[Resenha] - Filhos do Fim do Mundo @fantasycdp

postado dia 11 março 2013

Autor: Fábio Madrigal Barreto
Editora: Fantasy - Casa da Palavra
Páginas: 288
Edição: 1
Gênero: Ficção Brasileira
Sinopse: QUANDO AS CRIANÇAS DO MUNDO PARAM DE NASCER, UM REPÓRTER SE PREPARA PARA SUA ÚLTIMA MATÉRIA SOBRE O COMEÇO DO FIM DO MUNDO. É meia-noite quando a humanidade é surpreendida pela notícia: todas as crianças nascidas nos últimos 12 meses morreram misteriosamente. Descobrem também que plantas e filhotes também morreram. Um repórter responsável por cobrir os eventos preparativos para o fim do mundo, deixa sua esposa grávida em casa, partindo para uma perigosa missão investigativa, em que terá de enfrentar grandes desafios para proteger aqueles que ama. Em Filhos do fim do mundo, acompanhamos a saga de um repórter tentando se equilibrar entre sua função de pai e jornalista em meio ao caos pré- apocalipse. As catástrofes se misturam com a tensão psicológica do personagem em um envolvente romance que vai encantar os amantes de ficção. (Skoob)

Esse é o primeiro livro que recebo em parceria com a Editora Fantasy, graças a isso e a sua sinopse tentadora, eu estava bem empolgada para iniciar a leitura. Mas vamos combinar, nem sempre essa ansiedade ajuda na hora que realmente lemos o livro, não é mesmo?

'Filhos do Fim do Mundo' é um conto Apocalítico, focado na história de um repórter e sua esposa gravida. Tudo começa a meia-noite, horário em que todos os recém nascidos e menores de um ano de idade morrem misteriosamente. Para piorar as coisas, a internet, telefone e celular passam a serem extintas temporariamente e a população só poderá contar com os jornais, tv e rádios. Assim o repórter é convocado pelo Diretor do seu jornal para viajar e descobrir os motivos desse fenômeno que vem aterrorizando a todos. Coisa que ele aceita fazer de imediato, já que descobrir uma cura ou os motivos dessas mortes é particularmente muito importante para ele, pois sua esposa está prestes a dar a luz ao seu primeiro filho.
Trecho do Livro: "Extraterrestre, arma biológica, ataque de criaturas de outra dimensão, explosões solares, vazamento nuclear, ira divina, feitiços do mal, bruxaria, poluição, veneno no ar ... valia tudo." - Página 51
Demorei muito mais tempo para concluir essa leitura do que estou acostumada a demorar com os livros que contem essa média de páginas. Creio que o principal motivo para isso foi a narração de Fábio M. Barreto que em muitas vezes acabou me deixando confusa. Na minha opinião a premissa do livro é ótima e tinha tudo para dar certo, mas para mim a leitura não fluíu. Posso dizer que foi mais ou menos como estar em uma montanha russa, variando meu relacionamento com o livro em autos e baixos.

Como eu já comentei no blog antes, eu costumo realizar minhas leituras durante a noite, que é quando eu chego do trabalho e tenho mais tempo livre, e outros motivos além da narração acabou deixando o livro cansativo, como por exemplo a extensão do primeiro capitulo. Sou daquelas que não gosta de ir dormir sem terminar o capitulo, mas com 'Filhos do Fim do Mundo' acabei criando uma exceção. A apresentação e o prefácio nas primeiras páginas me animaram bastante, mas 94 páginas direto em um único - e o primeiro -capitulo foi desanimador.

    

O livro é narrado em terceira pessoa, e como ele não gira apenas na histórias do repórter e sua esposa, temos a chance de conhecer um pouco mais dos personagens secundários também. Uma coisa que eu não gostei muito é o fato do autor não ter nomeado nenhum deles. Na história os conhecemos por Repórter, Esposa, Padre, Governador, Médico e etc. É o primeiro livro que leio assim, e não gostei muito dessa opção, é como se tirasse a minha intimidade com os personagens. Sei que alguns de vocês até curtem isso, mas eu ainda prefiro saber nome, idade, aparência, e tudo mais que eu tiver direito.

Desde as primeiras páginas o livro me deixou curiosa para saber a razão das mortes das crianças, e a falta de informação para esse mistério contribuiu para que eu não me identificasse tanto com a leitura. Notei que em muitas vezes o autor citou a fé, morte e vida. Porém esse não foi mais um livro com um final cheio de moral da história. Eu até pensei que as páginas finais seriam bem obvias, mas me enganei e acabei sendo surpreendida. Ao meu entender o autor pode muito bem optar por uma continuação, só ainda não sei se isso é fato.

'Filhos do Fim do Mundo' é uma boa história, eu até chorei em uma estrofe no final do livro. A diagramação é muito bonita, a capa é bem chamativa e a contra capa é colorida e bonitinha também. Encontrei alguns erros de revisão, bem poucos, só que erros notáveis. Pena que acabou faltando algo que me fizesse mergulhar nessa leitura de corpo e alma, o que não significa que não dê certo para outra pessoa. Só não recomendo para aqueles que gostam de uma narração simples e fácil, ou que não tenham paciência para reler mais de uma vez alguns trechos.

NOTA:    

Xoxo

Comentários via Facebook

25 comentários:

  1. Oi Lôra.
    Estava até querendo ler esse livro, mas a sua resenha me desanimou. Também não curto largar a leitura no meio de um parágrafo e acho que vou me estressar se tiver que reler várias vezes o mesmo trecho... Fora que, por favor, os personagens não tem nome??

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SHAUSHAU .. é amiga, a intenção do autor foi passar para o leitor que os personagens poderia ser um vizinho, amigo, parente ou coisa do tipo, mas não achei essa técnica legal! Eu gosto de leituras que fluem com mais facilidades, que tenham uma linguagem mais popular e uma narração mais fácil, por isso o livro não foi bom para mim. Porém existem muitas pessoas que gostam de livros mais intelectos e poderão gostar desse!

      Excluir
  2. É complicado quando a gente não consegue se animar muito com o livro, fica quase uma batalha interna, né? Mas acontece.
    Eu não tenho problemas com capítulos longos, e é mais do que normal eu interromper no "meio do caminho", mas 94 páginas? Uau. rsrs
    Só não gostei mesmo foi o fato de você citar que o problema que começou com tudo não foi explicado, eu simplesmente não consigo me conformar com isso.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca tive problemas com capítulos longo tbm Ju, mas esse ai foi novidade para mim! rsrs .. Meio que fica uma incógnita na história, dando espaço para um próximo livro, creio eu né!

      Excluir
  3. Amiga eu li a sinopse do Livro e também li sua resenha e achei a história interessante, mas eu não tenho paciência de ler livro muito parado não. Meio que tipo o Mundo de Sofia que era cansativo e também difícil de entender. Gosto de leituras fáceis, mas a história em si para ser muito boa. Espero que você tenha gostado da leitura e que não tenha te decepcionado, porque tem livro que pegamos para ler e mesmo sendo cansativa, a gente acaba se decepcionando como aconteceu comigo. Mas eu gostei do seu Post. Parabéns !!
    Linda passa em meu blog que eu te indiquei para fazer um meme. Passei aqui mais cedo dando meu comentário em seu post, espero que tenha lido. Se cuida minha querida. Beijinhos

    Lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece ser interessante até! Adorei seu blog, realmente muito incrível, tem tudo para fazer o maior sucesso; Já estou seguindo, segue o meu também?
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  5. Pela resenha, essa ficção parece ser muito boa.. Quero ler. bjs
    www.chocolatecommenta.com

    ResponderExcluir
  6. Também prefiro quando eu sei nome, cpf, telefone e endereço dos personagens, já que isso torna eles mais reais. Parece ser uma daquelas histórias que quaaaaaaase acertou, mas que não chegou lá. Porém, a temática é muito interessante.
    Beijos, Ju - Céu de Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CPF é boa em Ju! rsrs .. mas é isso mesmo, a história é boa mesmo, mas o livro não chegou nas 5 estrelas para mim!

      Excluir
  7. Gostei da capa e da premissa da história, mas acho que não leria.

    ResponderExcluir
  8. Eu já li Filhos do Fim do Mundo, e adorei! É bom quando se encontra inovações e mostra-se uma forma diferente de se identificar com os personagens, como se fossem realmente pessoas perto de nós! E a história é muito interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi algumas resenhas positivas mesmo, mas pra mim o livro não funcionou dessa maneira, infelizmente!

      Excluir
  9. Muito legal! Realmente o que esperamos nem sempre é o que o livro irá passar. Não sei...fico meio com o pé atrás, mas quero muito ler.
    Beijinhos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aquela coisa que eu digo sempre, nem tudo que é legal para uma pessoa necessariamente será para outra e vice versa. Eu não me senti 100% satisfeita com a leitura, mas tem muita gente que gosta de se arriscar com livros nesse estilo, que exija mais atenção do leitor. Leia sim Pa, quem sabe dê certo para você. Quero ler sua resenha!

      Excluir
  10. Oie Thaís, tudo bem? Sinceramente não me interessei por esse livro não, não faz o meu estilo :/

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
  11. Oi, Thais, como você tá?
    Eu acho que vi algo relacionado ao livro faz tempo, mas só vendo sua resenha descobri que ele é de autor brasileiro :/
    Bom, se eu não tinha vontade de ler, ela se confirmou agora.
    Sei lá, gosto de livros que a narrativa flui e que as páginas passem que não notemos.
    Parabéns pela sinceridade na resenha xD
    Beijos
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/
    Atualizado. Comenta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei ser sorteada pela editora e ter o prazer de ler o lançamento, juro que eu teria comprado este livro pela sinopse. Porém depois da leitura eu vi que não teria sido um bom investimento. Eu gosto de narrativas mais fáceis mesmo, e assumo! Livros muito nerds me deixam perdida e entediada!! rsrs

      Excluir
  12. Eu vou ler na próxima semana e torço que não ache um livro cansativo, também leio quando chego do serviço, e estando bem cansada, quero algo animador. Depois te digo o que achei.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que legal amiga!! As duas resenhas que li no Skoob foram positivas, acho que a minha foi a primeira negativa lá ... kkkk ... mas enfim, sou dessas que falam o que pensa ... kkkkk ... estou doida para ver sua resenha e pra gente trocar figurinhas sobre esta leitura ;D

      Excluir
  13. Thai, também detesto quando fico muito ansiosa para ler. No fim, a ansiedade sempre faz com que achemos que nunca foi o que esperávamos.. E vamos combinar que um capítulo com 94 páginas é super desanimador né? Eu também sou dessas que não consigo dormir sem fechar o capítulo. #CadaLoucoComSuaMania. Rsrsrsrrs
    Beijos
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com.br/2013/03/base-liquida-oceanic-cosmeticos.html

    ResponderExcluir
  14. Eu já li Filhos do Fim do Mundo e estou relendo simplesmente porque adorei a história.
    Foi emocionante e eletrizante. Adorei e me emocionei com o final e não encontrei nenhuma dificuldade na leitura dos capítulos, aliás, nem percebi se eram longos, pelo contrário, para mim, a leitura fluiu muito bem.
    Claro que cada um tem seu jeito de ler e seu gosto pessoal para cada estilo de livro, só estou comentando o que senti quando li pela primeira vez.
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal!! Realmente o livro não fez meu tipo, mas como eu deixei claro na minha resenha, isso não significa que não dê certo para outras pessoas. Aliás, só me deparei com duas resenha no skoob, e as duas eram positivas! Achei erros na escrita e a narração não fluiu de jeito nenhum para mim. Eu amei a premissa do livro, é maravilhosa, mas ficou faltando alguma coisa para me prender a leitura. Fico muito feliz que vc tenha gostado!!

      Excluir
  15. Eu estava curiosa para ler esse livro, mas agora não mais. Já vi que não vou curtir, entao nem vou ler, não gosto de livros que a leitura não flui.
    gostei da sua resenha, me ajudou a ter uma boa visão do livro.

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  16. Já não estava animada pra ler esse livro, depois dessa resenha coloquei dez passos atras! Acho que a historia em si ainda é boa, mas reparo muito em português - mesmo o meu não sendo perfeito - e tenho mania de cobrar isso dos autores, então acho que vou desistir da leitura se eu pegar pra ler. Tua resenha foi ótima pra abrir meus olhos enquanto ao livro. (:

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!