Meu Primeiro Quase Poema

postado dia 10 abril 2014


Desde muito novinha, eu aprendi que Poema, era aquele conjunto de palavras organizado de uma certa forma sobre o papel, que deveria obrigatoriamente rimar. Um tempo depois tentaram desconstruir essa ideia fixa na minha cabeça mas não rolou. Até que eu comecei a ler poemas, esporadicamente ... e o resultado é que eu acho que eu consegui escrever meu primeiro poema depois de muuuuuuuuito tempo tentando, mas eu não consigo saber se é um poema definitivamente, porque a ideia fixa voltou a minha cabeça. Então, leiam e me digam o que acham hahha.


 Meu primeiro quase poema 



Não há sobre o que escrever, 
apenas existe a vontade de por para fora. 
Mas colocar para fora? O que? 
Lembranças que trazem consigo dor? 
Sentimentos que sufocam? 
Palavras enclausuradas? 
Frases nunca antes ditas? 

Talvez, quem saiba um pouco otimista 
eu escreva um verso de amor, 
e então, por essas enumeras palavras 
transborde um pouco de emoção.
Não sei o que faço; 
não existe sentido,
 e quiçá rimas, no entanto, 
a alma grita para que eu insista. 

Posso escrever mais dois ou três versos, 
e por acaso podem surgir rimas, 
acidentalmente um sentido . 
Continua não existindo algo sobre o que escrever.
 E eu continuo a tentar ...



Comentários via Facebook

9 comentários:

  1. Oi, Anna
    Gostei do seu "Quase um poema". Você tem muito talento. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Que fofo! Quando eu era mais nova, também escrevia poemas.

    Beijos, G.R ♥ (Um ótimo FDS)
    http://gabriellyrosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Anna!

    Ficou lindo seu primeiro quase poema. Conseguiu expressar tanto sentimento e contradição. Espero que continue a tentar.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hey
    Parabéns pelo poema Anna. Ficou maravilhoso.

    Eu me arriscava mais em época de escola, geralmente não me saia bem.. =x
    Sabe né sempre temos aquela fase de caderno de versos e poemas, eu ainda guardo uns cinco.. mas nunca escrevi os meus 'próprios'.

    bjs e bom final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Ana.. quem vai dizer sobre teu poema é um poeta que ama poesia ok..
    não tem esta história de quase um poema..
    tu simplesmente o escreveu.. poesia é dar vida as palavras.. muitos de nós escrevemos justamente para libertarmos nosso interior de sentimentos, frustrações.. posso te dizer que comigo foi assim, no trabalho rimei meu primeiro verso e desde lá nunca mais parei.. sou doente por rimas e até hj pessoas me disseram que devo escrever poesias com versos brancos mais nunca consegui.. a rima me consome.. como praticamente faço muitos sonetos e já passei da marca de 1000 imagina o que é.. agora estou fazendo versos com rendondilhas maiores.. são trabalhosas tb mas ficam muito boas na sonoridade..
    independente da forma que tu escreva.. deixa tua alma soltar-se..
    caso queira aprender sobre métricas tenho arquivos que ensinam.. aprendi com eles e nunca mais parei.. podes me pedir que te mando e explico tb caso deseje
    o blog esta com problema para seguir, não conseguirei mas vejo se sigo o link de postagens..
    caso queira visitar o meu deixo aqui
    lapidandoversos.blogspot.com.br

    desejo um lindo dia e até sempre

    ResponderExcluir
  6. Poxa eu estava aqui pensando o que dizer para ti, porque fiquei muito apaixonada pelas palavras que li, e de repente vem o Samuel Balbinot e diz exatamente o que penso, Poesia e poemas são tão íntimos, tão seus e você os colocou de maneira muito bela. Não é QUASE um poema, É UM POEMA em toda a complexidade de palavras e sentimentos que perpassaram seu coração enquanto escrevia!

    ResponderExcluir
  7. Oi Anna,
    Adorei seu poema!!!
    Você transmitiu tantos sentimentos que eu pude senti-los.
    Continue escrevendo.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Anna, parabéns, você tem muito talento, eu adorei o "Meu primeiro quase poema" realmente escrever um poema não é uma tarefa fácil, mas é algo cheio de sentimentos, que tocam as pessoas, por isso eu adoro eles.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  9. Acho poemas bem dificies de escrever , de fazer , sentir é fácil , mas fazer é difícil rsrs

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!