[Resenha]- Hell

postado dia 26 abril 2013

Titulo Original:  Hell
Autor: Lolita Pille
Editora: Intrínseca
Páginas: 205
Ano: 2003
Gênero: Romance

Hell, a protagonista, narra suas aventuras em meio a burgueses e aristocratas do bairro 16ème. (o 75016 do título), em Paris. Ela é uma entre tantas jovens a ter a ausência dos pais compensada pelo dinheiro. Usa sandália Prada e bolsa Gucci para almoçar com as amigas em restaurantes badalados ou cheirar cocaína em boates freqüentadas por jovens milionários de várias nacionalidades muito à vontade numa Europa globalizada. As madrugadas culminam com sexo casual e ecstasy.A juventude dourada é desbotada pela descrição de tipos como a amiga obrigada a lidar com o escândalo do pai, traficante de armas. Ou pela colega sempre às voltas com o namorado que faz tráfico de prostitutas do Leste europeu. Elas abusam do Prozac e das plásticas. Eles vão e vêm em Porsches e Ferraris, perpassando endereços tão chiques quanto o bulevar Saint-Germain, a Champs-Elysées e a rua Faubourg-Saint-Honoré. A geografia da alta costura parisiense abriga um submundo de gente fútil e infeliz.Entre idas e vidas, Hell conhece um jovem e tem um instante de humanidade, mas os dois são desiludidos demais. O relato de Lolita Pille choca pelo excesso de sinceridade. Nada é mascarado. Ela faz uso do cinismo para abalar estruturas sociais seculares, num texto tão ágil e frenético quanto a vida da personagem/autora. Assume que é mundana, indo além de si, do diário, para lançar um olhar crítico, quase antropológico, sobre uma geração privilegiada.

Ácido e catártico. Assim podemos definir o romance de Lolita Pille, Hell.

Logo na primeira frase do livro, nós leitores somos impactados pela escolha vocabular utilizada pela autora, Lolita não mede  palavras  e nem ao menos utiliza-se de eufemismos  para  definir  Hell, sua personagem principal.

“ Sou uma putinha. Daquelas mais insuportáveis , da pior espécie; uma sacana do 16ème, o melhor bairro de Paris , e me visto melhor que sua mulher , ou a sua mãe.”


No entanto somos instigados a cada nova palavra a querer entrar de cabeça no mundo luxurioso e hipócrita de Hell.  Ela é simplesmente um típico estereótipo da juventude parisiense, que vive a base de bebidas caras, drogas ilícitas e milhões de francos gastos em compras inúteis e desnecessárias em lojas como por exemplo a Dior. Através dela somos apresentados, então, aos melhores hotéis, clubes,  baladas, e lugares a se frequentar , quando se tem como objetivo  fazer parte da elite parisiense.

 

Fria, calculista, arrogante e muitos outros adjetivos nada agradáveis  Hell conquista nas pessoas que a cercam sentimentos completamente antagônicos , ódio e amor , rejeição e aceitação , repulsa e admiração. Porém Hell é apenas uma garota de 17 anos , que quer ser amada , que quer encontra seu príncipe encantado ,  que quer viver sua juventude , que quer experimentar a vida de todas as maneiras possíveis , que quer na verdade fugir do seu vazio e corruptível mundo.
                                      

Andrea um homem de 22 anos  que também mora no 16ème , é tão rico , poderoso , sedutor e repulsivo quanto Hell . Pertencente a mesma elite parisiense , donos dos mesmo costumes e defeitos Andrea traz em si a mesma inquietação que Hell .  Apesar de tentarem a todo o momento dentro do romance transmitir a ideia de que estão plenos e felizes com suas vidas, Andrea e Hell deixam passar sutilmente para o leitor o quão enjoado estão da vida e do mundo em que vivem.

É através de Andrea , no entanto , que presenciamos Hell sair de sua zona de conforto e se permitir viver  o mundo que ela acredita ser ideal . Com um romance iniciado meio que as avessas , o casal se distancia do mundo glamuroso e doentio em que vive e passam a conviver em um mundo onde só existem os dois , logicamente que apesar de ser  como uma bolha o novo mundo deles , essa bolha é o que podemos chamar de ‘bolha dourada’ , pois apesar de denunciarem e de colocarem o dinheiro como o maior vilão em suas vidas , em momento algum eles deixam de desfrutar dos confortos que  esse ‘vilão’ os oferece.

Caímos no clichê , na previsibilade  quando finalmente temos então o amor entre Hell e Andrea como redentor de toda a vida ‘errada’ que tinham antes de se conhecerem.  Somos alimentados  então com romance a qual esperamos desde o inicio da narrativa , somos colocados de frente ao final feliz , somos então frustrados. Porque nessa historia que é transformação de um um real em algo ficcional o amor não é redentor  e muito menos salvador de nenhuma das personagens .
                                      

Hell  leva o tempo de seis meses para se ver enjoada do mundo que escolheu viver com Andrea , se vê cansada dessa vida sem ‘diversão’ , e acima de tudo se vê assustada diante dos seus sentimentos para com Andrea. É a partir desse ponto que toda a historia previsível se de desconstrói e  a verdadeira historia do livro vem a tona . É a partir desse ponto , que se assim como eu você não for o tipo de leitor modelo , ou seja , aquele que não se envolve com a narrativa, você se vê entrando num estado de letargia e ressaca literária , no qual você se recusa a ler a ultima frase do livro , apenas para não encarar o fim logo abaixo .
                                     


NOTA: 

Beijos Anna (:

Comentários via Facebook

28 comentários:

  1. Eu não me interessei pelo livro, porque esse tipo de livro, para mim é um tanto fútil, parece que não tem nada de bom pra passar ao leitor. Mas parabéns pela resenha, Anna!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thamires , eu acredito que fútil seja a Hell , não sua historia HAHA , deu pra entender? Mas obrigada pelo elogio , fico feliz que tenha gostado da resenha *-*

      Excluir
  2. Nossa, eu li esse livro ha muito tempo!!! Gostei tanto que reli, mas confesso que ja esqueci bastante coisa. Sua resenha me deu vontade de lê-lo mais uma vez!!! Realmente é um livro muito bom e uma ótima dica.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel , que bom que minha resenha despertou esse tipo de sentimento em você hahaha!!

      Bjs, Anna!

      Excluir
  3. eu fiquei na duvida se leria ou nao sabe
    mas parece ser legal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alice , posso desfazer sua duvida ? se sim, leia então! kkkk

      Bjs , Anna!

      Excluir
  4. Ebaaaaa alegria da vida inteira. Tenho esse livro aqui em casa, não sie de quem, mas sempre me chamou a atenção só pelo nome Lolita (que é o titulod eum dos meus livros favoritos) mas nunca peguei para ler. E sua resenha me motivou em breve, com certeza quero ler!!! :)
    Helena
    https://hassdc.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, eu adoro Lolita do Vladimir, é um livro sensacional *-* E bom se você tem o privilegio de ter esse livro em casa , lei por favor . HAHA

      Bjs , Anna!

      Excluir
  5. Oi Anna!

    Nossa, o livro me parece excelente, fiquei curiosa a respeito dele. Gostei de saber que a previsibilidade adentra depois se desconstrói.

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yeeah , toca aqui Sofia ô/ senti que é das minhas HAHA. O livro é maravilhoso , vale muito a pena ler !

      Beijos , Anna!

      Excluir
  6. Não conhecia esse livro, e também não tenho tanto curiosidade em lê-lo, não sei porque.

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. David , eu te entendo completamente ! Mas de ao livro pelo menos o direito da duvida (:

      Bjs , Anna!

      Excluir
  7. Achei essa estória muito boa do meu ponto de vista!!

    http://enfimshakespeare.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você leia o livro então , acho que gostará

      Excluir
  8. Olá Anna,

    Bem interessante essa sua resenha. Estou com um livro da Lolita aqui para ler mas ainda não encontrei tempo.
    Espero poder lê-lo em breve :)

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  9. Ola!!! seu blog é maravilhoso amei, sucesso Deus seja contigo
    já estou te seguindo. (OBRIGADO PELA VISITA)
    Curta e participe do meu blog e fan page.
    Twitter: https://twitter.com/
    Instagram: http://instagram.com/nequerenreis
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Fan Pag: https://www.facebook.com/pages/Batom-Vermelho/490453494347852?fref=ts

    ResponderExcluir
  10. Ana, sua resenha ficou ótima. parabéns. Amei muito. Hahahah
    Beijo
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Gostei muitíssimo da sua resenha, não conhecia esse livo e acabei ficando curiosa para ler ;) Já coloquei na minha lista de desejados ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  12. Oi Anna,
    Gostei muito da resenha. Nunca tinha lido nenhuma resenha desse livro mas achei interessante por não ser previsível. Deve ser um livro meio chocante e para se pensar.
    Bjs

    entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Anna,

    No início da resenha a história me pareceu bem forte,mas como romântica inconfundível me decepcionei ao ver que o amor não é redentor e construtivo.

    Bjos
    www.roubandolivros.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Ainda não conhecia o livro, mas ele parece ser bom.
    Mas ainda não sei se o leria. rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi. Eu não li a resenha porque ainda não li o livro, e não gosto de ler resenhas de livros que ainda não li. Só queia dizer que li "Cidade da penumbra" e me apaixonei por Lolita, quero ler todos os livros dela!

    ResponderExcluir
  16. Oi Thais!

    Amei sua resenha! Parabéns! Já vi várias críticas positivas a essa autora e tenho outro livro dela aqui para ler. É daquelas narrativa que sinto que vou gostar e vai me surpreender, e fiquei com ainda mais certeza depois de ler sua resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fran, obrigado amore, mas a resenha desta vez foi feita pela Anna, colunista aqui do blog, que bom que vc gostou!!

      Excluir
  17. Oiee amiga, tudo bem com você ?
    Eu tive passando aqui no seu blog nas suas atualizações, mas faz tempo que não te vejo passando no meu em ?? E outra, sabe o que queria te pedir ?
    Eu queria pedir par aque você além de me seguir, linkasse o meu blog, porque logo logo vou mudar o layout do meu blog e estou seprando quem tá me linkando e quem ta se tornando parceiro. Ateh quem ta me seguindo para eu me organizar. Se puder fazer isso linda agradeço.
    E outra coisa, tenho saudades de vc...aparece poxa vida =/
    beijinhos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei afastada esses últimos dias mesmo flor ;)

      Excluir
  18. Gostei bastante da premissa do livro, parece ser bem tenso. A capa é simples, mas bem atrativa. A parte que você disse da história caminhar pra algo previsível e depois se transformar totalmente me deixou muito intrigada.
    Beijos
    fromafallenangelsheart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Procurei em bibliotecas, não achei. Tenteei meus amigos, não cederam. Só me falta comprá-lo, assim que eu ver em um preço bom, o comprarei. São opiniões tão diversas que a vontade de ler me arranha e, sendo sincero, gosto desta escrita "sou puta mesmo", acho meio libertadora, haha.

    Abraços!

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!