[Conhecendo #02] - Autora Parceira: Eliane Quintella

postado dia 08 agosto 2012

Olá leitores, tudo bem? Hoje venho apresentar para vocês o primeiro autor parceiro do blog, Eliane Quintella, escritora do livro 'Pacto Secreto', publicado pela editora Novo Século - o primeiro de uma saga -seguido por 'Prazer Secreto' e 'História Secreta', que já estão escritos, porém sem publicação ainda. O primeiro livro trata do dilema de Valentina em assinar ou não um PACTO com o diabo para obter aquilo que mais deseja, e em troca abrir  mão de sua própria alma. É uma história que contém suspense, religião, drama psicológico e até uma pitada de filosofia. Então que tal conhecer um pouco nossa primeira autora parceira e suas obra? Eu fiz uma entrevista bem legal, aposto que vocês vão gostar, confiram:


Sobre Eliane Quintella 
Eliane Quintella começou a escrever ainda criança para o Jornal do bairro em que morava. Em sua infância era conhecida entre seus colegas pelas redações que escrevia. Quem estudou com ela no ginásio lembra-se de suas redações. Naquela época, ela já tinha a certeza de que queria passar toda sua vida escrevendo. A vida seguiu. Eliane formou-se em Direito, trabalhou, fez mestrado, trabalhou, fez cursos, trabalhou e nunca deixou de escrever. Até que um dia viu-se em casa, com o punho quebrado, por um mês inteiro. Era sua grande chance. Escreveria um livro. E, foi assim que animada começou o projeto do seu primeiro livro: PACTO SECRETO, o primeiro da saga da Valentina. Depois disso, já escreveu a continuação da saga formada por PRAZER SECRETO e HISTÓRIA SECRETA. Mas isso é apenas um pedaço do seu sonho, pois ele é ainda maior e repleto de livros.


Entrevista com Autor

1) Sabemos que você escreve desde pequena Eliane, e que queria passar o resto da vida escrevendo, mas o que levou optar pela faculdade de direito?
Eu realmente desde que me lembre queria ser escritora, cheguei a fazer um poema para o jornal do bairro em que morava a esse respeito. Na hora em que fui escolher a faculdade descobri que infelizmente não existia uma faculdade para me tornar escritora. Eu não tinha a menor vontade de fazer jornalismo, pois sabia que eu gostava de viajar e inventar histórias, tampouco tinha vontade de estudar letras. Por outro lado, sempre fui idealista e o direito sempre me atraiu muito por isso, além disso grandes artistas que eu admirava como Vinicius de Moraes, Clarice Lispector, Eça de Queiroz, Gonçalves Dias, entre outros, tinham cursado direito. Assim, fui entrei para Pontifícia Universidade Católica de Direito e me apaixonei pelas aulas de direito, tanto é que logo que me formei já ingressei no mestrado da mesma Universidade. Comecei a trabalhar com direito e sempre gostei bastante, mas a grande verdade é que escrever sempre foi o amor da minha vida e isso voltou a bater forte dentro de mim depois de um tempo. Sabe, eu nunca parei de escrever, mas depois que estudei direito e realmente gostei, progredi na carreira, me tornei uma ótima profissional, achei que essa vontade de ser escritora pararia, mas descobri que ela só tinha ficado adormecida dentro de mim e um dia ela voltou a gritar alto dentro de mim e eu não pude fazer mais nada a não ser seguir minha própria vontade e largar tudo para abraçar esse sonho. É claro que fiz isso depois de muita reflexão e de ter certeza absoluta que era o que eu queria fazer com a minha vida. Não é fácil largar uma profissão, ainda mais quando se é bem sucedida, por isso tinha que ser por algo que eu amasse muito, que é escrever.

2) Algum momento de sua vida se imaginou autora de um livro ou uma série?
É engraçado, mas de alguma forma dentro de mim eu sabia que isso iria acontecer. Não me surpreendi nem um pouco. Acho que carregamos conosco as respostas, só que às vezes há muito barulho para podermos escutá-las.

3) De onde surgiu a ideia para essa série? Você teve alguma inspiração, qual ?
A inspiração definitivamente veio da minha infância. Apesar de não ser muito convencional, eu assistia desde pequena a filmes de suspense e terror com meu amado pai e eu gostava muito, tais como Triângulo nas Bermudas, O retrato de Dorian Gray, O corpo que cai, Janela Indiscreta e A Profecia. Assim, a ideia do meu livro surgiu muito naturalmente.

4) Como você vem reagindo com a repercussão do livro 'Pacto secreto'?
É realmente maravilhoso encontrar leitores realmente meus, que leram o livro exatamente da forma que escrevi para ser lido. Fico fascinada como pessoas de diferentes bagagens, experiências e vivência podem se identificar da mesma forma com um livro. É claro que há também algumas pessoas que não se identificam com o livro. Isso é natural e esperado. Só um louco poderia agradar todo o mundo. Aliás, há que diga que quando se quer agradar todo mundo, na verdade não se agrada a ninguém. Meu livro é mesmo para quem, como eu, curte suspense e dark fantasy.

5) Desde o inicio a ideia era transformar a história de Valentina em uma série? 
Não. Eu só queria escrever um livro, mas os personagens tomam vida, eles ditam o caminho da história e o escritor deve respeitar isso. Se o escritor pode mudar a personalidade do personagem no caminho, isso soará falso e irreal. A história precisa transcorrer naturalmente, os personagens precisam fluir, deixar que vivam e façam suas escolhas.

6) Sabemos que a continuação de 'Pacto Secreto' (Prazer Secreto e História Secreta) já foram escrito. Você pode nos adiantar alguma coisa sobre eles ? 
A história vai esquentar, isso é garantido. Podemos acompanhar de perto a evolução da personagem Valentina, uma série de mistérios que vão sendo revelados e tabus e preconceitos sendo desmontados. Garanto que no final toda a história se encaixa e se revela perfeitamente.

7) Escrever esses livros te exigiu uma pesquisa mais profunda em alguns temas, culturas ou regiões? Pode citar alguns ? 
Sim, eu tive que estudar sobre tetraplegia para compreender as dificuldades da Sara e a extensão de suas limitações, também estudei sobre pacto com o diabo e um assunto puxa o outro, portanto, acabei estudando satanismo, luciferianismo, gnosticismo e o próprio cristianismo.

8) Como você descreve a Eliane antes de se lançar como escritora e a Eliane pós o lançamento de seu primeiro livro? Alguma coisa mudou ? Nos conte um pouco sobre isso.
Falando de uma forma prática, antes eu me dividia entre ser advogada e escritora e agora, após ter largado a vida jurídica, posso me dedicar integralmente à vida de escritora. É gratificante não ter mais minha vida dividida entre duas vocações, é maravilhoso poder me entregar de corpo e alma àquilo que amo fazer. Acho que tirei um piano das costas quando larguei tudo para ser escritora, não obstante as dificuldades, porque posso ser verdadeira, posso realmente me dedicar, parece que não há mais obstáculos, é engraçado sentir isso apesar dos muitos obstáculos que a carreira de escritor apresenta.

9) Falando sobre a Eliane leitora um pouquinho, nos conte quais são seus autores e gêneros favoritos.
Eu tenho fases. Na casa da minha mãe há uma estante repleta de Agatha Christie que eram os livros que mais lia na adolescência. Agora aqui em casa estou em uma fase que estou lendo bastante Nietzsche, Ayn Rand e Jung, dos três só a do meio escreve ficção, se bem que o Nietzsche com o livro Assim falou Zaratustra, saiu da filosofia pura para criar.

10) Dia 16 de Agosto você estará na Bienal, no stand da Novo Século, quais são as expectativas para atuar em um evento como este?
Quero encontrar blogueiros parceiros, escritores, leitores para trocar ideias, enriquecermos juntos, sabe? O escritor acaba sendo um profissional muito solitário e a bienal é um ótimo lugar para a gente fazer essa conexão maravilhosa e ao vivo. A internet é maravilhosa, mas sinto falta dos encontros ao vivo e a cores, por isso convido todos para passarem no stand da Novo Século às 19:30 do dia 16/08! Puxa, vou adorar conhecer todo mundo!


O blog 'Amiga da Leitora' agradece muito a oportunidade de ter você como parceira do blog.
Sou eu que agradeço pela entrevista maravilhosa. Obrigada e beijo grande para você e seus seguidores.

Se vocês gostaram deste post, também vão adorar ler esta critica sobre 'Pacto Secreto'!

Xoxo


Comentários via Facebook

12 comentários:

  1. Oi Thais! Adorei a entrevista. Estou seguindo o blog! Bjs

    http://ratas-de-biblioteca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não gosto muito desse tipo de livro mas parabéns pela matéria e entrevista.


    bjokasss http://fernandacaterina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Foi muito gostoso fazer a entrevista, elaborar as perguntas, se eu pudesse viveria só disso =D

    Xoxo

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista Thaís! A Eliane é uma mega escritora, sinto que li o livro dela do jeito que era pra ter lido. Muitas pessoas tem preconceito contra isso, e confesso que e utive um pouco no começo mas depois percebi qual era o real sentido da historia.
    Beijos!
    Cada vez mais os posts do Amiga Da Leitora me agradam mais rsrs é um dos meus blogs preferidos *--*
    http://www.expressodenarnia.com/

    ResponderExcluir
  5. Nossa Amanda que bom é ler um elogio como esse, fico muito feliz com isso, obrigado!!

    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Aeee amiga, Parabéns... Ótima entrevista.
    Esse livro da Eliane é ótimo, sou fã dela, hehe.

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gostei da história do livro e da entrevista, a autora parece bem simpática! Pena que vou na Bienal só dia 11 D:

    ResponderExcluir
  8. Gente eu adorei ela mesmo, é um amor!!

    ResponderExcluir
  9. Geeeeeeeeeeeeeeente, que coisa mais chique está ficando esse blog. Amei o post, amei a entrevista. Thai, tem um post sobre o livro diario de uma paixao. Terminei de ler!!! \o/
    bjs
    http://radarmexeriqueiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Hey
    Adorei a entrevista!
    Sério que eu pensava que o livro dela tinha um pouco de inspiração em Supernatural.. o seriado.. sei lá pelas resenhas que leio.. me lembra a série.. em alguns pontos.

    beijos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  11. Ai Tacy assim vc me deixa sem graça...hahaha... mas que foi ótimo bancar a jornalista foi, quero isso mais vezes ... haha ,,, Nana eu ainda não li o livro, a Eliane ficou de me neviar assim que possível, mas as resenhas que vi por ai chamam muito a atenção mesmo, eu gosto dessa coisa Sobrenatural, e acredito que vou amar Pacto secreto!!

    Xoxo

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!