[Resenha] - A Culpa é das Estrelas

postado dia 13 novembro 2012

Título Original: The Fault in Our Stars
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 288
Gênero: Ficção

Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. (Skoob)

Ultimamente eu andava lendo muita fantasia, então estava desesperada para começar algo mais realista, por isso optei por 'A Culpa é das Estrelas', que estava na minha lista de espera. O único problema é que acabei me esquecendo de como o mundo real pode ser muito mais trágico e cruel que o mundo da fantasia.


Como muito de vocês já sabem, este livro conta a história de Hazel e Augustus, dois adolescentes com câncer. Hazel tem consciência de que é uma paciente terminal, ela descobriu isso com 13 anos de idade, e aos sete anos que se seguiram desde o diagnostico, ela sempre teve em mente que irá morrer, porém não faz ideia de quando. E é justamente este o motivo que a faz empacar no segundo nivel da Hierarquia de Necessidades de Maslow, se fechando aos amigos, família e amor. Mas tudo isso muda quando ela conhece Augustus Water, em uma das sessões ao Grupo de Crianças com Câncer. A um ano e meio atrás ele teve uma pitada de osteossarcoma, mas tudo que Hazel não quer é ser uma granada preste a explodir na vida de Augustus.

TRECHO DO LIVRO: "Segundo Maslow, eu estava empacada no segundo nível da pirâmide, incapaz de tentar ir atrás de amor, de respeito, de arte e de mais nada, o que, obviamente, era uma bobagem sem tamanho: o desejo de fazer arte ou de filosofar não desaparece quando alguém está doente. Esses desejos só ficam transfigurados pela doença." - Página 193

Eu sou uma manteiga derretida, e antes mesmo de começar a ler o livro, tinha a certeza de que iria chorar muito. Portanto quando dei inicio a leitura já esperava por algo comovente, personagens frágeis e dignos de pena, mas não foi isso o que eu encontrei. A principio me deparei com uma Hazel aparentemente forte, durona e irônica com sua própria doença. Fiquei impressionada como uma garota de dezesseis anos que  depende de cilindros de oxigênio para sobreviver, poderia ser tão madura e ao mesmo tempo usufruir de um humor tão negro? Foi então que dispensei as várias caixas de lenços que Kirkus Reviews, me fez acreditar que eu iria precisar. Mas bastou Augustus Water entrar de vez na vida de Hazel para que a personagem começasse  a enfrentar as situações de forma diferente, me levando inúmeras vezes as lágrimas, e me fazendo arrepender por ter dispensado a caixinha de lenços.

Com uma narração em primeira pessoa e ao ponto de vista de Hazel, foi impossível não passar por um turbilhão de emoções. Ela gosta de Augustus, ele é bonito e irresistivelmente sedutor aos olhos de nossa protagonista, o cara fofo e cheio de sacarmos espiritual, e que Hazel certamente não quer magoar na hora que sua 'bomba' (Câncer) estiver a ponto de explodir. Melhor do que ninguém, John Green, soube como colocar uma história extremamente dolorosa de uma forma lindíssima e comovente de ser lida. Seus personagens fictícios passaram a ser como bons conhecidos para mim, e eu sofri, ri e chorei com cada um deles. Agora entendo e concordo com inúmeras resenhas que li: Gus (Augustus) é realmente um fofo!! Hazel é uma menina muito inteligente e os diálogos com Gus eram cheios de duplos sentidos - sentidos esses que só os dois entendiam - e humor, mas daquele humor do tipo inteligente, sabem?



TRECHO DO LIVRO: " - O.k. – ele disse, depois do que pareceu ser uma eternidade. – Talvez o.k. venha a ser o nosso sempre. - O.k. – falei. E foi o Augustus quem desligou." - Página 72

Por mais que eu já imaginasse - e acertei - o desfecho dessa história, o final ainda reservou cenas fortes e profundamente tocantes, e essa maneira complexa como o autor se aprofundou no tema do livro não me fez sentir que a leitura era pesada, ou coisa do tipo. Muito pelo contrário! O câncer é uma doença que realmente existe, e nós não temos escolha quanto a ela. Ler 'A Culpa é das Estrelas', me fez enxergar o porque é tão mais fácil fechar os olhos para realidade e mergulhar no mundo da fantasia: porque tanto viver como amar, pode na maioria das vezes, ser trágico e cruel.

A grande lição de superação que contém neste enredo não faz com que eu indique para um tipo de publico especifico e sim para que eu deseje, do fundo do meu coração, que todos os seres humanos sejam capazes de lê-la e tirar os melhores proveitos possíveis. E por mais que o autor tenha deixado bem claro que seu livro trata de uma obra totalmente fictícia  'A Culpa é das Estrelas' nos trás uma grande dose de realidade humana. Estamos repletos de Hazel, Gus e Isaac pelo mundo, e mesmo que a gente não goste de se deparar com a realidade 24 horas por dia, ela está e estará presente a todo momento em nossas vidas.

NOTA: 
Xoxo

Comentários via Facebook

47 comentários:

  1. Que resenha bem feita adorei , eu li esse livro e me apaixonei , realmente e muito bom e como você disse contem mesmo uma mensagem de superação linda , adorei beijos !

    euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Gabriel, é realmente apaixonante esta história né?!

      xoxo

      Excluir
  2. Chorei loucamente lendo esse livro HUDAHDSA É tão, mas tão fofinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda Isabel!! Foi super emocionante a leitura mesmo, bem envolvente os personagens, mas deixou gostinho de quero mais *-*

      xoxo

      Excluir
  3. Olá tudo bem?
    Estou passando aqui para avisar-lhe que tem um selo para você em meu blog, o link é http://ser-escritora.blogspot.com.br/2012/11/selo-premio-dardos.html

    Beijooos,

    Juliana Rodrigues,
    http://ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei o selo Ju, muito obrigado, vou repassar para outros blogs tbm!!

      xoxo

      Excluir
  4. Oi Thais, parabéns pela resenha! Também estou com o livro aqui na minha lista, mas ainda estou me preparando para ler, pois já imagino que vou chorar muito. Sua resenha foi comovente, creio que pelo tom do livro.
    Beijos

    Fran

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo livro Fran, adorei ler, gosto de leituras que traga uma boa lição de vida! Obrigado por comentar ;)

      xoxo

      Excluir
  5. Chorei muito com o livro!
    Amei!
    Li em 3 dias!
    Beijos
    Rízia - Livroterapias
    livroterapias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, adorei a sua resenha Thaís, do fundo do coração!
    A minha colega Raquel tinha me dito que esse livro é muito emocionante, mas até do que o Nicholas Sparks, ela disse que me emprestava, mas quero comprar mesmo o livro, pois tenho certeza que vou amar.

    Beijokas :*
    Blog da Mylloka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena investir dinheiro em um livro tão emocionante como esse Mylla!!

      xoxo

      Excluir
  7. Esse livro é um dos mais lindos que eu li
    Li ele recentemente e é matavilhoso mesmo
    Muito boa a resenha.Adorei a novo layout do blog *---*

    beijos

    http://jhdocemel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oooown, que lindo tá o blog! Eu adorei! rs

    E, a sua resenha, foi a primeira que me deixou realmente com vontade de ler esse livro, por mais que eu já tenha lido várias outras maravilhosas. Parabéns! O livro entrou para a minha lista de 'vou ler'.. rs

    Beijos flor!

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Obrigado Marcelle, eu tbm gostei muito da nova cara que o blog ganhou *-*
    Nossa agora meu sorriso foi lá na orelha com vc dizendo isso sobre minha resenha, obrigado!!

    ResponderExcluir
  10. Adoreeeei amiga, ficou linda. Já estava doidinha por esse livro e agora fiquei mais... Eu sou bem manteiga derretida, tipo bem mesmo... Vamos ver o quanto de lencinho eu vou gastar, hsuahsua.

    Beijos,
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Que linda a sua resenha,sabe que eu não não sabia ao certo sobre o que se tratava o livro,sempre via a capa e imaginava uma história completamente diferente.
    Depois que li a sua resenha, fiquei encantada com a trama, com certeza vou querer ler esse livro ;)

    Tem resenha nova lá no blog, comenta?
    http://www.escutaessa.blogspot.com.br/2012/11/resenha-livro-sobrevivente-chuck.html

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo eu sabendo do que se tratava, assim como disse na resenha, imaginei que seriam personagens dignos de pena, e não é bem isso não, o livro é ótimo e os personagens com um espirito de superação incrível.

      Excluir
  12. Aai, quero ler logo! haha
    Ainda nem li Looking For Alaska que comprei quase um ano atrás, mas sempre que leio resenhas dos livros do Green fico mais ansiosa :s

    Beijão
    Sun Rises Here

    ResponderExcluir
  13. Depois de muito ver a blogosfera suspirar - e pra completar o kit que ganhei na bienal - comprei o meu e estou ansiosa pra diminuir a minha pilha e chegar nele. Nunca li nada do autor, mas tenho quase certeza de que não vou me decepcionar.

    Beijos
    @LeitoraIncomum
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale Fer, meio que fiquei com medo por causa de tanto alvoroço em cima deste livro e ele estava encostado na pilha tbm, mas valeu super a pena a leitura!

      Excluir
  14. Olá!
    Bem, eu ja li várias resenhas deste livro e acabei comprando. Logo logo vou começar a ler!

    Vi seu link em outro blog e adorei! Parabéns

    Já estou te seguindo e se quiser conhecer o meu blog também pode ficar a vontade! haha

    http://raiseyourheadandread.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. eu quero ler esse livro, mas ainda nao tneho.
    gente eu acho que vou chorar horrores se for ler ;w; sou muito sensivel.

    ResponderExcluir
  16. Oi flor.
    Esse é um dos meus livros preferidos desse ano ♥
    Amei a história e super me apaixonei pelo Gus *-*
    O humor do Gus é tudo haha
    Fiquei encantada com a história e muuuito emocionada.
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Aaaa mas eu quero tanto ler esse livro... Todas as resenhas são tão lindas!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Ameiii o novo layout, ficou lindo!
    Então, eu não tenho muito interesse nesse livro porque não gosto de romance/drama, mas estou tão cansada de ouvir falar nele sem saber o que pensar que tô vendo que vou ser obrigada a comprá-lo. hehehe
    Parabéns pela resenha, ficou ótima!
    Beijos

    Andressa
    umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs é Andressa a blogosfera fez muito alvoroço em cima deste livro mesmo, é uma história bonita, o romance nem é tão evidente, pode ir na fé que vc não vai encontrar nada meloso de mais não!

      Excluir
  19. Comprei esse livro mas estou adiando ler ele,pois assim como você também sou manteiga derretida e no momento não estou querendo ler nenhum livro que me faça chorar.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. OI Thais
    Passando pra te convidar a participar dessa tag especial em meu blog funciona assim envie um depoimento pequeno para o E-mail : julienebritto@hotmail.com dizendo qual foi seu natal mais especial e o porque publicarei todos os depoimentos em meu blog durante o mês de natal espero sua participação

    bjos

    http://jhdocemel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Juh *-* Vou fazer sim!!

      xoxo
      http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

      Excluir
  21. Estou doida para ler esse livro, já li o primeiro capítulo e amei.
    Ótima resenha!!!!
    bjs

    Joyce
    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Eu percebi que foi um livro que ganhou você com o passar das paginas, eu tenho muita vontade de ler , mas por conta de ser uma leitura triste estou deixando para depois.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo amiga, me ganhou ao decorrer da leitura e pode ter certeza que é triste!

      Excluir
  23. Oii Thaís!
    A sua resenha foi uma das melhores que já li de ACEDE. Com certeza o mundo está cheio de Isaac, Gus e Hazel, de pessoas que apesar de maravilhosas e engraçadas vivem com a presença do câncer e implorando pela sua ausência. O livro também me fez chorar bastante, mas eu não dispensei a caixinha de lenços e por isso já estava preparada quando as lágrimas teimaram em sair. E como saíram, afirmo, consciente, que nunca chorarei tanto em um livro quanto chorei nesse. ACEDE me marcou para sempre.
    Beijoo!!
    Ps: Copiei essa imagem, haha.

    ResponderExcluir
  24. Que maravilhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa essa resenha. Ficou perfeita, Thai. beijos

    ResponderExcluir
  25. Adorei o post, depois de ler a resenha fiquei com vontade de descobrir o que acontece com a Hazel, a capa do livro está muito criativa. O livro tem elementos cativantes.romance,doença,humor...

    ResponderExcluir
  26. Já ouvi falar muito do John Green, mas nada relacionado a algum livro que ele tinha feito. Confesso que quando vi a capa de A culpa é das estrelas, pensei que era mais um livro infantil, nem cheguei a ler a sinopse. Mas dai começaram a falar deste livro nas redes sociais e nos blog literários. O livro apresenta uma historia de superação incrível a personagem parece que ja se conformou que tem a doença, e sabe que um dia ira falecer. Bem ainda nao li o livro mas ele me parece ser muito emocionante,esse é o tipo de livro que faz voce repensar o que esta fazendo da sua vida. O autor realmente me parece saber prender o leitor na leitura e fazer com que ele sinta as mesmas emoçoes dos personagens, isso é uma coisa que eu amo em autores literarios. Alem do fato dos personagens terem personalidades fortes. Não vejo a hora de poder ler esse livro e saber realmente o que tu esta falando.

    ResponderExcluir
  27. Que resenha mara!!!
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com.br/2012/11/sorteio-preta-acessorios.html

    ResponderExcluir
  28. Achei sua resenha muito bem feita, falou de tudo no livro. Só acho que você esqueceu de dizer que o livro é muito curto e o autor descreve as cenas mais importantes bem encurtadamente. Fiz a minha resenha do livro, e acho que mereceu 3 estrelas.

    ResponderExcluir
  29. Amo demais esse livro. Uma historia tão emocianante, chorei as pingas. Eu adoro john green. Ele consegue mexer com voce de verdade.
    Amei a resenha:))

    ResponderExcluir
  30. Oi Thais!
    Devo dizer que li esse livro e já fiz resenha no meu blog...
    Eu realmente imaginei que outra coisa iria acontecer no final, não sou tão perceptiva igual você rsrs Eu me surpreendi com uns acontecimentos chocantes.
    Depois de terminar o livro eu não sabia se chorava ou se fechava e lia outro. Foi uma coisa estranha. Como você disse, o livro mexe com a gente :)
    Beijos

    http://estantedasfadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Esse livro é lindo demais. Chorei rios quando li rs Amei sua resenha
    http://recantodapaah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Eu gostei do livro. Mas não senti "aquela coisa" por ele. Acho que é porque li muito rápido e não absorvi muito bem.
    http://eu-ludmilla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!