[Resenha] Fale! - Editora @EdValentina

postado dia 26 dezembro 2013

Titulo Original: Speak
Autor: Laurie Halse Anderson
Editora: Valentina
Ano: 2013
Edição: 
Páginas: 248
Gênero: Ficção Americana



Sinopse: “Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.”Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir. Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa? (Skoob)

Mesmo eu sendo muito fã dos trabalhos da atriz Kristen Stewart, não sei porque nunca parei para assistir o filme 'O Silêncio de Melinda'. E foi só quando eu anunciei o lançamento do livro 'Fale!' aqui no blog é que fiquei sabendo que o filme na verdade se tratava de uma adaptação cinematográfica da obra de Laurie Halse Anderson. Então não deu outra, tratei logo de solicita-lo, e a Editora Valentina me cedeu gentilmente um exemplar para resenha.

Melinda é mais uma adolescente americana que acaba de adentrar o ensino médio, coisa que para alguns pode ser a melhor fase da vida, mas que para outros sempre acaba sendo a pior delas. Até então ela era uma garota normal e cheia de amigos, mas agora é ignorada por cada um deles, e passa a maior parte do dia calada, e como se não fosse pouco suas notas estão um verdadeiro desastre na escola. A não ser pelas aulas de artes, lá é onde Melinda se desliga um pouco de seus pensamentos, e até se sente compreendida pelo professor Freeman.

Mas o que de fato pode fazer com que a vida de uma garota normal mude assim da noite para o dia? Essa é a pergunta que o leitor se faz ao dar inicio a esta leitura. A principio o que se sabe é que a vida de Melinda mudou depois que ela chamou a policia para acabar com a famosa festinha promovida pelos veteranos da escola. Só o que não se sabe é que a garota teve fortes motivos para tomar essa atitude, e é através dos seus pensamentos - muitas vezes irônicos - que entramos na cabeça de uma adolescente cheia de sonhos, mas que por causa de um grande trauma, perdeu totalmente o encanto pela vida. 


Ser adolescente não é coisa fácil, quem já passou por isso certamente irá concordar comigo. Em 'Fale!' a personagem escolheu o caminho mais fácil para ela, se calar, se tornar um ser invisível. O que mais me revoltou foi a negligencia de seus pais, e a forma com que eles estavam mais preocupados em se atacar do que ajudar. Como assim eles não perceberam que alguma coisa ali estava errada com sua unica filha? Que pais antiquados ainda são esses que não se conscientizam que o melhor caminho a seguir é o do dialogo? 

Realmente 'Fale!' é esse tipo de livro que te faz interagir com a situação. Que te faz ter vontade de entrar na história e dar uns bons tapas na cara da sociedade. A história abordou uma das formas de como um adolescente pode reagir a violência e ao bulling, que é  muito popular no ensino médio. Neste caso a protagonista viveu um ano agoniante, mas em meio a esse sofrimento ela cresceu. Foi mais ou menos como ver uma flor perante as quatros estações do ano, Melinda murchou, se despedaçou, mas no final ela desabrochou. Porém a situação abordada não está somente nas paginas do livro, o tipo de violência citado em 'Fale!' é algo que acontece a cada 8 minutos no Brasil, e que só será combatido se falarmos, denunciarmos. Então Fale! Não se cale perante a nenhum tipo de violência. DENUNCIE!



Como podem ver esse é o tipo de leitura que eu recomendo a todo mundo, seja você menino, menina, adolescente ou adulto, pais ou filhos. Nós nunca sabemos quando uma coisa desse gênero pode acontecer, mas se um dia ela vier a ocorrer devemos estar preparados para tomar a decisão certa! Leiam 'Fale!', e levem a mensagem deste livro adiante.

NOTA: 



Comentários via Facebook

9 comentários:

  1. To com vontade de ler esse livro a um bom tempo! Agora, quero mais ainda! Bjs
    http://qualquerinfinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo livro, vc não vai se arrepender em lê-lo!

      Excluir
  2. Oie,
    eu tenho este livro em casa, mas ainda não li.
    Confesso que ele não parece ser muito o meu estilo de leitura, mas como está sendo bem recomendado vou arriscar.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que irá mudar de ideia quando ler ele Van ;)

      Excluir
  3. Entrou na lista de leitura depois da resenha ! Rsr
    Bjs
    http://www.livrosminhaterapia.com/2013/12/coluna-raffa-feitico-da-novoconceito.html#comment-form

    ResponderExcluir
  4. Sempre tive curiosidade de ler esse livro.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu estou doida para ler esse livro. Já li algumas resenhas e todo mundo fala bem e dá notas altas.
    Achei o tema abordado no livro bem legal. Eu adoro livros fantasiosos, mas acho que as vezes é bom um livro assim para chacoalhar um pouco a nossa realidade e modo como vemos as coisas e como lidamos com a situação.
    Bom trabalho.
    :)

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!