Um dos meus maiores sonhos dessa vida é visitar o parque de Harry Potter em Orlando *-* e tenho fé que um dia isso será possível. E quando eu chegar lá a primeira coisa que farei, depois de ir ao Olivaras ser escolhido por uma varinha, será com certeza tomar uma cerveja amanteigada, com direitinho ao bigodinho igual da Hermione.


Mas enfim, enquanto isso não acontece, eu adaptei algumas das receitas da cerveja amanteigada de Harry Potter - e acredite, existem várias por aí - para criar a minha própria versão, que por sinal ficou uma delicia.

Então nesse post especial da #PotterWeek, trouxe para vocês essa receitinha básica (hahaha).
Ah, já ia me esquecendo, não vai álcool, então todo mundo pode tomar \o/


Ingredientes:

- 300 ml de refrigerante de limão
- 3 colheres de manteiga
- ¹/² xícara de açúcar mascavo
- 3 colheres de sopa de água
- 2 bolas de sorvete de creme ou baunilha
- canela a gosto

O passo a passo vocês podem conferir assistindo o vídeo ;)

Espero que tenham gostado, não se esqueçam de clicar em gostei, compartilhe o vídeo com os amigos e se inscreva no canal se ainda não for inscrito! (PS: está rolando sorteio por lá, clique aqui)

Acompanhe também através das redes sociais
TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR  G+
XOXO

Título Original: Social Media Monsters: Internet Killers
Autores: R.J Parker e J.J Slate
Editora: DarkSide
Ano: 2015
Páginas: 272
Gênero: Investigação, Criminologia, Psicologia
Comprar: Americanas, Submarino, Saraiva, Shoptime
Sinopse: Social Killers - Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um livro assustadoramente verdadeiro. Seus autores, R. J. Parker e J. J. Slate, reúnem alguns dos casos mais angustiantes de criminosos que usaram as redes sociais para se aproximar de suas vítimas. Stalkers, predadores sexuais, assassinos, canibais, torturadores. A lista, infelizmente, não é pequena. E novas solicitações de amizade continuam chegando a cada dia. Parker e Slate deixam claro que esse não é um fenômeno novo. Muito antes da internet, criminosos usavam classificados de jornal para descobrir e atrair suas presas. Mas o anonimato da web permite que cada vez mais lobos usem roupas de cordeiro nas suas fotos de perfil. Mas existe luz no fim do túnel. Analisando mais de trinta casos famosos, os autores demonstram como as forças da lei estão usando, com sucesso, as novas ferramentas de comunicação para investigar e prender foras da lei e desmantelar quadrilhas. E ainda ensinam dicas de segurança. Social Killers – Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um alerta para todos nós, que passamos tanto tempo conectados. (SKOOB).

Há um tempo atrás a editora DarkSide em parceria com o Submarino, promoveram uma super promoção em que 'casaram' os livros, se lembra? Eu até fiz um post aqui no blog sobre, e claro que sendo um grande fã da editora, eu não poderia deixar de aproveitar. Sempre tive grande interesse para assuntos voltados à criminologia, psicologia jurídica e comportamento humano, me lembro que nos tempos de colégio quando os professores vinham com aquela velha pergunta: ''O que você quer ser quando crescer?''; eu respondia que queria trabalhar com essas áreas, hoje, esse desejo continua tão forte como nunca.


Não sei se vocês sabem, mas a editora DarkSide possuí um Selo Editorial voltado à livros que abordam esses temas, Crime Scene como é chamado, apresenta ao leitor obras sobre crimes que aconteceram na vida real, sobre serial killers que apesar de serem quem são se tornaram 'famosos' pelas barbaridades que cometeram e também sobre assassinatos em série. Este livro que resenho hoje, estava incluso na promoção promovida tempos atrás, havia um bom tempo que eu 'o namorava' e resolvi comprá-lo de uma vez, e com toda convicção digo a vocês, não me arrependo.

Em Social Killers - Amigos Virtuais, Assassinos Reais o leitor entra no mundo e na mente dos psicopatas que cometeram crimes bárbaros por intermédio da Internet. O livro começa com um quote fantástico que dá tapas na cara do leitor logo na primeira página:
O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer.
- Albert Einstein
Além de relatar os crimes bárbaros cometidos por esses serial killers, o livro em si serve como um grande alerta àqueles que compartilham todos os detalhes de suas vidas pessoais nas redes sociais, onde geralmente se sentem livres e seguros e devido a isso se sentem à vontade para compartilhar tudo e mais um pouco.


Nunca se sabe quem é a pessoa que está do outro lado da tela do computador, os criminosos citados no livro usaram a internet para 'caçar' suas vítimas, em grande parte detinham o site americano Craiglist como uma ferramente de caça. Para quem não conhece, este é um site gratuito onde as pessoas podem publicar anúncios de emprego, oferecer serviços etc. Além de sites de anúncios os criminosos também passaram a usar as redes sociais como intermediação entre eles e suas vítimas, onde fingiam ser anjos caídos na terra de tão bondosos que aparentavam ser através das telas de computador e celular. 

Três dos casos apresentados no livro me chamaram mais a atenção devido tamanha barbaridade dos fatos, sendo eles:
  • Thomas Montgomery - Um estranho Triângulo Amoroso
  • John Edward Robinson - ''O primeiro Serial Killer da Internet''
  • Lisa M. Montgomery - Fixação por Gravidez

A leitura serviu como um material complementar de estudo para mim, pois como citei no início do post, esta é uma área que chama muito minha atenção, área a qual irei começar minha graduação no próximo ano. O livro é explicitamente PROIBIDO para menores de 18 por seu conteúdo extremamente violento, se você é maior de idade e assim como eu se interessa por esses assuntos, lhe recomendo a leitura deste, minhas expectativas em relação ao livro foram todas supridas, creio que você não irá se arrepender de lê-lo.
NOTA:

RJ PARKER é formado pelo Canadian Institute of Management. Autor premiado e best-seller de livros sobre crimes reais, especialista em serial killers. Já escreveu 15 livros sobre o assunto, publicados em mais de 80 países. Sua editora, a RJ Parker Publishing, Inc., publica diversos autores e livros sobre o tema.
JJ SLATE nasceu em Massachusetts e sempre foi fascinada por histórias de crimes reais. Seu primeiro livro sobre o tema, Missing Wives, Missing Lives (2014), compila casos reais de esposas desaparecidas. Social Killers, escrito com RJ Parker, destaca casos de assassinos que utilizaram as redes sociais para localizar e atrair suas vítimas.
See you soon, Lucas! 


Lembro-me muito bem da primeira vez em que vi 'Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban' e confesso que tinha um medo terrível do Sirius Black até saber quem ele era de verdade. No entanto, com o tempo ele foi se tornando um de meus personagens favoritos, não preciso nem comentar o quanto a morte dele mexeu comigo não é mesmo!?

Escolhi o tio Sirius como tema do 3ª dia da #PotterWeek, por me identificar tanto com esse personagem que foi interpretado pelo ator Gary Oldman, decidi fazer Top 5 de curiosidades sobre o personagem. Quão bem você conhece o tio Sirius? Bem, vou te ajudar nessa ;)

Você sabia que...?
  • Seu primeiro sinal de magia surgiu quando ele tinha apenas seis meses de idade. 'Monstro' tentava fazer ele comer a papinha então do nada, no meio do jantar com toda a família reunida, uma mesa cheia de 'sangues puro', ele fez a papa voar para tudo que é lado. Logo então, Sirius abriu o sorriso banguela mais travesso do mundo.
  • Antes de ir para Hogwarts, o irmão de Sirius era seu melhor amigo. Regulus e Sirius faziam tudo juntos como irmãos, e Sirius muitas vezes protegia seu irmão dos abusos de seus pais, com essa mania estúpida de sangue-puro. Ele não queria que Regulus fosse como eles. Ele tentou...e falhou.
  • Sirius foi classificado para a Grifinória após cerca de 3 segundos com o Chapéu Seletor em sua cabeça. Ele ficou tão chocado e sem reação que não conseguia fazer sua bunda sair do banquinho, até McGonagall ser obrigada a tirar ele dali pelo braço, ele correu explodindo em alegria e vivas para a mesa vermelha-dourada.
  • Sua aula favorita de Hogwarts tornou-se rapidamente Defesa contra as Artes das Trevas. Ele era, naturalmente, muito bom nisso. Foi nessa classe que ele conheceu Marlene McKinnon. Ele ficou imediatamente impressionado com as habilidades dela tanto com a parte teórica quanto a parte prática.
  • Sirius odiava deixar seu cabelo muito curto. Ele dizia que seu cabelo fazia parte do seu charme irresistivel. E de fato, fazia. Principalmente quando ele tirava algumas mechas negras onduladas do rosto com um movimento de cabeça, relevando lindos olhos azuis acizentados (tempestuosamente irresistiveis..como diria o público feminino de Hogwarts). Charme displicente, elegância natural. Seu nome é Sirius Black.

WishList Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban:



- Fã que é fã adoraria receber de presente esse 'funko pop' do tio Sirius, não é mesmo? Estou disponível para receber presentes haha

- Harry Potter Time Turner Sticker Kit, uma caixinha com réplica do colar 'vira tempo' + livreto com adesivos exclusivos, deixa ou não a coleção mais bonita!? 

- Caneca Mágica Mapa do Maroto, gente essa caneca é cheia de truques que traduzem perfeitamente o Mapa do Maroto, ao adicionar líquido quente a estampa do mapa simplesmente começa a desaparecer. QUERO!

- Sirius Black Figure, olhem esse item de luxo, mas produção QUE PREÇO É ESSE? Vale um rim heim?

- Blue Ray Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, esse item seria muito bem aceito na minha coleção de HP

- Edição Widescreen, porque né, me julgo merecedor hahah

Não deixe conferir as outras publicações nos demais blogs que também estão nessa festa #PotterWeek ♥ 

BLOGUEIRAS PARTICIPANTES:

Finalizo esse post com uma frase citada no livro/filme por Alvo Dumbledore que curiosamente se tornou um ensinamento para mim
A felicidade pode ser encontrada mesmo nas horas mais difíceis, se você se lembrar de acender a luz.
See you soon, Lucas! 


Olá nação Potter Head, bem vindos ao segundo dia da #PotterWeek, uma semana inteirinha dedicada a Harry Potter. E hoje eu venho falar com vocês sobre o como essa série é algo viciante, quem entra nesse universo nunca mais quer sair. Prova disso é que em meio a tantas séries que vão se perdendo no segundo livro, J. K. se destaca por não deixar a peteca cair, 'A Câmara Secreta' só prova isso. O segundo livro da série só nos acrescentou novos e maravilhosos personagens, além de feitiços, poções, curiosidades e aventuras. E como todo bom fã de Harry Potter é impossível não querer aprimorar nossas coleções a cada dia que passa. Eu mesmo comecei com o box de colecionador (que mostrei nesse vídeo aqui), e de repente me vi comprando os filme, bonecos e colares da série. Mas isso não é nada perto da infinidade de colecionáveis de Harry Potter que existe por ai, mas atualmente a minha listinha de desejo se resume em:
Saiba onde comprar:

1) Box Coleção Harry Potter - Eu dei preferência para o de capa dura entre as edições já lançadas, mas se soubesse que lançariam essa versão aqui no Brasil eu teria esperado (hahaha).
2) Funko Pop Severus Snape - Esses bonequinhos são a coisa mais linda, e preciso do Snape na minha coleção também.
3) Funko Pop Albus Dumbledore (com varinha) - Eu já tenho uma versão do diretor, mas essa é muito mais lindinha, vamos combinar né?
4) Funko Pop Dobby - Harry Potter - Eu esperei tantoooooo pelo lançamento desse Funko, e agora que está a venda não tenho $$ (buáááááá).
5) Funko Pop Hermione Baile de Inverno - Tenho uma Hemione já, mas essa com a roupa do baile está irresistivel, tem que entrar na minha coleção também!
6) Feijõezinhos de Todos os Sabores - O meu acabou, preciso de mais ... kkkkkk
7) Replica do Mapa do Maroto - Sempre quis esse mapa, desde que vi a primeira vez *-*
8) Harry Potter Boxed Set - Juro que é por causa da caixa! #mejulguem
9) Livro Harry Potter a Magia do Cinema - Esse livro além de ser MARAVILHOSO vem com o mapa do maroto \o/ necessito!!
10) Funko Pop Ron Weasley - Ainda não tenho nenhuma versão do Ron, e essa é a minha favorita <3
11) Luna Lovegood - Porque é a Luna né gente, preciso!! <3
12) Caneca Personalizada Mapa do Maroto - Essa caneca é mágica, o mapa só aparece com liquido quente.
13) Placa Decorativa Plataforma 9 3/4 - Vai ficar show decorando as paredes do meu quarto, já quero!

Me digam quais os itens que estão na lista de desejos de vocês também ;D
Aproveite para dar uma conferida nos post das outras blogueiras que estão participando da #PotterWeek com a gente e se alguém mais ai estiver fazendo postagens especiais de HP, me deixe o link para eu conferir.

BLOGUEIRAS PARTICIPANTES:

Olá pessoal, como não poderia deixar de ser, no dia Nacional do Escritor eu resolvi trazer para vocês algumas autoras nacionais super especiais, vamos conhecer um pouquinho sobre elas, espero que vocês curtam as escolhas que fiz.

Thalita Rebouçasnasceu no Rio de Janeiro e é jornalista de formação, mas abandonou as redações para batalhar por seu sonho de ser escritora, que tinha desde criança. Deu certo. Aos 25 anos, publicou seu primeiro livro, Traição entre amigas (Ao Livro Técnico) e, ao longo de 16 anos de carreira, a autora de Fala sério, mãe! (Rocco), que tem paixão por brigadeiro de colher, samba e adrenalina, publicou 20 títulos, teve suas obras traduzidas no exterior em mais de 20 países e já vendeu 2 milhões de livros. Agora, pela Editora Arqueiro, conta a história de Tetê, a garota que aprendeu a superar dificuldades.(Editora ARQUEIRO)

Paula Pimenta - nasceu em Belo Horizonte (MG). Desde criança apresentou aptidão para a escrita e por esse motivo prestou vestibular para Jornalismo, embora tenha se transferido para Publicidade após dois anos, curso no qual se formou pela PUC Minas. Após a faculdade, morou em Londres, onde estudou Escrita Criativa e escreveu seu primeiro romance, Fazendo meu filme. No Brasil, trabalhou com marketing e como professora de música, até se tornar escritora em tempo integral.
Seu primeiro livro, a coletânea de poemas Confissão, foi lançado em 2001, com edição bancada pelo seu pai, mas o sucesso veio apenas em 2008, quando a divulgação boca-a-boca entre os fãs transformou o romance adolescente Fazendo meu filme num best-seller. As aventuras da jovem Estefânia Castelino Belluz, a Fani, personagem principal do livro, ganhou três sequências. Juntos, os quatro livros já venderam 500 mil exemplares. A série também já foi publicada na Espanha, em Portugal e toda a América Latina, e ganhou uma versão em quadrinhos, que já conta com dois volumes. (Editora GUTENBERG)
Babi A. Sette - começou a escrever romances há quatro anos e não parou mais. Seu livro de estreia, Entre o amor e o silêncio, publicado pela Novo Século, teve a primeira edição esgotada em poucos meses. Em seguida, lançou A promessa da rosa, primeiro romance de época, parte da série “Flores da temporada”. Formada em Comunicação Social, sente-se metade psicóloga, metade socióloga. Ama viajar, conhecer pessoas e descobrir lugares. Apaixonada por romances de época, jura que viveria feliz também no século XIX. Atualmente, mora em São Paulo com o marido, a filha, o cachorro, o gato e seus personagens. (Editora NOVO SÉCULO)
Parabéns a todos os Escritores Nacionais, e obrigada por se dedicarem a criar historias que nos fazem viajar!!!
Agora me digam qual autora vocês preferem e quais as obras que vocês conhecem das autoras escolhidas?