Titulo Original: Colin Fischer
Autor: Ashley Edward Miller e Zack Stentz
Editora: Editora Novo Conceito
Ano: 2014
Edição: 
Páginas: 176
Gênero:  Ficção Norte Americana 
Sinopse: Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê… (SKOOB)
Peguei 'Colin Fischer' na estante a procura de uma leitura diferente, sabia que o livro era associado ao autismo, então mesmo querendo algo novo, não sabia muito bem o que esperar, e eis que encontrei nessa história um personagem comovente. 


Colin Fisher tem 14 anos de idade, é fã do detetive Sherlock Holmes, detesta a cor azul e sofre da Síndrome de Asperger, uma condição neurológica relacionada ao autismo. No caso de Colin ele foi diagnosticado como altamente operacional, mas ainda tem poucas habilidade sociais e problemas de integração sensorial. Ele não gosta de ser tocado por ninguém, ao menos que peçam sua autorização antes, tem dificuldade para interpretar as expressões faciais das pessoas, e estremesse ao ouvir sons autos, estridentes ou bruscos. 


Nossa história começa com o primeiro dia de Colin no ensino médio, antigamente ele contava com Marie, sua acompanhante que o ajudava a enfrentar o que fosse inesperado, mas a partir de agora estava sozinho. E em meio a piadinhas e brincadeiras de mal gosto, Colin vai anotando tudo o que não compreende em um caderno para que possa 'investigar' depois. 

Ainda no primeiro dia de aula, enquanto saboreava seu almoço na cantina da escola, surge um disparo, e em meio a correria a arma é abandonada no local e Colin é a unica pessoa a não correr. Mais do que o medo do barulho ensurdecedor, a curiosidade faz com que nosso protagonista veja nos detalhes da cena o que ele denomina pistas de um grande mistério. De onde veio o tiro? Quem levou a arma para escola? Quem atirou?


Confesso que as características de Colin roubaram todas as cenas do livro, o mistério envolvendo a arma na escola ficou em segundo plano diante de um personagem tão maravilhoso. Mesmo sendo vitima de Bulling, Colin não se esforça para ser aceito em nenhum dos grupinhos da escola, ele responde com toda a sinceridade do mundo a perguntas retoricas, não se sente diminuído e muito menos faz algum tipo de drama ao seu favor. Sua forma ingênua e direta de ser, me fez sentir grande admiração ao personagem, além de dar um certo toque de humor ao enredo.

Agora se tem algo que me deixou com um pé atrás em relação ao livro foi a narração. Além de ser em terceira pessoa, temos em 'Colin Fischer' uma jorrada de informações que se não fosse pelas notas do rodapé teria dificultado ainda mais as coisas. O livro também é dividido em três partes, sendo a primeira delas a menos empolgante. Acredito que a maneira séria e pouco introdutiva do inicio, pode até fazer com que alguns pense em abandonar a obra, mas a minha dica é para que insistam um pouquinho. Mesmo sem grandes evoluções no decorrer da narrativa, o aumento de diálogos e a proximidade que temos dos personagens faz com que tudo acabe valendo a pena no final. 


Resumindo 'Colin Fischer' não é um livro que aborda apenas a Síndrome de Asperger, ele vai muito além, trazendo consigo os tramas escolares, familiares e por fim emocionais de um personagem totalmente diferente dos que estamos acostumados a encontrar por aí. Com certeza vale a pena ser lido!

NOTA: 


Comentários via Facebook

23 comentários:

  1. Já vi uns comentários bem legais desse livro, quero ler em breve :)

    Beijos,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não digo que foi uma leitura fluente, mas foi muito boa no final das contas!

      Excluir
  2. Oi amiga,
    Adoro livros com personagens marcantes como o Auggie do Extraordinário.
    Fiquei interessada no livro, quero ler.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bom?
    Ultimamente tenho visto a Síndrome de Asperger sendo retratada em algumas obras e sempre de uma forma bacana. Quero ler esse livro em breve, pois fala sobre um assunto interessante. Apesar do início ser um pouco monótono, eu quero dar uma chance.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Aline é um tema que vem ganhando bastante foco no mundo literário!

      Excluir
  4. Oie,
    não estou muito empolgada para ler este livro, do mesmo jeito que você a narração não me chamou atenção. Espero ter uma boa surpresa com ele.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van! Realmente tem que estar disposto a encarar a narração não tão fluente deste livro.

      Excluir
  5. Não é o tipo de livro que eu leria, mas gostei da sua resenha.

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  6. Você falou do Colin e eu vim aqui ver. Não sabia que ele também tinha Asperger, não diz nada na sinopse. E ele lá em casa, parado, me olhando e esperando... rsrsrs! Vai pro topo da fila já!
    Ah! Suas fotos com o óculos ficaram lindas e supercombinando. ;) Pena que o meu é vermelho, não vai ficar tão legal... rs!
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu peguei o livro já sabendo que ele tinha alguma relação com o autismo mas confesso que foi o primeiro que li assim!!

      Excluir
  7. Colin Fischer é tão legal! Gostei bastante do personagem e a evolução dele no livro ♥

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog

    ResponderExcluir
  8. estou louca pra ler esse livro, uma amiga minha vai me dar ^^
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Val, fico contente!! Faça uma boa leitura ;)

      Excluir
  9. Oi =)

    Ah, este livro parece ser bem bacana, principalmente por ser fininho e ser uma leitura fácil. Bom para dar um tempo nas leituras mais densas e pesadas. Eu pretendo ler em breve =)

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não diria que a leitura seja muito fácil, já que o personagem é mais cativante do que a narração. Mas é um bom livro que vale super a pena conhecer!!

      Excluir
  10. Não conhecia o livro mas achei interessante.
    Beijos

    brilhoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Thais!

    Confesso, que eu não tinha dado tanta atenção a este livro quando chegou, mas me surpreendi com sua resenha e acho que esta é uma leitura que vai agradar bastante qualquer leitor, acho que vou dar uma chance a leitura, quem sabe eu goste. :)

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu entrei com bastante expectativa mesmo, e o que me surpreendeu foi mesmo o Collin, um personagem super diferente do que eu estou acostumada.

      Excluir
  12. Estou muito curiosa com esse livros flor, pois recentemente minha irmã teve o diagnóstico de que o filho dela tem TEA, que é o transtorno do espectro autista, que engloba o asperger e outras disfunções e dificuldades de relacionamento, por isso tudo o que se relaciona com esse assunto mesmo que obra ficticional me interessa e muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então super recomendo essa leitura para vc e sua família Dri, pois o personagem é bem intenso, será uma leitura muito aproveitável.

      Excluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!