Adivinha o que acabei de lembrar? Que em Janeiro eu fiz um post sobre minhas metas do ano (post aquihttp://www.amigadaleitora.com/2016/01/foco-organizacao-saude-novidades-minhas.html) e prometi voltar com uma espécie de balanço mensal, ou toda vez que eu cumprisse algo, e não voltei. Sim, eu sou uma cabeça oca mesmo! Já realizei algumas das coisas da minha listinha e nem vim contar, como consigo ser tão distraída?

Enfim, estou na duvida se começo do começo mesmo ou se venho aqui falar do que eu ia falar quando abri esse rascunho .... Bora falar do que eu ia falar mesmo, depois a gente se acerta com o resto da lista, ok?

Em janeiro eu falei que queria viajar mais e conhecer lugares novos, pois bem, no finalzinho de abril eu e o Lucas (meu noivo) fomos parar lá em Poços de Caldas, em Minas Gerais. A cidade é bem na divisa dos estados, então foram apenas quatro horas de viagem, e nós fomos de carro mesmo. Tudo isso aconteceu porque a minha amiga Janaína, que agora é colunista aqui no blog também (huhuuuu \o/), me convidou para a feira do livro que estaria acontecendo lá. Assim a gente já aproveitava para se conhecer pessoalmente. E eu preciso contar para vocês que foi incrível a experiencia!


A Janaína e o marido dela, o Luiz, são uns amores, e nos receberam muito bem. Tanto que nos levaram para fazer uma espécie de tour pelos lugares turísticos, mais visitados da cidade, em apenas um dia. Eu até andei de trenzinho, da pra acreditar??



O Lucas amou a beleza da cidade e a educação das pessoas de lá, os motoristas - ao contrário dos de São Paulo - param nas faixas para os pedestres atravessarem, achamos isso um máximo.
A arquitetura da cidade também é incrível, deu até vontade de me mudar (hahah), sem falar nas montanhas que cercam o local. Visitamos até uma pista de parapente, lá de cima dava pra ver a cidade toda, foi uma experiencia maravilhosa e quem sabe numa próxima a gente até voe (hahaha).





A única coisa que não teve como ser incrivelmente excepcional foi a pizza, pois realmente as pizzas aqui de São Paulo não tem para ninguém (hahaha), brincadeira amiga (Ina) e amigos mineiros, mas eu gosto de falar que a pizza de SP é a melhor (hahaha).



Nós estamos super ansiosos para voltar a Poços de Caldas assim que possível, e aproveitar por mais tempo a cidade. Abaixo vocês podem conferir o vlog dessa aventura:

E não esqueçam de se inscrever no canal para acompanhar os próximos vídeos! Eu volto em breve falando das minhas metas já realizadas desse ano.
TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR  G+
XOXO

Titulo: Amor de Cordel
Autora: Andrea Marques
Editora: Pandorga
Páginas: 398
Gênero: Romance
Ano: 2016
Comprar: Livraria Folha
Sinopse: Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes. (SKOOB)

Quando vi "Amor de Cordel" pela primeira vez, confesso que meu primeiro pensamento foi de curiosidade, pois na contracapa é relatado que a inspiração da autora veio das histórias contadas por antigos pacientes e da sua própria história, outra coisa que muito me animou foi essa capa maravilhosa.

Em "Amor de Cordel", vamos acompanhar a história da Carolina, uma Terapeuta Ocupacional de 38 anos. Carol, tem uma vida tranquila, um relacionamento estável é casada com Miguel há 12 anos, uma profissão pela qual tem verdadeira adoração, seus pais, irmã e sobrinho moram no interior de São Paulo na cidade de Ribeirão Preto. Só que o que Carol não imaginava é que o mundo que ela construiu com o marido, a relação que ela julgava ser estável e segura, estava prestes a acabar, seu casamento chegara ao fim sem ela ao menos notar, e agora ela teria que recomeçar sua vida sozinha.


Depois do divórcio, Carol resolve acreditar que se envolver com outro homem está fora de questão, pois não conseguiria confiar novamente, mas todas as certezas dela são abaladas quando Alexandre entra pela primeira vez em seu consultória na clinica onde trabalha. Alexandre teve um pequeno acidente de trabalho e após passar por uma avaliação médica é encaminhado para fazer sessões de terapia ocupacional com Carol, ela fica completamente encantada com ele e essa convivência vai despertar em Carol sentimentos conflituosos.

A trama é narrada em primeira pessoa pela protagonista Carol. São muitos os temas abordados no livro que para mim são de extrema relevância, e posso dizer que a forma como a autora os colocou foi bem pertinente, mas um em especial me fez prestar mais atenção a história: o preconceito da sociedade quando no relacionamento a mulher é mais velha que o homem. Isso foi algo que me chamou a atenção, a forma como temos sempre a visão de que o normal é que o homem seja mais velho e não a mulher, é incrível como o relógio biológico só conta para um dos lados.


O romance é lindo, mostra que com amor tudo é possível. Só senti um pouco de dificuldade para me concentrar porque o livro é muito rico em detalhes, nesse ponto acho que não funcionou muito para mim, o que parece até contraditório porque foi justamente a riqueza de detalhes na descrição das cenas que me fiz ir as lagrimas em uma de suas passagens.

Assim, eu não poderia deixar de recomendar este Romance para vocês, pois sei que será uma leitura com temas bem diferentes e de grande importância, com passagens que vão emocionar muito.

NOTA:

Andrea Marques, 40 anos, é casada e tem uma filha de de 2 anos. É formada em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de São Carlos e, durante 15 anos, atendeu pessoas com sequelas neurológicas e ortopédicas em clínicas, centros de reabilitação e hospitais.


Depois de praticamente iniciar uma campanha para que minhas família me presenteasse com livros no meu aniversário deste ano, recebi um vale presente da minha vovó querida do coração, e comprei alguns dos livros que estavam naquele meu vídeo de Wishlist de Aniversário (vou deixar ele aqui em baixo).


Com certeza no topo da minha lista estava 'Cinder' mas não tinha disponível para compra (sempre que vou comprar esse livro acontece isso #chateada), no entanto o outro livro mais desejado dos últimos tempos era 'Harry Potter e a Pedra Filosofal - Ilustrado' e consegui comprar pela metade do preço em alguns dias depois de seu lançamento, o que significou mais livros no carrinho para gastar o vale presente \o/.


Eu ainda não estou sabendo lidar com a beleza desse livro, estou procurando até agora um lugar especial para ele, o que mas fez perceber que preciso de mais nichos no meu quarto (hahah).



Além de ter uma jacket mais bem ilustrada desse universo, a lombada desse livro é a coisa mais luxuosa dentre todos os outros livros já lançado de Harry Potter.



Foi impossível não querer tirar mil e uma fotos dessa maravilha! Eu sei que vocês estão querendo post e vídeo com os detalhes deste livro, e com certeza eu vou gravar, me aguardem.


Além disso eu também ganhei o pomo de ouro de Harry Potter para decorar a minha estante. Ele é a coisa mais linda, super fotogênico e ainda vem com um suporte para ficar bem posicionado na prateleira.


Vamos combinar que Harry Potter nunca é de mais nas nossas vidas, então eu também ganhei 'O Livro de Colorir do Harry Potter' \o/


E fechando com chave de ouro, o ultimo livro que tenho para mostrar para vocês desse meu - melhor - presente de aniversário, é o tão desejado 'Perdida' da autora Carina Rissi.


Posso ou não posso dizer que foi o melhor aniversário de todos os tempos? (haha)

Quero aproveitar para agradecer todos vocês que me desejaram um feliz aniversário, seja no Facebook, no Canal ou Instagram. Eu estou um pouco atrasada para responder os comentários no Youtube por que realmente Junho é sempre um mês muito agitado na minha vida. Espero que me compreendam e não me abandonem, logo estarei respondendo todos, prometo.

Vou deixar aqui para vocês meu vídeo abrindo a caixa que chegou com todos esses livros que mostrei no post, pois fiz questão de abrir juntinhos com vocês que acompanham meus vídeos.


E para ficar por dentro de todos os vídeos que forem publicado é só se inscrever no canal Amiga da Leitora no Youtube, estamos rumo aos 5.000 inscritos \o/

TWITTER ♥ INSTAGRAM  FACEBOOK  YOUTUBE  TUMBLR  G+
XOXO

Título Original: The Last Time We Say Goodbye
Autor: Cynthia Hand
Editora: DarkSide
Ano: 2016
Páginas: 368 (estimadas)
Gênero: Literatura Norte-Americana, Romance, Drama
Comprar: Americanas, Submarino, Shoptime, Saraiva
Sinopse: O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante. O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes. (SKOOB)

Olá pessoal, tudo bem? Hoje tenho uma tarefa difícil por aqui, tentar resenhar esse livro sem ter ondas de arrepios correndo por meu corpo; toda vez que vou me referir a estória um mix de emoções toma conta de mim e olha que isso é raro de acontecer, um livro ser tão profundo á ponto de me emocionar. Não quero que pensem que sou um crítico renomado da literatura ou um colunista de grande influência, nada disso. Mas acreditem, esse livro merece estar no topo da sua lista caso você não tenho lido ainda, vá por mim e não se arrependerá.


Mês passado fiz aqui no blog uma ''Whishlist Dark Love'' na qual compartilhei com vocês a imensa ansiedade que estava sentindo em relação ao livro, desde que soube da notícia que a editora DarkSide o publicaria no selo Dark Love, a ansiedade para que eu pudesse lê-lo tomou conta de mim. E olha, não me arrependo nem um pouco de ter lido, muito pelo contrário, a estória narrada nessa magnífica obra literária fez com que parasse e refletisse sobre diversas coisas. Ouso dizer que Cynthia Hand foi consagrada com o dom da escrita, fui teletransportado para dentro do livro e as emoções e dramas que os personagens estavam passando eu sentia como se fosse um deles.

Somos apresentado a Lex, uma jovem de 18 anos que teve sua vida transformada por completo após o suicídio de seu irmão mais novo Tyler. Desde pequenos os dois eram muito ligados um ao outro mas não deixavam transparecer os sentimentos que sentiam, não demonstrar os sentimentos era uma das características não só dos irmão, mas da família inteira. Os pais de Lex e Tyler vinham passando por tribulações no casamento oque desencadeou o divórcio, o pai deles simplesmente abondou de supetão a família para ir morar com uma outra mulher. Como é de se imaginar isso abalou as estruturas emocionais de todos, para os irmãos não havia explicação plausível para o que o pai deles fez, consequentemente uma espécie de desprezo e raiva nasceu dentro deles pois jamais chegaram a pensar que o pai deles, que fora um homem super presente na infância dos filhos, fosse capaz de fazer uma atrocidade dessas sem se preocupar com os sentimentos dos envolvidos, ele não estava se divorciando apenas da esposa, mas também dos filhos.


Por mais que o divórcio fosse ruim, o pior ainda estava por vir, certa noite inconformado com a situação, Tyler tomou um frasco todo de comprimidos e foi se deitar, ao acordar na manhã seguinte a decepção de ter despertado tomou conta dele; esta foi a sua primeira tentativa de suicídio. Lex e sua mãe ficaram inconformadas com a atitude que ele tomara e passaram a ter mais cuidados com ele para que não viesse a cometer essa estupidez mais uma vez, e ele prometera que não  faria. O tempo passou e aparentemente as coisas estavam se normalizando novamente naquela família, quando de repente aconteceu, Tyler suicidou-se na garagem da casa com uma das armas que pertencia a seu pai. 

A partir daqui, a vida de Lex e sua mãe perde todos os sentidos, não havia explicação para o que ele fez e por isso elas passam a procurar por culpados, digo, elas se culpavam por não terem dado mais atenção ao garoto logo na primeira tentativa de suicídio. Tudo que Tyler deixara foi um post-it amarelo colado no espelho com as seguintes palavras:
Desculpa mãe, mas eu estava muito vazio.

Em busca de superar o trágico acontecimento, Lex passa a se consultar com um terapeuta, que a aconselhou escreve um diário para expressar suas emoções, logo que ela não conseguia e evitava falar sobre seu irmão, em primeiro tempo ela recusa a ideia mas após insistências de Dave ela passa a escrever sobre suas emoções e dificuldades em entender o porque de seu irmão ter se matado. A mãe de Lex, teve sua alma arrancada do corpo, antes ela era uma figura animada, esbelta e otimista que fazia com que todos se sentissem bem perto dela, mas agora todo o seu brilho lhe foi roubado, ela anda se escondendo pela casa e não para de chorar. Semanas após  Tyler ter cometido suicídio Lex e sua mãe começam a sentir a presença do garoto na casa, eventualmente Lex começa a vê-lo e não comenta com ninguém que esta vendo o irmão morto na sua casa, sua válvula de escape é escrever no diário que o terapeuta recomendou.

No decorrer do livro temos acesso às escritas dela, dentre elas há uma mensagem de texto que poderia mudar tudo; Lex começa a descobrir e a entender coisas que começaram a acontecer após a morte de seu irmão, e acredite em mim você se emocionará com o desenrolar da narrativa, esse livro é a busca por conforto de Lex e sua mãe, e o final é de amolecer corações :'(


Sem sombras de dúvidas este livro entrou para meus favoritos da vida, o conjunto todo da obra está fantástico; a arte que a DarkSide produziu merece aplausos por traduzir perfeitamente a situação da estória. Torno a falar sobre a escrita da autora, inteligência e profundidade são sinônimos do trabalho de Cynthia Hand. 

PS: Foi produzida uma playlist do livro, para conferir basta clicar AQUI.

NOTA:  +  

Escritora best seller do New York Times, autora de vários livros de Young Adult: a Trilogia Unearthly, The Last Time We Say Goodbye, My Lady Jane e The Afterlife of Holly Chase. Cynthia Cynthia Hand divide seu tempo entre o sul da Califórnia, onde vive com o marido e o filho, e o sudeste de Idaho, perto das Montanhas Teton. Hand dá aulas de escrita criativa na Universidade de Pepperdine.

See you soon, Lucas! 


Quem acompanha o blog já deve ter percebido o quão apaixoanda por Once Upon a Time, e principalmente por Lana Parrilla eu sou né !? hahha. E foi devido a toda essa paixão que eu fiz uma das maiores loucuras da minha vida, ou seja, em menos de um mês eu planejei uma viagem pro Rio de Janeiro que deveria ter sido planejada com no minimo uns seis meses antes hahahah.

Aconteceu ano passado, aqui no Brasil, a primeira convenção dedicada exclusivamente aos fãs da Serie Once Upon a Time, chamada de Ever After. Quatro atores do elenco principal ( Lana Parrilla, Colin O'donoghue, Sean Maguire e Rebecca Mader) vieram para cá e participaram de um fim de semana cheio de atividade com os fãs.. Durante o evento aconteceram painéis no palco com os artistas respondendo as perguntas dos fãs e atividades avulsas como, sessões de fotos, autógrafos e meet & greet.

Devido ao sucesso do evento ano passado, a empresa resolveu repetir a dose esse ano organizando a segunda edição da Ever After. As confirmações dos atores que participariam da segunda edição foram acontecendo aos poucos, e quando foi confirmado que a atriz Lana Parrilla não viria, muita gente acabou desanimando. Confesso que eu mesma, cheguei a pensar em não ir por esse motivo. Mas então, aconteceram inúmeras coisas, e faltando menos de um mês para poder acontecer o evento eu dei a louca querendo participar.

Assim como no ano passado o evento aconteceu no Sheraton Rio Hotel e os atores que participaram foram Victoria Smurfit, Emilie De Ravin, Rebecca Mader e Sean Maguire.

banner-ingresso-rapido-ea-2

Participar desse evento não é barato, para pessoas que assim como eu não são do Rio de Janeiro, e pior ainda. Por isso, esse tipo de viagem precisa ser bem planejada e pensada, então quando eu resolvi ir faltando tão pouco tempo eu passei muito aperto hahaha. A primeira coisa que "deu errado" foi o ingresso do evento, que quando eu fui comprar o setor mais barato - que é o que eu iria- já não tinha mais a opção de meia. Desesperada eu coloquei todas as minhas amigas para encontrarem alguém que havia desistido de ir para me vender o ingresso hahaha.

Dois dias depois eu consegui, e então começou a saga do " onde ficar" e também das passagens. Depois de muita tensão, de vários " vou conseguir" e "não vou conseguir" e algumas noites mal dormidas, eu finalmente embarquei no meu avião rumo a felicidade hahahaha.




Vocês já ouviram falar que louco adora um louco? Pois é, eu não embarquei nessa sozinha, pessoas que eu conheci por causa da serie e que com o tempo se tornaram grandes amigas também ia participar também. Depois então, de meses conversando diariamente, compartilhando tristezas e alegrias, na sexta feira dia 10/06 eu conheci pessoas que vou levar para o resto da vida comigo.

O primeiro encontro oficial do grupo foi no hotel onde ia acontecer o evento, porque já na sexta feira rolou o credenciamento. Depois de muita risada e abraços, e mais abraços, alguns carinhos e muita implicância a gente resolveu ir para porta do hotel onde os atores ficaram hospedados para vê se víamos algum deles. 




Quando chegamos lá o pessoal da segurança hotel pediu para galera que tava na porta se organizar em uma fila ( sim amigos, e eu e minhas loucas não fomos as únicas a ir para porta do hotel não. ) e enquanto a gente se organizava, a maravilhosa, lindíssima e barbezinha Emilie desceu para da um alô aos fãs e posar para algumas fotos com a gente.


Pouco tempo depois o Sean chegou ao hotel, mas acabou subindo direto para descaçar porque tinha encarado uma longa e exaustiva viagem de Londres para cá. Como no outro dia íamos acordar cedo por causa do evento, e tava muuuuuuuuuuuuuito frio na porta do hotel, a gente decidiu que era melhor ir para o hostel para tentar descaçar. 

ps.: sobre o hostel  que a gente ficou temos tantas histórias que da quase pra escrever um livro hahahaha

No sábado de manhã, depois de cinco mulheres tentando se arrumar ao mesmo tempo hahha, nós finalmente conseguimos pegar o ônibus para ir pro evento. A primeira atividade do dia foi o painel com o Sean, ou seja, já começamos na sofrencia haha, logo depois outras atividades começaram a rolar e a ai foi todo mundo se dispersando.  Durante o dia ainda rolou painel com Emilie, a Vic e o ultimo foi o da Rebecca.  A emoção e o surtos foram tantos que a gente "quebrou" uma cortina do hotel e esqueceu de comer hahahaha.

 (Painel da Vic)

Geeeeeeeente, se eu já era apaixonada com essa mulher, depois dessa passagem dela pelo Brasil eu não tenho mais nem palavras pra expressar como eu me sinto por ela.

 ( Painel da Bex)

Melhore pessoa desse mundo inteirinho! Cara, nada que disser vai chegar pelo menos um milimetro perto do meu amor admiração por essa mulher!

O evento acabou unas sete ou oito horas, não me lembro bem hahahah, e então novamente fomos para porta do hotel. Antes no entanto, de acampar na porta do hotel a gente lembrou que precisava comer né, então paramos em uma pizzaria próxima ao local onde íamos e pedimos logo um duzia de pizza ( brincadeira hahahaha).  Mais uma vez ao chegarmos no hotel, demos a sorte de encontrar um dos atores atendendo os fãs, e dessa vez foi o Sean com sua esposa Tanya.

PELO AMOR DE TUDO O QUE É MAIS SAGRADO! Se eu já era loucamente apaixonada pela Tanya, depois de vê, braça-la e sentir o cheirinho dela eu fiquei ainda mais apaixonada. Serio mesmo gente, eu consigo fechar os olhos e vê o rostinho dela na minha frente, todo os detalhes, o sorriso e AI MEU DEUS, da até vontade de chorar, porque eu amo demais essa mulher.


Mais tarde a  Bex apareceu e até tentou tirar foto com todo mundo, mas tinha muita gente, tava uma confusão danada e ela decidiu tirar fotos em grupos. Então eu apareci no snap dela, ta certo que é so a cabeça mas eu to aliiiiiiiiiiiii hahahahaha.

ps.: Quem me achar ganha um beijo.



No segundo dia de evento, nos tivemos basicamente a mesma programação, só que ao invés dos painéis solos, dessa vez aconteceram os painéis em dupla. A primeira dupla foi a Vic e o Sean, e a segunda foi Bex e Em.




No final do dia, depois de todas as atividades avulsas com os atores encerradas, nós tivemos o painel de despedida com todos os quatros. Algumas perguntas foram feitas e depois fizeram o jogo do "Eu nunca com ele". E gente, eu morri mil mortes, e ainda continuo morrendo mais mil toda hora que lembro, de quando perguntaram se algum dos atores sabia um palavrão em português e o Sean soltou um filho da p*.  Até ai tudo bem né? hahaha mas acontece que a mulher dele tava na plateia, e quando ela ouvi ele falando, ela simplesmente levantou e começou a repreender ele, e todo mundo foi a loucura hahahahahha. MELHOR OTP !!!!

Com o final do evento no domingo, a gente foi de novo para a porta do hotel esperar os atores, mas dessa vez eles chegaram e foram direto para os quartos. A gente até tentou ficar até mais tarde mas estava muuuuuuuuuuito frio - Cade Rio 40 graus?- e estavamos todas cansadas, então resolvemos ir embora. 

Os atores super atenciosos com os fãs que estavam ficando na porta do hotel, em mais de um dia pediram pizza e mandaram entregar pra gente. Da pra morre de amor não da?


Ambos os paineis foram maravilhoso, mas confesso que morri mil mortes com o painel da Vic e o Sean, principalmente na hora que os dois dançaram agarradinhos ahhahahah. Segue a foto do meu óbito:



Quando a ficha realmente caiu que tinha chegado ao fim um dos melhores fins de semana da minha vida, as lagrimas vieram com força total e eu nem tentei esconder. Depois de toda a correria, o estresse, o sentimento de que nada ia dar certo, eu finalmente consegui realizar alguns sonhos que eu sempre tive. Por isso digo, sem qualquer ressalva que apesar de ser uma evento caro, e que você vai sim gastar muito, que eu faria tudo de novo, pois vale cada centavo investido. É impossível encontrar palavras pra descrever como é viver isso, só quem é realmente fã e viveu a experiencia consegue entender.

Agora deixo aqui o recado de : alô alô Daydream bora confirmar a EA III que eu quero MAAAAAAAAAIS!

Como eu disse acima, alguns sonhos que eu sempre tive foram realizados durante essa viagem e isso foi incrível, mas outra coisa que foi igualmente incrível, foi ter a oportunidade de conhecer, abraçar e viver esses momentos com pessoas que eu conhecia a tanto tempo e nunca tinha visto pessoalmente. Então fica aqui o meu agradecimento as meninas que embarcaram comigo nessa loucura deliciosa, saibam que os momentos compartilhados, as risadas, os choros e tudo mais vão estar para sempre no meu coração e que vocês me marcaram de uma forma que pouca gente na minha vida conseguiu marcar. VAI PARTYLLA !









Agora um dos momentos maaaaaaaaaaais importantes dessa viagem aconteceu na segunda, quando o evento já havia chegado ao fim. Depois de looooooooongos oito anos, eu finalmente pude abraçar e conhece uma das minhas melhores amigas, uma das pessoas mais importantes para mim. Apesar de todo esse tempo de amizade e deu já ter ido para o Rio outras duas vezes, e dela ter vindo para Minas, eu e a Paola nunca haviamos nos conhecido pessoalmente. Nossa amizade começou 2008, por causa de fanfics Robsten hahaha, e perpetuou por todos esses anos, então definitivamente esse foi um dos meus momentos favoritos da viagem e da vida!

Baby, obrigada por esse abraço e principalmente pela nossa amizade!


E agora pra finalizar esse imenso relato de viagem hahaha eu deixo vocês com o momento mais  magico de todo o fim de semana.



Espero que vocês tenham gostado! Se alguém já foi em algum evento assim diga aqui nos comentários como foi a experiencia, o que mais gostou ... E quem ainda não foi tem vontade de ir? Contem-me tudo


Beijos, Anna (: