[Resenha] Divergente - @editorarocco

postado dia 06 março 2014

DivergenteTitulo Original: Divergent 
Autor: Veronica Roth
Editora: Editora Rocco  
Ano: 2012
Páginas: 504
Gênero: Distopia 

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive. (Orelha de Livro / SKOOB)
Numa sociedade Ideal, as pessoas foram divididas em cinco facções (Abnegação, Audácia, Erudição, Amizade e Franqueza) de acordo com sua mais marcante característica. No entanto, ao completar 16 anos cada jovem poderia escolher entre permanecer na facção que nasceu ou mudar-se para outra. Se escolhesse mudar o jovem passaria por um tempo de "adaptação e sobrevivência", caso ao final desse tempo ele fosse "vitorioso" permaneceria na facção escolhida, caso não ele iria para as ruas e se tornaria um sem-facção, uma pessoa a margem da sociedade.

É diante desse conflito de permanecer, ou não na sua facção de origem que conhecemos Beatrice. Num especie de exame, antes da escolha, que serviria para orientar a jovem a que caminho seguir, tudo se torna confuso. Os resultados da garota dão inconclusivos, e sua orientadora diz que Beatrice é uma divergente.


Sem saber o que exatamente ser uma Divergente significa, a jovem retorna a casa sem saber o que fazer, mas tendo a certeza que ninguém, em especial sua família, deve saber que ela é uma Divergente. O dia da escolha chega e Beatrice, acaba por escolher uma facção dispare da que nasceu. Ao invés de permanecer na Abnegação, ela se muda pra Audácia.


Dizer que o processo de adaptação de Tris - pois ao chegar na nova facção Beatice opta por mudar de nome - foi difícil é quase o eufemismo do século. Além de sofrer por vir da facção mais menosprezada por toda a sociedade, Tris precisa aprender a conviver com a falta da sua antiga família, um monte de jovens lutando pela sobrevivência sem se importar com o próximo e um garoto extremamente misterioso e charmoso.


Lutando para sobreviver até o fim do processo de adaptação, para não ser morta por aqueles que junto com ela querem chegar até ao fim, para esconder seu segredo e com os sentimentos que começam a crescer dentro dela em relação ao garoto misterioso de nome Quatro, viajamos com Tris por uma incrível aventura de perder o folego e que prova que todo os sistemas sempre têm um ponto de ruptura. 



O livro é beeeem grandinho, quinhentas e tantas paginas, maaaaaas ele é tão envolvente, tão bom, tão eloquente que é impossível não lê-lo rapidamente. Eu por exemplo levei uma madrugada para ler hahaha. Um dos pontos que eu mais gostei na história foi a construção da personagem principal Tris, ela é uma personagem de fácil empatia, não é chata e permite que você se apaixone pela história.

Apesar de ser claramente uma distopia, a história demora um pouco até chegar a esse fio condutor. Grande parte do livro narra a adaptação da Tris a nova facção e o seu relacionamento com Quatro. Toda a revolta e briga com o sistema e até a própria queda do mesmo, só são ressaltadas ao final da narrativa, o que não torna o livro tãaaaaao verdadeiramente uma distopia e proporciona uma curiosidade em relação ao próximo volume da Trilogia inimaginável. 


O livro por ter uma temática muito próxima a Trilogia de Jogos Vorazes, permite ao leitor que de vez em quando faça certas comparações, no entanto, é preciso perceber que cada uma das narrativas tem seus aspectos particularizantes e de originalidade. 



Então, alguém aqui já leu Divergente? Tem vontade de ler? O que acharam (acham)?  Me contem suas impressões.

Esse ano ainda tem o filme, e eu estou louca pra ver hahaha 


NOTA: 


Beijos , Anna (:

Comentários via Facebook

19 comentários:

  1. eu pensei em ler, vi mt gente falando bem, mas depois morguei inexplicavelmente :s
    tenho certa cisma de ler essa série tal qual guerra dos tronos... vai entender... rsrs
    bjs, Ana ^^

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tenho vontade de ler esse livro, mas ainda não achei tempo.
    Espero lê-lo antes da adaptação chegar aos cinemas, ou seja, o quanto antes.
    Adorei a resenha.

    Beijos,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  3. cara eu tenho o ebook desse livro, mas ainda nem li ele ;w; vou correr pra ler por esses dias.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Vim aqui agradecer pela visitinha lá no blog, espero te ver por lá sempre!!
    Muito obrigada :3
    Ainda não li o livro, só o primeiro. Fiquei com vontade!
    Também ainda não vi o filme, mais livro primeiro, filme depois.
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Estou LOUCA para ver o filme. Já li Divergente e amei, achei um livro maravilhoso, com uma história ótima. Semana que vem começarei a ler "Insurgente", espero gostar tanto quanto Divergente!
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o livro, mas os três da série estão na minha lista de leitura.Tudo que tenho lido até agora indica que será uma leitura bem agradável. Espero comprar os livros em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  7. Oi, Anna!
    Pretendo pegar "Divergente" em breve para ler, apesar de não saber muito a respeito da história me parece uma ótima distopia. Acabei me apaixonando por esse mundo distópico com Jogos Vorazes.

    Beijo,
    Sofia || Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  8. Oiie, a cada resenha que leio desse série só aumenta minha vontade, vou ler em breve ^^
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Sua resenha ficou simplesmente perfeita! Sem spoilers e mesmo assim repleta de informações sobre o livro.

    Bem, há mais de um ano eu comecei a ler o livro e simplesmente parei. Como você mesma disse: a maior parte do livro ainda se concentra em narrar a adaptação da Tris em sua nova vida na Audácia. Isso, infelizmente me irritou profundamente.

    Mas, pelo visto a coisa toda fica melhor ao decorrer das páginas então eu preciso urgentemente voltar a ler o livro do início para poder ver o filme, assim quele estrear;

    http://spencer-pretty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Menina, tu vai rir porque eu achava que era sobre os Jogos Vorzes este livro e vi que falaram que não tinha nada a ver e falaram super bem. Realmente é bem grande mas quando tem boa ação como você disse, vale a pena e passa rápido!

    Beijos

    Greice

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  11. Eu só ouço falar bem dessa disopia. E quando o filme sair esse ano já quero ter lido a obra que parece tão envolvente.
    A sua não é a a primeira resenha que eu leio Anna, todas ressaltam o quão maravilhosa é a narrativa de Veronica e de como ela sabe conduzir bem suas obras.
    Divergente,Insurgente e o final da trilogia, o futuro Convergente são prioridades pra minha meta de leitura e quero começa-los o mais breve possível *---*

    Beijoos,
    Lauro.

    ResponderExcluir
  12. Já li e amei! Confesso que a adaptação da tris no começo e bem chatinho mas depois fica muito empolgante !!!

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Perdi a conta de quantas resenhas li desse livro, todas falando super bem. Quero muito lê-lo mas são tantos livros maravilhosos que acabo deixando alguns para trás, espero poder ler esse logo.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Aaa o que falar sobre essa distopia rs .. ainda não li , mas pretendo , quero muito assistir o filme , só depois rs acho que irei ler o livro , até porque estou bem ruim de grana rsrs .. Amei a resenha , e as fotos .. só tem pocket ?! rsrs não curti muito isso rsrs

    ResponderExcluir
  15. Olá Anna!!
    Nossa que super resenha...Sou uma pessoa mega apaixonada por distopias e esta é um dos livros mais desejados que tenho na minha estante! Acho sua historia super diferente e nova, e me deixa super curiosa!! É uma das minhas metas para 2014.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Adoro Divergente. Me apaixonei pelo Tobias. Adorei a divisão das facções, eu acho que seria amizade ou abnegação. E você?

    ResponderExcluir
  17. Eu estou na face distopias , cheguei a pegar nesse livro , peguei emprestado , mas tive que devolver por conta de alguns problemas rs .. quero muito ler ;;

    ResponderExcluir
  18. Como esse o próximo livro que irei ler, pulei a história e fui direto para suas impressões.
    Todo mundo fala sobre comparar Divergente e Jogos Vorazes, acho que por serem distopias e talx, mas eu espero que não seja tão parecido assim haha
    Eu estou correndo para terminar minha leitura atual e pegar Divergente! Meu único problema é que estou em semana de prova haha

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  19. Oi adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos. Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história....acesse o link e digite a palavra reverso..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html‎

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!