que podia ter lido algo bom(p/ mim).
    Mas eu não tinha ouvido falar dele ainda, e não acredito que va ler, tem muito livro por ai para dedicar meu tempo em um que não agrada, beijos.

    ResponderExcluir
  11. Essa é a primeira vez da qual leio uma resenha sobre esse livro, jurava que ele era bom, porem me enganei. Uma pena isso, quando tem expectativa com um livro e ele nao e tudo que voce pensava.

    ResponderExcluir
  12. Olá! Own, fico meio triste por não ter gostado da leitura. E sinto muitíssimo por ter desapontado, não era minha intenção. Confesso que esse é meu primeiro livro, e o escrevi com dezesseis anos, então minha escrita estava muito crua ainda. Durante o processo de publicação eu estava passando pela loucura do terceiro ano médio, então foi demasiadamente difícil conciliar estudos e as revisões que exigiam rapidez. Sobre as cenas estarem rápidas e repetitivas, é o aspecto que venho trabalhando para consertar nos projetos futuros, e venho dando meu máximo para meus próximos projetos! Não sei se iria te alegrar ou apetecer, mas passei a escrever em terceira pessoa, em todo caso, obrigado pela opinião sincera, flor! Beijos.

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!