[Resenha] - 'A Menina que Roubava Livros'

postado dia 31 julho 2012

Título: The Book Thief
Autor: Markus Zusak
Páginas: 480
Edição: 2
Editora: Intrínseca
Ano: 2010
Assunto: Literatura Estrangeira-Romances

Sinopse: Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em "A Menina que Roubava Livros", livro há mais de um ano na lista dos mais vendidos do "The New York Times". Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, "O Manual do Coveiro". Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes.E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de roubá-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar. Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhecê-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.

Esse é o segundo livro de Markus Zusak, que eu tenho o prazer de ler, o primeiro foi 'Eu sou o Mensageiro', que serviu para mim conhecer um pouco da narrativa do autor. Porém só depois de ler 'A Menina que Roubava Livros' é que encho a boca para falar: Markus Zusak é um gênio, eu acabo de ler um dos melhores livros da minha vida.

Não vou negar que o começo é monótono e esquisito - afinal o livro está sendo contado por ninguém mais ninguém menos que a morte - a pequena Liesel vê o irmão morrer no colo de sua mãe, e como se isso não bastasse, logo em seguida é entregue para estranhos, Rosa e Hans Hubermann, seus pais adotivos. Mas foi a partir da chegada de Liesel a rua Himmel que a leitura começou a melhorar e todo o livro se tornou magnifico, fazendo até as partes mais desanimadoras do começo valerem apena.

Trecho do Livro: "Á sombra das árvores, Liesel observou o menino. Como as coisas haviam mudado, de ladrão de frutas a doador de pão! O cabelo louro de Rudy, embora mais escuro, parecia uma vela. Ela ouviu o estômago do amigo roncar - e ele estava dando pão às pessoas.
Seria isso a Alemanha? Seria essa a Alemanha nazista ? " - Página 380

Mesmo envolvendo a segunda guerra mundial, Hitler e uma Alemanha Nazista, Markus Zusak soube fazer desta estoria algo lindo, comovente e memorável. Seus personagens são apaixonantes! Vai ser impossível esquecer a roubadora de livros, ou devo dizer Saumensch? Os jogos de futebol, Rudy - o garoto de cabelo cor de limão - Rosa e suas grosserias, Hans e seu acordeão. Eu criei uma familiaridade incrível com cada um deles, como se fossem parte de minha família e vizinhança.

O triste foi quando me dei conta que o livro estava acabando, primeiro porque eu não queria abandonar aquela estoria, aquelas pessoas - sei são apenas personagens, mas me envolveram muito - e segundo porque eu já sabia o que ia acontecer. Isso mesmo, sabia e ao mesmo tempo não sabia. Vou tentar explicar .... nossa narradora, a morte, não faz mistérios quanto ao desenvolver da trama, ao contrário, ela nos adianta algo em cada capitulo, antes mesmo daquilo acontecer. Mas nada que estrague o final, pois mesmo sem mistérios e preparada para o pior, foi impossível conter minhas lágrimas.

Trecho do Livro: "Tive vontade de dizer muitas coisas à roubadora de livros, sobre a beleza e a brutalidade. Mas que poderia dizer-lhe sobre essas coisas que ela já não soubesse?" - Página 478

Já me conformei que livros maravilhosos assim são impossíveis de se descrever, ainda mais quando faço isso sem liberar nenhum tipo de spoiler. Essa pode até não ser uma das minhas melhores resenhas, mais com certeza foi um dos melhores livros que já li. Super-recomendo 'A Menina que Roubava Livros', acredito que é um daqueles livros que todo bom leitor deve ter em sua estante. Queria poder falar muito mais desta garotinha que me fez rir de sua inocência e chorar de seu drama, mas se eu fizesse isso não te deixaria curioso o suficiente para conhecer a Roubadora de Livros.


NOTA: 
Xoxo

Comentários via Facebook

31 comentários:

  1. Esse livro é MARAVILHOSO. Pretendo reler logo. O começo é bem parado, quase cansativo, mas depois da página 100 fica ENCANTADOR. Ameeeeeeeeeeeeei e com toda a certeza vou amar de novo! Parabéns pela resenha, ficou ótima.

    Beijos :)
    http://itgirl-sweet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ah, que bom que você acabou. É um dos meus livros favoritos também e é muito difícil falar dele. É lindo. A narrativa, o desenvolvimento, o jeito como você se envolve com os personagens e ah, o final. A narrativa do final me fez ir ao choro vezes demais. Adorei sua resenha e fico muito feliz de saber que você também gostou do livro. ^^

    http://porfavorsenhorita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Ju, eu concordo com vc, o começo é meio cansativo sim, mas já na página 50 quando Rudy aposta um beijo com Liesel as coisas já dão uma melhorada, e depois daí o livro é impecável. Eu tbm chorei RC, o final .... a gente gostaria de muda-lo mas ao mesmo tempo nos conformamos pq mesmo sendo o fim do mundo, esse mundo volta a brilhar de uma outra forma para a roubadora de livros!!

    Xoxo

    ResponderExcluir
  4. AMO ler! Mas ainda não tive oportunidade de ler esse livro.
    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Assim que tiver leia Luiza, vc vai adorar, aposto!

    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro esse livro, necessito relê-lo.
    Realmente a história é bem tensa no começo, mas depois fluí bem.
    Adorei a resenha amiga :)

    Biejos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Chorei tanto com esse livro! É MUITO bonito mesmo, e meu personagem preferido foi mesmo a própria narradora <3

    ResponderExcluir
  8. esse livro é lindo!
    li tem uns anos já, mas ficou marcado ^^

    se quiser, busca o outro dele lançado aqui, o "Eu sou o mensageiro". também é uma excelente pedida!

    beijos - Rascunhos e Borrões

    ResponderExcluir
  9. Oi flor..
    Não gosto muito de livros de histórias, prefiro auto ajuda, mas já pensei várias e várias vezes em comprar este livro. Parece interessante, não sei por que. hehe
    Beijos.

    http://juliana-editions.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Como eu disse no principio da resenha 'Eu sou o mensageiro' foi o primeiro livro do Markus que eu li, e tbm amei, até tem resenha feita no site sobre ele ;)

    ResponderExcluir
  11. Ja li Eu Sou o Mensageiro e gostei mais do que esse da Menina que Roubava Livros. A historia me prendeu mais, os personagens eram mais interessantes..
    Vejo tanta gente que fala bem da Menina que Roubava, que é o livro da vida, que chorou, que isso ou aquilo, mas a seca aqui não achou a menor graça nele rsrsrs

    Um livro que gostei muito que fala sobre o Holocausto foi "Maus". Esse sim me fez chorar com o que os nazistas fizeram com os judeus.

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia este livro 'Maus', vou dar uma chance a ele, eu gosto muito desses livros que envolve tempos difíceis como guerras! 'Eu sou o mensageiro' é um ótimo livro, mas A Menina que Roubava Livros' me emocionou bem mais!!

    Xoxo

    ResponderExcluir
  13. Olá , Troca divulgação?
    Meu blog: http://umamoruniconavida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Tais!
    Eu estou com esse livro aqui para ler e nossa, estou TÃO CURIOSA! Assim como você, li Eu Sou O Mensageiro antes e amei a narrativa do Zusak. <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  15. Esse livro não faz muito meu estilo, mas, depois de ler algumas resenhas e conhecê-lo melhor, fiquei muito curiosa. Além de ser narrado pela Morte, o que achei muito interessante, tenho a impressão que ele possui uma história lindíssima. Espero ter oportunidade de lê-lo.
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  16. Ei! Esse livro é de fato lindo. A coisa que mais adoro nele é ser contado pelo ponto de vista da morte: é algo bem interessante e inovador, que torna a narrativa única. Além disso, o autor soube fazer algo que poucos conseguem: passar o clima da Alemanha nazista indo além da morte e da destruição

    ResponderExcluir
  17. Acho que vc vai gostar muito Luara!! É Marina a história é linda e emocionante ;) Concordo com vc Isabel!!

    Xoxo

    ResponderExcluir
  18. Confesso que tentei ler esse livro e não consegui passar do começo que achei chato, estranho e parado, acabei abandondo o livro, mas depois da sua resenha, eu acho que vou dar uma outra chance a esse livro.

    http://lostgirlygirl.blogspot.com.br/

    bjos

    ResponderExcluir
  19. Da sim Mi, eu aposto que vc vai adorar!!
    Eu sempre procuro ler um livro inteiro, sem desistir, mesmo que seja super chato, como foi o caso de 'A Janela de Overton. Me acho covarde se desistir de um livro, pq se eu quero dar minha opinião sobre ele, tenho que ler por inteiro. Não consigo desistir fácil, as vezes isso é bom e as vezes não ... kkkkkkkkkkkkk

    Xoxo

    ResponderExcluir
  20. Tenho esse livro faz tempo e não, emprestei para minha sogra e ela desistiu porque falou também que o começo é chato, ai perdi a vontade de ler, mais já ouvi muita gente falando que é bom :s será que leio? haha.

    Beijos/DDC♥

    ResponderExcluir
  21. O livro é fantástico, só pelo fato da Morte contar uma história. A morte com certeza é a minha favorita, adoro o jeito como ela fala dos humanos, do mundo... o livro traz uma imagem diferente da morte, adorei isso.

    ResponderExcluir
  22. Esse foi o melhor livro da minha vida.
    formula-amor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. AHHHH Q RESENHA LINDAAAA!! Eu super chorei lendo esse livro! Foi o primeiro livro q me fez chorar.. amei e verdade a resenha. -Bjos ;)

    ResponderExcluir
  24. Oi thais
    Li esse livro porque uma amiga me deu a dica de que era muito bom realmente adorei linda história um poucco triste mas maravilhosa

    beijos

    http://jhdocemel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Esse livro é maravilhoso! A narrativa é envolvente! Toda vez que olho para ele na minha estante dico feliz por te-lo comigo, é um dos meus preferidos^~ Bjs e parabéns pelo blog^^

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Esse livro é um dos melhores que li, eu adoro muito esse livro, ele é um de meus preferidos! *---*
    Adorei a resenha, faço de tuas as minhas palavras!

    ResponderExcluir
  28. Esse é um dos melhores livros q já li, se de fato não for o melhor... Gostaria de reler, só q emprestei o meu para uma prima e ela nunca mais me devolveu! :-(

    ResponderExcluir

É muito importante para um blogueiro saber o que as pessoas tem a dizer sobre seus textos, pois sem isso nenhum blog consegue sobreviver por muito tempo! Deixe seu link (se tiver blog) para que eu possa visitá-lo também!!

Seu comentário é a minha maior fonte de respostas!!