Título Original: Le Sel de la Vie 
Autora: Françoise Héritier 
Editora: Editora Valentina
Ano: 2013 
Páginas: 108 
Gênero: Poesia 
Sinopse: Existe uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações, além dos sentimentos poderosos e dos engajamentos políticos. É sobre isso que este livro fala. Sobre esse pequeno plus que nos é dado a todos: “O Sal da Vida”. Nesta meditação, nesta espécie de poema em prosa em homenagem à vida, totalmente íntimo e sensorial, a renomada antropóloga Françoise Héritier vai atrás das pequenas coisas agradáveis (às vezes nem tanto) às quais aspira o mais profundo do nosso ser: as imagens e as emoções, os momentos marcados de recordações que dão sabor à vida, que a tornam mais rica e mais interessante do que muitas vezes acreditamos que ela seja, e que nada nem ninguém poderá nos tirar, nunca, jamais! (SKOOB)

A vida é engraçada, pode até se dizer contraditória! Passamos a melhor fase de nossas vidas querendo adiantar o que estar por vir. Afinal, quem aqui nunca desejou chegar logo aos 15 anos para 'finalmente' deixar de ser tratado como criança, e depois aos dezoito, e assim 'enfim' ser dono do próprio nariz? Aposto que muitos aqui já passaram por isso, ou estão passando. Mas acontece que depois que a maior idade chega, muitas outras coisas chegam junto com ela. As responsabilidades começam a ser maiores, e ter sua própria sustentabilidade acaba virando prioridade. Daí por diante passamos a viver exclusivamente para o trabalho, e mesmo a beira do esgotamento físico e mental, esquecemos de reservar um tempo só nosso, um tempo para fazer a vida realmente valer a pena.

E foi diante de uma situação semelhante, onde o médico Jean-Charles Piette, citou em um cartão postal o termo uma semana 'roubada', que a renomada antropóloga Françoise Héritier, resolveu pensar mais neste assunto. Ao responder o amigo ela acabou gostando da ideia, e assim criou uma lista de sensações, percepções, emoções e prazeres, que geram então o sal da vida: aquilo que faz a vida valer a pena.


Como já diz a sinopse, o livro é uma espécie de poema em prosa, e essa maneira que Françoise optou em fazer a lista, gerou em mim um grande entusiasmo. É que o jeito como a autora celebrou as mais diversas situações, me fez reviver também boas sensações, que com o ritmo acelerado do dia a dia, acabamos por esquecendo de saborear devidamente. 


Por ser um livro curto e com letras consideravelmente grandes, 'O Sal da Vida' pode ser uma leitura rápida, para se fazer em apenas uma tarde por exemplo, como pode também ser aquele tipo de livro pelo qual vale a pena ler aos pouquinhos, refletindo com carinho. Mas independente da maneira como for lida, o que posso garantir é que no final de tudo será impossível não enxergar a vida de uma outra maneira.


Se eu tivesse que definir 'O Sal da Vida' em poucas palavras o definiria como o livro das sensações. Aquele que merece ser lido por todo tipo de publico, uma vez que todos nós, independente do gênero literário favorito, devemos celebrar o simples fato de existirmos.   

NOTA: 


As três primeiras pessoas que estiverem seguindo o blog e comentarem nessa resenha deixando o endereço de e-mail, estará ganhando um marca páginas do livro 'O Sal da Vida'.



Comentários via Facebook

14 comentários:

  1. Oi, Thais
    Achei esse livro muito interessante, vale a pena ser livro. A capa é muito bonita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo, muito fofa! Eu adoro livros que me fazem refletir assim. Adorei este, pois tem uma maneira bem diferente de narração.

      Excluir
  2. Que livro interessante! Não conhecia ele, mas acho que vale à pena ir atrás, é bom para refletir sobre aquilo que deixamos escapar na rotina.

    Beijos ><
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Quase não dá tempo de ganhar meu marcador aff. dricaht@gmail.com
    estou louca por esse livro, tem um que de muitas emoções a flor da pele quando ler... A capa é linda e eu já quero... hihih Manda meu marcador (e o livro!! hihihhhi)
    PAZ E LUZ SEMPRE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. shauhsaushau ... na verdade vc foi a primeira até agora a deixar o e-mail, então é a primeira a ganhar o marcador ;)
      Sinto muito mas só tenho uma edição do livro aqui xD

      Excluir
  4. Tô querendo ler há tempos, mas nunca encontro uma promoção (leitora pobre é assim) :P
    Mas será que ainda rola ganhar o marcador?!!
    isadora_inacio@hotmail.com
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é a segunda a levar o marca paginas, agora só tem mais um! Vou falar com a editora pra ver se eles liberam um exemplar para sorteio ;D

      Excluir
    2. Oi Thais.... ainda não recebi o marcador :'(

      Excluir
  5. Adorei a resenha , as fotos , tudo tão colorido *----*

    ResponderExcluir
  6. Oi, Thais! Já faz um tempo que leio sobre "O Sal da Vida" e ele me deixa extremamente curiosa. A princípio, quando o vi pela primeira vez, não diria que se tratava de tal gênero, mas sim um romance. Boa dica :)

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pela capa tbm cheguei a ter essa impressão Sofia!

      Excluir
  7. To louca pra ler esse livro. Aprendendo francês e querendo me jogar em tudo que diz respeito. Como são reflexões sobre o que é o sal da vida de cada pessoa, lendo tudo diferente e só coisas interessantes. Não vejo a hora de ler também.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!