Título Original:
O alquimista
Autor: Paulo Coelho
Editora: Paralela
Páginas: 176
Gênero: Literatura Brasileira/ ficção
Ano: 2015
Comprar: Amazon
Sinopse:Quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo. De tempos em tempos, surge um livro capaz de mudar para sempre a vida de seus leitores. "O Alquimista" é um deles. Com mais de 65 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, o mais famoso título de Paulo Coelho já se estabeleceu como um clássico moderno, atemporal e universal, que segue fascinando públicos cada vez maiores, de diferentes gerações. Simples, sábia e inspiradora, esta história refaz os passos de um pastor da Andaluzia que viaja para o deserto egípcio em busca de um tesouro enterrado nas Pirâmides. O que começa como uma jornada para encontrar bens materiais torna-se uma descoberta das riquezas que escondemos dentro de nós mesmos. As belas lições que Santiago aprende ao longo do caminho nos falam da sabedoria de ouvir o que diz o coração, de ler os sinais com que deparamos ao longo da vida e, acima de tudo, da importância de seguir os nossos sonhos. FONTE 

Oieee, gente! Tudo bem?

Recentemente os astros perceberam que eu estava vendo um vídeo e nele era falado que o livro preferido da Malala era O alquimista  , vi também algumas indicações no YouTube da Companhia (inclusive, indico! Que canal maravilhoso) , qua, não foi minha surpresa ao receber (doooo nadaaaa) o livro O alquimista em minha casa, a Cia enviou  e eu não tinha feito esse pedido, foi uma grata surpresa e que agora venho dividir minhas experiências a respeito desse livro que eu nem sabia que precisava ler, mas o universo conspirou  para que eu lesse! 


O alquimista conta a trajetória de Santiago, um pastor de ovelhas que toda noite tem o mesmo sonho: ele vê que no destino dele tem um grande tesouro. Ele entra numa busca para fazer esse objetivo se realizar , encontra uma cigana , um rei e depois até um sábio que o induzem a persistir nesse sonho, ele acaba vendendo seu rebanho e parte em uma jornada cheia de surpresas e obstáculos.

Santiago por muitas vezes pensa em desistir, mas a sua força de vontade para encontrar seu tesouro não o deixa de abater, mesmo que ele de pausas nessa busca, ele não a abandona. Outros personagens vai entrando no caminho de nosso protagonista e sempre o empurrando para mais perto de sua realização. 

Eu gostei muito de O alquimista e tive minha própria experiência a respeito de Paulo Coelho , pois já ouvi muitas pessoas falando que não gostavam , que era um literatura rasa e eu lendo agora posso atestar que esse livro merece todo o sucesso que tem, pois uma alegoria simples e de fácil entendimento que pode chegar a divertidos os públicos , esse não é o objetivo da Literatura?


O alquimista é um livro muito rápido de ler, sem complexidade no enredo, mas que traz uma riqueza de detalhes, várias frases de impacto que fazem o leitor refletir , aprendemos com as situações enfrentadas pelo protagonista , um livro que nos inspiram a acreditar em nossos sonhos! 

E pesquisando eu descobri que o ator Will Smith é o produtor do filme O alquimista, essa obra irá para as telas e eu não vejo a hora de assistir! Acredito que será incrível ver essa aventura recheada de busca pelos sonhos nas telonas, recomendo antes a leitura do livro, pois será ainda mais incrível ver como será adaptada! 

Se você deseja uma leitura rápida , comovente e que faça você ter vontade de sair por aí atrás de seus sonhos, leia O alquimista! 

Já leu? 

Ficou com vontade de ler?

 Meee conta! 

NOTA: 


Nascido em 1947, no Rio de Janeiro, PAULO COELHO atuou como dramaturgo, jornalista e compositor, antes de se dedicar à literatura. É considerado um fenômeno literário, com sua obra publicada em mais de 170 países e traduzida para 84 idiomas. Juntos, seus livros já venderam 230 milhões de exemplares em todo o mundo.


Oi, genteee!!! Tudo bem?

Sempre fui uma pessoas que quando assistia os vídeos dos booktubes e via que tinha tag literária ficava fazendo minhas respostas mentalmente enquanto eles respondiam. E hoje chegou o dia em que vou responder uma (Ééééé). Ela se chama 'Com certeza deveria' e lá no canal do Amiga da Leitora no YouTube temos o vídeo em que a Thais responde, vou deixar o vídeo no final do post para vocês assistirem depois.


Mas agora vamos as perguntas e as minhas respostas. Ah, caso tenha resenha do livro citado no blog, deixarei o link para vocês lerem depois.


1. Com certeza deveria ter uma continuação: 
Pensei bastante no que responder nessa pergunta, pois eu sou aquela que geralmente aceita o que o autor escreveu e se ele finalizou uma obra e ela foi excelente, então pra mim está perfeito (rsrsrs).
Porém, todavia, entretanto, uma continuação da trilogia 'Para todos os garotos que já amei' não seria nada mau, quero muito saber o que vai acontecer com Lara Jean. Realmente estou esperando uma continuação, quem sabe ela chegue.

                 
2. Com certeza deveria ter um spin-off:
Acho que Aspen, um dos personagens do universo do livro 'A Seleção' de Kiera Cass, deveria ter um spin-off, sei que no livro Contos da Seleção temos algumas informações sobre ele, mas para mim é muito pequeno, queria saber de tudo que ele achou desde o início da obra. Acredito que até Maxon deveria ter tido um spin-off.

3. Com certeza deveria escrever mais livros:
Jane Austen, gostaria que ela tivesse escrito muito mais livros.

4. Com certeza deveria ter terminado com alguém diferente: 
Ah, gente, acho que a Isabella Swan deveria ter terminado com o Jacob. Não me julguem! (rsrsrs)

5. Com certeza deveria ter terminado diferente: 
Aqui vou colocar novamente a saga 'Crepúsculo' da 'Stephanie Meyer', acho que o final não foi bom, os acontecimentos finais foram muito rápidos e me lembro que fiquei com aquela cara de tipo "Como assim?", foi uma decepçãozinha alguns acontecimentos finais da saga.

  
6. Com certeza deveria virar um filme: 
Gosto muito do Nicholas Sparks e um dos livros dele que queria muito que virasse filme é o livro 'Uma curva na estrada'. Amo esse livro e o casal é um dos meus preferidos do autor.

7. Com certeza deveria virar uma série de TV:
'O diário da princesa', sei que já tem filmes, mas é bem diferente e acho que uma série faria mais jus aos livros, é tão divertido acompanhar a Mia na obra que fiquei com gostinho de ver mais coisas na tela.

8. Com certeza deveria ter somente um ponto de vista: 
Eu sou do tipo de leitora que ama os livros narrados em terceira pessoa, pois assim tenho a visão completa dos acontecimentos, então sou chata com essa coisa de ponto de vista. Mas um livro que até o momento em que tinha apenas um ponto de vista estava legal foi o 'Stalker' da Tarryn Fisher.

Resenha: Stalker

9. Com certeza deveria ter uma capa diferente:
Não tenho neuras com capas, gosto de comprar as mais bonitas, porém não tenho tanto problema quanto a isso. Todos os livros que tenho, aceito as capas da forma que são.
 
10. Com certeza deveria ter mantido das capas originais: 
Da mesma forma que citei antes, não tenho do que reclamar das capas dos livros que tenho e não sou de acompanhar ou comparar as capas brasileiras com as originais.

11. Com certeza deveria ter parado no primeiro livro:
Ah, a autora Kiera Cass deveria ter terminado na primeira trilogia da coleção de 'A Seleção'. Na duologia da 'Herdeira' alguns personagens não tiveram o final que eu esperava e desejava, isso me desmotivou um pouco, sem falar que no último livro parecia que para fechar o enredo tiveram que correr. Ainda gosto da coleção e a minha está completa, mas são expectativas que como leitores criamos.



Até logo!

Título Original: The Last Airbender - The Lost Adventures 
Autor: Nickelodeon   
Editora: Planeta
Páginas: 240
Gênero: Quadrinhos / Graphic Novel / Juvenil / Filmes e Séries / Mangá / Comics
Ano: 2022 
Comprar: Amazon

Sinopse: Avatar: A lenda de Aang, série de enorme sucesso da Nickelodeon, retorna aos quadrinhos com novas aventuras, risadas e respostas a perguntas que deixaram fãs do mundo todo com a pulga atrás da orelha! Onde se escondeu o último dominador de ar? Quando Zuko e Mai se beijaram pela primeira vez? Quem levaria a melhor em um duelo de dominação de terra: Toph ou o rei Bumi? Por que o Rei da Terra decidiu viajar disfarçado pelo mundo? Tudo isso e mais: os segredos da dominação de espada, o jogo mais “quente” da Nação do Fogo e uma das primeiras aventuras de Aang... quando ele e seu amigo saíram à caça de dragões! Nesta coletânea estão reunidas todas as histórias publicadas em Nickelodeon Comics, Nickelodeon Magazine e Nick Mag Presents, além daquelas que acompanharam os DVDs de A lenda de Aang e de mais de 70 páginas inéditas. São 28 histórias complementares às três temporadas de Avatar: A lenda de Aang, muitas delas criadas pela equipe que desenvolveu a série original! (FONTE)

 


‘Avatar a Lenda de Aang: As Aventuras Perdidas’ é uma história em quadrinhos publicada pela Editora Planeta, com histórias inéditas que se passam durante a série animada 'Avatar a Lenda de Aang', exibida pela Nickelodeon. Aqui as historinhas mostram o que Aang e seus amigos estavam fazendo entre nossos episódios favoritos. E no final temos duas histórias bônus que acontecem mais adiante do caminho conhecido.


A HQ é dividida em 3 livros, cada um representando um elemento: Água, Terra e Fogo. 
Durante o livro 1 temos cinco histórias curtas envolvendo o elemento água. Já o livro 2 é composto por nove histórias com foco no elemento Terra. E no livro 3 temos doze histórias tendo o fogo como destaque. Por último, mas não menos importante, temos as duas histórias bônus, essas vinte e oito historinhas complementam as três temporadas do desenho animado. 


Quando eu resolvi me aventurar nessa leitura, tinha conhecimento apenas do filme 'O Último Mestre do Ar', o que foi suficiente para eu entender quem era Aang e seus companheiros de aventura. Mas confesso que gostei tanto dos traços do quadrinho e do bom humor que contém cada história, que corri para a Netflix maratonar a série animada (hahaha). 


A HQ é bem colorida, os traços são os mesmos do desenho animado e o papel é de uma ótima qualidade. No entanto se tratando de acabamento, a HQ não vem com orelhas, isso foi uma opção da editora para que o material final não ficasse caro para os leitores. Já nas últimas páginas do quadrinho, contamos com informações sobre seus criadores e a arte da série animada.


Eu me diverti bastante fazendo essa leitura, que por sinal fez sucesso até com meu filho de dois anos (mostrei algumas cenas nesse vlog). Então por mais que esse seja um item indispensável para qualquer fã da animação, não quer dizer que não seja o tipo de leitura que irá prender aqueles que não sabem muito sobre a série. Recomendo bastante para o publico jovem e também para aqueles que procuram uma leitura rápida e engraçada para matar o tempo.

NOTA:

Título Original: Marriageology - The Art and Science of Staying Together
Autor: Belinda Luscombe
Editora: Academia
Páginas: 224
Gênero: Autoajuda / Relacionamento
Ano: 2022
Comprar: Amazon

Sinopse: Aprenda como salvar seu relacionamento e viver felizes para sempre. Um guia perspicaz e conciso escrito a partir de descobertas científicas, conselhos de especialistas e anos de experiência nas trincheiras do casamento, a jornalista Belinda Luscombe releva as seis principais causas de rompimento dos casamentos contemporâneos e ensinará você como fortalecer o seu relacionamento amoroso. Casamentologia desmascara mitos e fornece uma fascinante mistura de pesquisas, anedotas e sabedoria – desde como dividir corretamente as tarefas pode melhorar sua vida sexual até os benefícios de se desentender com seu cônjuge (embora jamais dentro de um carro) ou decidir se dirá ou não ao(à) seu(sua) parceiro(a) que você perdeu 70 mil reais. Nestas páginas, você encontrará técnicas e dicas simples, e até divertidas, para descobrir se o seu relacionamento está dando perda total ou se precisa de um pouco de graxa e uma troca de óleo. A boa notícia é que permanecer junto é mais fácil do que parece. (FONTE)


'Casamentologia'
é um livro de não ficção da autora Belinda Luscombe, lançado aqui no Brasil pela Editora Academia, e que me despertou o interesse por trazer um tema que faz parte do meu cotidiano, o casamento. Nesse livro a autora nos revela a partir de pesquisas, descobertas cientificas e anos de experiência própria, quais são os seis principais motivos que levam um casamento ao fim e como evitar que isso aconteça.



Segundo Belinda Luscombe, hoje em dia os casamentos morrem de forma consciente, como numa espécie de eutanásia, o casal toma a decisão de terminar o relacionamento de forma gentil e com boa vontade para dar fim ao tormento que vem sendo a relação. É lógico que as pessoas se casam com a expectativa de fazerem dar certo e ficarem juntas para sempre, mas em certos momentos não notam que as coisas começaram a se desencaixar até o dia em que tudo desaba e os deixam vulneráveis e expostos.

Para aqueles que se perguntam se devem ou não largar o seu parceiro (a), a introdução da autora deixa claro que não, ou por enquanto não, pois mesmo que a reputação dos casamentos duradouros tenham caído bastante e rupturas sejam cada vez mais costumes, ainda existem coisas que valem a pena arrumar ou manter, e o relacionamento pode ser uma delas.

A partir daí a leitura nos leva aos capítulos que resumem os desafios mais comuns que pessoas casadas precisam superar ou ao menos entender para serem mais felizes juntas: 

1. - FALANDO DE INTIMIDADE 
2. - FAZENDO AS PAZES 
3. - FINANÇAS 
4. - FILHOS 
5. - FAZENDO SEXO 
6. - FAZENDO TERAPIA


Eu não irei levantar tópico por tópico, mas posso dizer que achei tudo o que foi dito muito importante, mesmo que algumas dessas coisas nós já temos a plena consciência de que são necessárias para um bom convívio, as vezes precisamos relembra-las e essa leitura fez isso comigo de forma divertida e muito inteligente.


Se você está em um relacionamento, não espere as coisas começarem a ficarem desinteressantes ou problemáticas para ler e pesquisar mais sobre elas, assim como em outras áreas da sua vida que você trabalha para poder ter sucesso, o relacionamento pode ser trabalhado de inúmeras maneiras também, buscando cada vez ficar melhor. Seja através de livros como esse ou até mesmo ajuda profissional.

Eu não sou expert em matrimonio, muito menos em todos os tópicos abordados pela autora. Tive meu primeiro filho há dois anos atrás e agora estou grávida do segundo, eu e meu esposo estamos todos os dias aprendendo a sermos pais e educares, enquanto fazemos isso precisamos lembrar que também somos um casal. Não é fácil e foi exatamente isso que chamou a minha atenção para esta leitura. Com certeza irei agregar ao meu relacionamento o conhecimento que Lucinda compartilhou em sua obra, e precisava dividir isso com você que me acompanha e está dentro de um relacionamento também.


Um ponto alto é que a autora está sempre esclarecendo que certas coisas não podem ser confundidas, e se o problema no seu relacionamento envolve coisas como violência, é necessário interromper imediatamente essa relação.

Outra coisa extremamente bacana é que no final deste livro, Belinda fala sobre o experimento dos psicólogos Arthur e Elaine Aron que reúne 36 perguntas que podem fazer as pessoas aumentarem a intimidade ou até mesmo se apaixonarem, esse foi o tema de um outro livro de ficção que eu li, amei e recomendei para vocês: 36 PERGUNTAS QUE MUDARAM O QUE EU SINTO POR VOCÊ


'Casamentologia' foi uma leitura extremamente proveitosa, divertida e que me fez sentir em uma conversa com uma amiga experiente em matrimonio que assim como eu também tem seus problemas dentro do relacionamento, mas reconhece que a maior parte desses 'problemas' podem ser resolvidas com pequenas mudanças, uma espécie de manutenção que todos que acreditam no casamento precisam investir uma hora ou outra.

NOTA:

Belinda Luscombe é jornalista e ensaísta premiada da revista Time. Seu trabalho também apareceu no The New York Times, na Sports Illustrated e na Vogue. Ela ganhou o Council on Contemporary Families Media Award por suas reportagens sobre casamento. Ela e o marido estão percebendo o quão profundamente inadequados são um para o outro há quase trinta anos, muitas vezes enquanto riem dos seus filhos.

Título Original: The Wonderful Wizard of Oz
Autor: L. Frank Baum
Páginas: 143
Gênero: Literatura infantojuvenil norte-americana
Editora: Faro Editorial 
Ano: 2022
Comprar: Amazon

Sinopse: Não há lugar como o lar… Quando um tornado atinge a fazenda em que vive, Dorothy e seu cachorrinho Totó são levados para Oz, um lugar mágico, cheio de bruxas, macacos alados e outros habitantes incomuns. Perdida e com medo, tudo o que ela quer é voltar para casa, mas a Bruxa Boa do Norte explica que ela deve seguir pela Estrada dos Tijolos Amarelos, que leva à Cidade das Esmeraldas. Lá, o Mágico de Oz pode ajudá-la a encontrar o caminho de casa. Nessa jornada, Dorothy encontra três personagens inesquecíveis: o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão Covarde – que decidem se juntar a ela. A viagem repleta de perigos e aventuras oferece ao quarteto inúmeras lições que irão transformar suas vidas, entre elas, o verdadeiro significado da amizade. Baum criou uma narrativa fabulosa que se tornou um clássico universal, foi adaptada para TV, cinema, teatro, musicais e é um dos livros mais lidos de todos os tempos. (FONTE)


Oioi, gente! Tudo bem?

A resenha de hoje é sobre um clássico da literatura infantojuvenil que me acalentou o coração.


A Faro Editorial publicou em janeiro a sua edição do livro 'O Mágico de Oz' de L. Frank Baum, como eu nunca tinha lido e também nunca tive a oportunidade de assistir a versão cinematográfica, não pensei duas vezes em escolher minha próxima leitura.


Dorothy é uma garotinha que vive no Kansas, um estado dos EUA, com sua tia Ema, seu tio Henry e seu cachorro Totó, ela é órfã e seus tios são a sua família. O local onde vivem sempre sofre com alterações meteorológicas, todavia no dia fatídico o tornado é diferente dos outros, pois transporta a casa para um país muito distante.



No momento que a casa aterrissa no país, Dorothy descobre que, mesmo sem querer, matou uma das bruxas más que vivem e reinam no país de Oz. Nesse ponto a menina descobre onde estar e o que deve fazer para tentar voltar pra casa.


Orientada pela Bruxa Boa do Norte a se encontrar com o poderoso Mágico Oz, governante do País das Esmeraldas, a menina segue a trilha de tijolos amarelos com o cachorrinho Totó ao seu lado e os sapatos prateados da bruxa má nos pés.

Não há lugar no mundo como o nosso lar.    Pág. 30

E é nessa caminhada que a nossa protagonista se encontra com os outros três principais personagens da estória: o Espantalho, o Homem de Lata e o Leão medroso. 



Ao se encontrar com cada um dos deles, a menina relata sua estória e sua busca para voltar para casa e os mesmos decidem segui-la, pois cada um quer algo que acreditam que Oz possa lhes dar. E assim a aventura vai acontecendo.

-Mas e se não conseguirmos? - disse a menina.

-Então eu nunca terei coragem - declarou o leão.

-E eu nunca terei um cérebro - acrescentou o Espantalho.

-E eu nunca terei um coração - disse o Homem de Lata.

-E eu nunca mais verei a tia Ema e o tio Henry disse Dorothy, começando a chorar.      Pág. 78

Tudo que relatei até aqui acontecem bem no início do livro e mesmo o livro tendo apenas 143 páginas, é incrível como diversas coisas vão acontecendo no desenrolar da trama. É literalmente uma aventura a cada página, no final até me questionei se o número de páginas estava certo, pois sempre tem algo novo para passar ao leitor sobre o país e os personagens que encontramos.



Falando agora da diagramação da obra, não canso de repeti que nesse quesito a Faro Editorial é perfeita, sempre confio no trabalho exemplar da editora. Fontes excelentes, papel amarelado e de boa qualidade, ajudam muito no manuseio do livro e no momento da leitura. A capa é linda e junto com as ilustrações que encontramos a cada página virada comprovamos o cuidado e o carinho para com o leitor.


Recomendo a leitura para crianças, jovens, adultos, idosos e todos aqueles que querem esquentar seus corações com esperança, pois ao fechar o livro foi esse sentimento que tive. Li um abra que me deixou feliz e ansiosa por encontrar amigos iguais os que Dorothy encontrou em seu caminho.


NOTA:


OUTROS LIVROS DO AUTOR RESENHADOS NO BLOG:



O autor L. FRANK BAUM, (1856-1919), foi um escritor, editor, ator, roteirista e produtor de cinema norte-americano. Nascido em Nova York, Baum escreveu mais de 70 livros e criou uma das obras mais populares da literatura infantil, que, com o sucesso, transformou-se numa série sobre o mundo de Oz.